Bem Vindos !

Quando era criança, na minha aldeia, ouvia com frequência a expressão dos mais simples objectivos das pessoas «haja pão e coza o forno». Realmente, havendo «saúde e alimentação», tudo acaba por ser resolvido. Decidi, por isso, guardar neste espaço, tudo o que estiver guardado nos blogs a que tenho acesso e o que venha a obter sobre este tema, com a convicção de que a saúde depende muito da alimentação e do estado de espírito. (A.João Soares)

domingo, 20 de setembro de 2009

Vinho tinto e seus benefícios

Vinho tinto impede infecções graves

Substância antioxidante presente em grandes quantidades no vinho mostrou ter mais um bom efeito.

Já se sabia que o vinho tinto contém substâncias antioxidantes que fazem bem à saúde, quando o seu consumo é moderado. Mas os amantes de um bom vinho têm agora mais uma razão para o beber. Uma equipa de investigadores da Universidade de Glasgow, na Escócia, anunciou ter descoberto que um antioxidante presente em grandes concentrações no vinho tinto ajuda a prevenir infecções capazes de degenerar em septicemias (infecções generalizadas, quase sempre mortais).

Esse antioxidante, o resveratrol, encontra-se sobretudo nas grainhas e na película de casca da uva e existe em quantidades superiores no vinho tinto, em relação ao vinho branco.

A este resveratrol já estavam associados benefícios para a saúde, como a prevenção de coágulos no sangue ou o combate ao cancro. O rótulo de agente anti-septicemia vem agora juntar-se ao rol das suas qualidades.

Os cientistas estudaram estes efeitos em ratinhos que, tratados com resveratrol, não desenvolveram infecções idênticas à septicemia dos humanos, apesar de expostos a essa possibilidade. Os animais que não receberam o tratamento com aquele antioxidante não tiveram tanta sorte. Os cientistas dizem que esta substância impede a formação de duas enzimas que têm um papel essencial no aparecimento de inflamações graves.