Bem Vindos !

Quando era criança, na minha aldeia, ouvia com frequência a expressão dos mais simples objectivos das pessoas «haja pão e coza o forno». Realmente, havendo «saúde e alimentação», tudo acaba por ser resolvido. Decidi, por isso, guardar neste espaço, tudo o que estiver guardado nos blogs a que tenho acesso e o que venha a obter sobre este tema, com a convicção de que a saúde depende muito da alimentação e do estado de espírito. (A.João Soares)

sábado, 30 de maio de 2015

COMO REDUZIR A CINTURA




Texto extraído daqui.

Antes da chegada do verão acentuam-se as preocupações com a gordura abdominal. Seguem-se 10 dicas para fazer sucesso na praia.
O frio do inverno incitou a comidas mais reconfortantes (e calóricas), a bolos caseiros ao fim-de-semana, a serões de conversa acompanhados por um chocolate quente ou por uma garrafa de vinho, a noites de cinema com pipocas ou a almoços de família para fazer frente aos dias cinzentos.
Foram planos tentadores mas também responsáveis pela gordura abdominal que tanto se quer reduzir até ao verão. Para o conseguir, veja as sugestões que duas nutricionistas deram à revista Exame.

1. Siga um programa alimentar rico em nutrientes, fibras e antioxidantes, mas pobre em calorias, e que se baseie em cinco refeições diárias.

2. Corrija a postura. Passa o dia todo sentado, com as cortas curvadas para a frente de tal forma que fica com a marca das calças na barriga? Está na hora de corrigir a postura. Além de melhorar a posição das costas, a sua barriga parecerá menos flácida e mais pequena.

3. Aposte na fibra. Frutas, vegetais, aveia e alimentos integrais ajudam a regular o trânsito intestinal e dão uma sensação de saciedade mais duradoura.

4. Mexa-se! Mas mexa-se a sério, os resultados não acontecem sem esforço e a alimentação sozinha não faz milagres.

5. Evite a farinha refinada e troque o pão branco por integral, de centeio, malte, espelta ou milho.

6. Corte no açúcar, de vez. E não só no açúcar que usa para adoçar o café. Comece e ler rótulos e a escolher os alimentos com menor teor de açúcar.

7. Aprenda a combater o stress. Os nervos e a ansiedade são dois dos principais impulsionadores da fome emocional e da vontade de ingerir alimentos gordurosos e calóricos.

8. Evite o álcool. Tal como o açúcar, as bebidas alcoólicas provocam distensão abdominal e são calóricas.

9. Modere o sal que ingere e não apenas o que usa para temperar. Escolha alimentos com baixo teor de sódio e verá que a retenção de líquidos e a sensação de inchaço irão diminuir.

10. Inclua na sua dieta alimentos que estimulem o metabolismo, como é o caso da pimenta vermelha, canela, gengibre, chá verde e água gelada.

quarta-feira, 27 de maio de 2015

GOJI - SUPERALIMENTO


O Goji é um superalimento referido num post aqui publicado,há quase um ano, mas que não teve a devida atenção por ter sido inserido num conjunto de produtos afins. Mas merece sr destacado e, por isso lhe é dedicado este post.

Os superalimentos, são produtos naturais caracterizados pela concentração de nutrientes e, por indicação terapêutica, para prevenir cancro e doenças degenerativas ou problemas como o colesterol e a obesidade e, por isso, para retardar o envelhecimento 
São lhes atribuídas propriedades extraordinárias.
A sua comercialização tem vindo a crescer de forma espantosa.

As bagas de goji têm como parceiros nos efeitos as sementes de chia, a maçã biológica peruana, a spirulina alga azul e verde, o açaí fruto da Amazónia. As bagas de goji são conhecidas pelas propriedades anti-envelhecimento, muito apreciadas pelos monges tibetanos, são considerado uma das frutas mais ricas.
As bagas goji ajudam a prevenir as doenças degenerativas. As sementes de linhaça, de cânhamo e de chia ajudam a baixar o colesterol devido à fibra e aos ácidos gordos essenciais, o açaí combate as células cancerígenas. Quem come açaí de forma regular irá ter o sistema imunitário reforçado.

Mas para muitos dos consumidores, a razão para comprar estes produtos está mais relacionada com os benefícios para a saúde, com a vontade de evitar doenças de forma natural, sem o perigo dos efeitos colaterais. A maioria deles são ricos em ómega 3, proteína e energia, e podem ser consumidos pela maioria das pessoas, por serem alimentos naturais, salvo em caso de alergia a um determinado componente.

A Internet contém informação muito prolixa e de fácil consulta, bastando escrever, no google, o nome do produto pelo que, fica aqui apenas uma referência resumida.




GENGIBRE - ANTI-INFLAMATÓRIO NATURAL




Anti-inflamatório natural aconselhável para dores de artrose, artrite, coluna ...

Só quem passa ou já passou por essas dores, sabe avaliar o valor deste produto natural,sem efeitos colaterais, como indica o Dr. Al Sears.

E o mais interessante é que, provavelmente, você já tenha esse analgésico aí na sua casa! Plante num vaso, no quintal ou no jardim.

Os pedaços de gengibre podem durar longo tempo fora ou dentro do frigorífico.

Fixe o nome deste analgésico, GENGIBRE, e aconselhe-o aos seus amigos.

Durante séculos, o Gengibre tem sido usado em toda a Ásia para tratar dores nas articulações, resfriados e até mesmo indigestão.

O Gengibre, cru ou cozido, pode ser um analgésico eficaz, mesmo para condições inflamatórias como a osteoartrite. Isso porque a inflamação é originadora de todos os tipos de problemas como artrite, dor nas costas, dores musculares, etc.

Ele contém 12 compostos diferentes que combatem a inflamação.

Um desses compostos baixa os receptores da dor e actua nas terminações nervosas.

Juntos, eles fazem quase o mesmo que as drogas anti-inflamatórias, tais como o ibuprofeno e a aspirina, mas sem os efeitos colaterais.

Assim, se a sua intenção é eliminar esses analgésicos, passe a consumir o Gengibre.

Beber chá de gengibre: É barato. É muito fácil. O gosto é óptimo. E cura. Ele vai estimular a circulação sanguínea e aliviar dores nas articulações.

Eis a dica do Dr. Al Sears para preparar o chá que lhe proporciona uma boa dose diária de gengibre:

-Quatro copos de água;
-Um pedaço de aproximadamente 5 cm de Gengibre descascado e cortado em fatias finas;
-Limão e mel a gosto. Se preferir, use laranja no lugar do limão. Fica óptimo!

Procedimento:

Ferva a água numa panela com fogo alto.
Assim que começar a fervura adicione as fatias de Gengibre, deixe em fogo baixo, cubra a panela para que os vapores não saiam e deixe fervendo por aproximadamente 15 minutos.
O chá está pronto!
Basta coar, e adicionar mel com limão ou laranja.

quarta-feira, 20 de maio de 2015

CINCO RAZÕES PARA EVITAR COMER CARNE



Texto extraído daqui

 Adoptar uma alimentação que exclua a ingestão de carne pode trazer vários benefícios à sua saúde.

As pessoas esclarecidas preocupam-se em seguir um estilo de vida mais saudável que exclua os alimentos considerados prejudiciais à saúde.

A carne não é prejudicial e muitos médicos e nutricionistas defendem o seu consumo, mesmo que moderado, devido ao leque de nutrientes que porta. Contudo, é importante compreender que não comer carne é também um hábito saudável e que pode trazer benefícios à saúde.

E por isso mesmo o The Independent listou cinco boas consequências positivas na saúde que a exclusão de carne e uma dieta vegetariana trazem:

1. Uma dieta vegetariana é, por norma, rica em potássio e baixa em sódio. O potássio (presente em vegetais, grãos, frutas e legumes) é amigo da tensão arterial, do colesterol e do coração, reduzindo os riscos de ataque cardíaco.

2. Ter um estilo de vida saudável focado numa alimentação equilibrada é uma forma eficaz de prevenir o aparecimento dos mais variados tipos de cancro. Para o The Independet, quanto mais colorido estiver o seu prato, mais forte será a sua contribuição para prevenir a doença. A fibra dietética, comum entre os vegetarianos, é uma óptima aliada na prevenção do cancro do cólon.

3. Optar por alimentos de origem vegetal ajuda à diversidade das bactérias boas existentes no organismo e associadas à boa saúde. Estes alimentos reforçam o sistema imunológico, reduzem os riscos de inflamação, regulam o trânsito intestinal e controlam o apetite.

4. Uma dieta rica em alimentos de origem vegetal e pobre em gorduras fornece ao corpo o ‘combustível’ necessário para estabilizar os níveis de açúcar no sangue e assim ajudar no tratamento e prevenção de doenças como a Diabetes do tipo 2.

5. As frutas, legumes e vegetais são uma autêntica fonte de vitaminas, minerais e antioxidantes, isto é, os principais amigos de uma pele saudável, brilhante e sem manchas.

segunda-feira, 18 de maio de 2015

ALIMENTOS PARA lADIAR O ENVELHECMENTO




O conteúdo deste vídeo foi referido neste blog em http://paoesaude.blogspot.pt/2015/05/20-alimentos-para-adiar-o-envelhecimento.html. Por não possuir capacidade para transformar o power point em vídeo coloquei nesse post o pedido de ajuda a que respondeu com muita simpatia a minha Amiga brasileira Circele Maria a quem fico imensamente grato por ter querido adicionar este gesto de amizade aos muitos outros de que já beneficiei. Muito obrigado, MANA CELLE.

sábado, 16 de maio de 2015

ABACATE TEM VÁRIOS BENEFÍCIOS PARA A SAÚDE


Texto extraído daqui.

O abacate, além de ser conhecido por acompanhar saladas, também é muito nutritivo.
 Alguma vez você já se perguntou quais são exactamente os benefícios do abacate? Continue a ler para conhecer informação importante.

1.Bom para a visão

Se você pretende manter a visão sempre saudável, coma abacate! Graças a um carotenoide chamado luteína, o abacate absorve os raios ultravioletas do sol evitando que os mesmos causem dano na retina. Além disso, protege os olhos contra a degeneração e a aparição de cataratas.

2.Colha os benefícios da vitamina E

O abacate é uma grande fonte de vitamina E. Quando consumimos essa vitamina de maneira habitual equipamos o corpo para nos proteger de doenças. Além disso, a vitamina E também ajuda a revitalizar a pele, tornando-a suave e flexível graças a suas propriedades antioxidantes. Não é maravilhoso?

3.Mantem seu coração saudável

Uma xícara desse fruto saboroso contém uma percentagem bastante alta de ácido fólico (23%). O ácido fólico é uma vitamina que se encontra nos vegetais de folhas verdes e sua função é ajudar na saúde em geral.
Durante a gravidez recomenda-se sempre consumir ácido fólico, já que ajuda na boa formação do feto. A gordura saudável do abacate juntamente à vitamina E são bons para o coração.

4.Queda na taxa de colesterol

O abacate contém altos teores de beta-sitosterol, um composto que demonstrou manter os níveis de colesterol baixos. O abacate contém gordura mono insaturada (saudável para o organismo), que reduz o colesterol LDL, prejudicial ao corpo.

5.Saúde bucal

Você é aquele tipo de pessoa que se preocupa em cuidar bem do seu sorriso? Então fique sabendo que o abacate te ajuda a manter um sorriso brilhante devido a compostos que ajudam a encontrar e destruir células orais cancerígenas sem interferir em células saudáveis.

6.Aumenta a absorção de nutrientes

Comer abacate te garantirá uma significante melhora na absorção de certos nutrientes. Os carotenoides de outras frutas e vegetais são melhor absorvidos quando junto a eles consumimos abacate. Algumas pesquisas mostraram que uma pessoa que consome abacate aumenta em 5 vezes a absorção de nutrientes em comparação com uma que não consuma essa fruta.

7.Adiciona um sabor único e especial às tuas saladas

Claro que o abacate não agrada a todas as pessoas, para aquelas que apreciam o fruto é uma boa opção para adicionar a uma salada e dar um sabor especial, e não apenas em saladas, você pode experimentar em outros pratos e inclusive em algumas bebidas.

8.Repara cabelos danificados

Esse talvez seja um dos benefícios mais populares do abacate. Ajuda a reparar o cabelo seco e sem brilho, devido à grande quantidade de vitaminas e gordura que contém.

Não hesite. Agora que você já conhece alguns dos benefícios mais importantes que o abacate tem para nos oferecer, adicione-o à sua alimentação e aproveite todo o seu poder

sexta-feira, 15 de maio de 2015

REDUZIR O RISCO DE CANCRO


Este texto foi extraído daqui

Ninguém está livre de ser atingido por uma das doenças mais temidas de sempre e os estudos recentes dizem mesmo que uma em cada duas pessoas passará por algum tipo de cancro ao longo da vida. Mas sabe-se que existem hábitos que podem aumentar e outros diminuir o risco de desenvolver doença oncológica. Estes são sete conselhos do World Cancer Research Fund essenciais para reduzir as hipóteses de enfrentar um cancro.

1 – Tenha pelo menos três dias livres de álcool durante a semana.
Há hoje provas científicas de que o álcool em doses reduzidas pode diminuir o risco de doença cardíaca. Porém, não traz qualquer benefício para a prevenção do cancro. Aliás, está provado que o álcool é pode ser a causa directa de cinco tipos de cancro, incluindo do cólon e da mama.

2 – Faça as limpezas lá de casa ou vá ao ginásio.
Manter-se activo e fazer exercício regularmente traz vantagens imediatas na prevenção de muitos tipos de cancro. Se não tem tempo de ir ao ginásio ou fazer exercício ao ar livre, dedique-se às tarefas domesticas. Para queimar 200 calorias – o equivalente a meio litro de coca-cola, três bolachas digestivas ou 16 batatas fritas – uma mulher de 60 quilos precisa de engomar durante 1 hora e 22 minutos, aspirar durante 57 minutos, andar uma hora ou praticar ioga durante 1 hora e 16 minutos.

3 – Não coma carne durante um ou dois dias por semanas.
Está provado que o consumo de carne vermelha aumenta o risco de cancro, principalmente do intestino. Pior que isso, só mesmo as carnes processadas como fiambre, bacon e salsichas. Quando a carne é conservada por processos industriais (fumada, curada ou salgada) ou por adição de substâncias como sulfitos aumenta o risco de contrair cancro. Pelo menos durante um ou dois dias por semana elimine a carne e faça do peixe ou vegetais os protagonistas das refeições.

4 – Aposte nos vegetais e leguminosas.
Coma cereais integrais, leguminosas e vegetais. São baixos em calorias e ricos em fibras, o que ajuda a não engordar e reduz o risco de cancro digestivo. Encha dois terços do seu prato com vegetais, massa ou arroz integral, lentilhas ou feijão, e um terço ou menos com carne magra ou peixe.

5 – Elimine os refrigerantes e sumos com açúcar.
Prefira a água ou sumos naturais, pois o açúcar tem consequências graves para a sua saúde e aumenta o risco de doença oncológica, principalmente se tiver excesso de peso.

6 – Seja o seu próprio pasteleiro.
Em vez de comprar bolos e pastelaria industrial prefira as versões caseiras se não pode mesmo passar sem consumir bolos ou bolachas. Se usar farinha integral melhor ainda.

7 – Descubra uma actividade física que lhe dê prazer. Seja dançar, correr ou nadar, o que interessa é que goste e que cumpra. O ideal é praticar exercício meia hora por dia no mínimo.

quinta-feira, 14 de maio de 2015

A FORÇA DO PUNHO E AS DOENÇAS CARDÍACAS


Transcrição:
/
A força do seu punho poderá prevenir doenças cardíacas
De Notícias Ao Minuto, em 14 de Maio de 2015

As doenças cardíacas são muitas vezes detectadas através da tensão arterial mas haverá métodos mais simples e seguros.

De acordo com um estudo publicado pela Lancet, a força do pulso é um indicador mais seguro do que a medição da tensão arterial para que se preveja o risco de doenças cardíacas.

Os investigadores canadianos da Universidade McMaster, que revelaram os resultados, acreditam tratar-se de um método “simples e barato” e com maior probabilidade de se detectarem ataques cardíacos ou derrames.

O estudo contou com mais de 140 mil pessoas em 14 países e mostrou que a força que utilizamos para apertar algo com a mão vai reduzindo à medida que as pessoas envelhecem mas, Se a força diminuir drasticamente num curto espaço de tempo, haverá maiores riscos de problemas de saúde.

Os resultados mostram que a cada cinco quilos de força reduzidos, os problemas de coração aumentam em 17% e os de derrame em 9%.

NOTA: Se quiser saber com rigor a força do seu pulso, terá de utilizar um dinamómetro em forma de elipse, de dimensão de cerca de 9 por 6 cm,com um ponteiro que indica num pequeno quadrante a força,

VENCER A FADIGA


Transcrição:

Este é o segredo para acabar com a fadiga
 Notícias Ao Minuto 13 de Maio de 2015

Sente-se cansado mesmo naqueles dias em que até nem tem motivos para isso? Pode haver uma solução. Os especialistas e as celebridades revelaram o segredo para uma vida cheia de energia.

Qual é o segredo para acabar com o cansaço e a falta de energia? Vários estudos sugerem que é simples. Basta que mude de estilo de vida e comece a beber sumos. Dos saudáveis, claro. As celebridades já aderiram.

Os sumos e batidos de fruta têm sido a chave do estilo de vida de muitos ricos e famosos por todo o mundo. Para muitos é fácil perceber porquê. Sentir-se cansado a toda a hora pode significar que não está a ingerir nutrientes suficientes.

A melhor forma de conseguir ingerir o máximo das vitaminas e minerais dos vegetais e legumes é comê-los crus. Claro que não se consegue imaginar a mastigar um brócolo cru. E qual é a alternativa? Transformar estes alimentos crus num belo smoothie.

Celebridades como Jennifer Anniston, Gwyneth Paltrow, Jessica Alba ou Beyonce já admitiram publicamente que recorrem aos sumos de vegetais, legumes e frutas cruas. E não dá para negar que elas parecem bastante saudáveis.

Seguir uma dieta temporária à base destes sumos, ou juntando apenas um sumo de fruta com um vegetal à sua dieta diária, pode ter um grande efeito na sua saúde. Como estes sumos estão cheios de micronutrientes, aumentam os níveis de energia, melhoram o sistema imunitário, melhoram as funções cerebrais, o aspeto da pele, do cabelo, unhas e dentes e também o podem ajudar na perda de peso.

Os especialistas explicam que o segredo para ser bem sucedido quando faz estes sumos e para obter melhores resultados é: usar mais vegetais do que fruta nas receitas. Assim vai manter a concentração de açúcares baixa e aumentar as propriedades mais saudáveis do sumo. Aposte em ingredientes como espinafre, pepino, brócolo ou couve e use uma ou duas frutas para tornar o sumo mais saboroso.

E não se esqueça de adquirir hábitos mais saudáveis como praticar exercício físico ou escolher alimentos mais saudáveis durante as refeições para completar este novo estilo de vida.

20 ALIMENTOS PARA ADIAR O ENVELHECIMENTO



Por ordem alfabética:

Abacate
O abacate é ideal para a partilha de um delicioso guacamole. Os abacates contêm muitos benefícios anti-idade. De acordo com o médico Sadkhin, além de ser uma boa fonte de gorduras monoinsaturadas que reduzem mau colesterol e, portanto, reduzem o risco de complicações cardíacas resultando numa vida mais

Água
A água potável é essencial para sobreviver, mas também para viver mais e melhor. "Tome pelo menos 8 copos de água por dia, garante óptima movimentação de resíduos e toxinas do corpo e acelera a eliminação de tais substâncias nocivas do corpo, reduzindo o stress e melhorando a saúde global", diz o Dr. Sadkhin.

Algas marinhas
És louco por sushi? Mais um motivo para comeres pois é uma excelente fonte de selénio e iodo. "O iodo comanda a função tiroidiana e o selénio impede o crescimento de células cancerígenas. As algas são também uma boa fonte de fibra solúvel em óleos ômega-3, chamados óleos essenciais", diz o Dr. Sadkhin.

Alho
O impacto doalho na saúde é tão forte quanto o seu cheiro. Mas vale a pena. "Os estudos mostraram que as pessoas que comem pequenas quantidades de alho, pelo menos uma vez por semana têm 50 por cento menos probabilidade de desenvolver certos tipos de câncer", diz o Dr. Sadhkin.

Bróculos
O bróculo é tão bom que o médico Sadhkin não hesita em chamar-lhe superpoderoso: "O Bróculo é excelente fonte de vitamina A, que é responsável pela regulação do sistema imunológico e ajuda a prevenir e a combater infecções e de vitamina C, um nutriente essencial para a função imune e um poderoso antioxidante que ajuda a proteger as moléculas vitais, tais como proteínas, carboidratos e ácidos de radicais livres (responsáveis pelos danos celulares que provocam o envelhecimento).

Cabaça
Aproveita a época. A cabaça, de acordo com o médico Sadkhin vem carregada com vitaminas e nutrientes essenciais e é rica em antioxidantes que impedem o processo de envelhecimento e estimulam a função metabólica. “Também diminui a glicemia e reduz o mau colesterol, um componente importante para aqueles que sofrem de diabetes e obesidade", acrescenta o especialista.

Café
"Embora o mecanismo ainda não seja claro, o café parece proteger contra a cirrose, câncer hepático, doença de Parkinson e diabetes", diz John La Puma. De acordo com o especialista, o café tem muitos componentes químicos metabolicamente activos, incluindo a cafeína, que podem actuar nesse sentido.

Chá verde
O Chá verde tem sido usado por milhares de anos como uma bebida tradicionalmente terapêutica que promove a longevidade e boa saúde, o médico recorda Sadkhin. "É uma excelente fonte de um antioxidante chamado EGCG, evita o desenvolvimento de células danosas e ajuda a manter a integridade estrutural das membranas, que também protege as células", acrescenta. O EGCG, de acordo com o especialista, é de pelo menos 25 a 50 vezes mais potente do que os outros populares antioxidantes como vitamina C e E. De facto, uma taça de chá verde é equivalente ao efeito de uma porção de frutas e produtos hortícolas.

Chocolate
É sempre um prazer comer chocolate de forma saudável. “Quanto mais elevados níveis de cacau, maior é a capacidade do chocolate para dilatar as artérias, ajudando a manter flexibilidade e elasticidade e baixa pressão arterial, o que ajuda a retardar envelhecimento," diz John La Puma.

Frutos vermelhos
Eles são ideais para despertar a paixão, mas também para viver mais tempo. As amoras e mirtilos contêm poderosos fitonutrientes chamados flavonóides, que têm efeitos antioxidantes poderosos. "Flavonoides ajudam as células a comunicar mais eficazmente entre elas e têm sido associados à redução do risco de doenças cerebrais degenerativas como Alzheimer e demência. Contém igualmente um fitonutriente chamado ácido elágico, demonstrado anticancerígeno.

Leite
Ninguém duvida dos benefícios do leite para a saúde. Mas talvez você não saiba que proteínas fitóquímicas estão trabalhando para melhorar a função física e a saúde em geral. "Muitas sociedades de idosos o consomem regularmente. O leite contém vitaminas D, K e cálcio para evitar a degradação óssea, a vitamina A é essencial para a função imunológica e iodo, importante para a função tiroidiana. Também possui nutrientes, como potássio, magnésio, riboflavina e vitamina B12, necessária para uma boa saúde cardíaca. Os mais interessantes componentes do leite são os agentes que inibem os vários tipos de câncer, como a pele, mama e do cólon, "diz o Dr. Sadkhin.

Maçã
Você conhece o ditado: "Uma maçã por dia mantém o médico longe." Qual o motivo? "As maçãs apresentam excelentes propriedades para combater os radicais livres, nos ajudar a manter jovens de dentro para fora", sintetiza Deborah Enos, nutricionista e autora de The One Minute wellness coach."

Mel
Para adoçar bebidas ou refeições, tem sido sempre uma saudável solução. Mas agora, o mel tem subido no ranking pelas suas propriedades anti idade, de acordo com Sadkhin. "Nós descobrimos que o mel é uma tão boa fonte de antioxidantes, como frutas e vegetais, é mais saudável, além de fornecer energias e carboidratos que são essenciais para um estilo de vida activo", diz ele.

Passas de ameixa
As passas de Ameixa podem não ter muito boa aparência, mas de acordo com o médico Sadkhin, têm a maior concentração de antioxidantes do que qualquer outra fruta: "Os antioxidantes impedem a proliferação de perigosos radicais livres, responsáveis pelos danos do oxigénio do tecido adiposo, que é uma parte integrante das células dos tecidos do cérebro. A prevenção reduz o risco de cancro, uma vez que estes radicais são responsáveis por mutações no DNA, que resultam em crescimento do câncer".

Salmão
Um dos mais populares peixes de os E.U.A., o salmão é rico em proteínas saudáveis e de ácidos gordos ômega-3. "Estes ácidos reduzem a inflamação do corpo e melhoram a função do sistema imunológico do organismo", diz John La Puma, o autor do ChefMD: A Food Lover's Guide to culinaryMedicine.

Soja
As sementes de soja estão cheias de gorduras insaturadas saudáveis, e flavonóides, poderosos antioxidantes e são também uma excelente fonte de proteína disponível para a formação de músculos", diz John La Puma. Além disso, você pode facilmente adaptar a qualquer tipo de sabor e tempero.

Tomate
Delicioso em saladas, sopas ou como um molho para o macarrão, o tomate é uma fonte rica de flavonóides. "Flavonoides são anti-inflamatórios, substâncias químicas no corpo, e licopeno, o caroteno mais conhecido pela cor vermelha brilhante," diz John La Puma, o autor do ChefMD: A Food Lover's Guide to culinary Medicine. "A melhor maneira de absorver o licopeno, dependendo do especialista, é um pouco de azeite. Vegetais de folha verde
Se você é dos que saboreia uma mix de salada verde, é a chance de comer saudável e parar o relógio durante anos. "As folhas verdes, mais especialmente o espinafre, pode ajudar a protegê-lo da idade. Espinafres, em particular, protegem contra a degeneração moscular associada à idade", diz Deborah Enos, nutricionista.

Vinho
Um bom vinho não é apenas aquilo que é agradável. "O vinho tinto tem sido colocado recentemente a público na função de novo elixir anti-envelhecimento, e por boas razões. Estudos sobre propriedades anti-envelhecimento de vinho têm descoberto um único antioxidante chamado resveratrol que tem poderoso efeito anti-idade. É produzido durante o processo de fermentação e abundante no vinho tinto e um pouco menos no branco", diz o Dr. Grigory Sadkhin, fundador do The Sadkhin Complex, um programa de perda de peso anti-envelhecimento. Como actua? Engana o corpo e activa genes específicos que controlam os processos metabólicos do corpo, repara o ADN e providencia um local para outras propriedades benéficas para uma vida mais longa e saudável, diz ele.

Yogurte
Além de ser um lanche saboroso e saudável, o médico Sadkhin recomenda-o porque ele contém bactérias vivas que fortalecem o sistema imunológico e melhoram a função metabólica: "Isto aumenta a resistência imunológica a doenças relacionadas."

Sugiro aos visitantes desta página a difusão pelos seus amigos a fim de poder ser útil ao maior número possível de pessoas.

sexta-feira, 8 de maio de 2015

CONSUMO DE ÁLCOOL E O ENVELHECIMENTO

Consumo moderado de álcool à refeição
(Recebido por e-mail sem indicação de autor)

O que a pesquisa certamente constatou, mas não publicou por medo do tal de "politicamente correcto", é que os que bebem mais que moderadamente mostram sinais inequívocos de regeneração contínua de neurónios e sinapses, memória de curto e longo prazos melhores que dos "placebos", rapidez de raciocínio e reacções. Isto deve-se ao fato de que a pulsação acelerada e de mais intensidade tanto remove melhor o lixo neural quanto envia mais células tronco da medula óssea para o cérebro e para todos os órgãos vitais.

Os Idosos que ingerem álcool têm menos chance de ter demência e Alzheimer!

Segundo o jornal britânico Daily Mail, pesquisadores descobriram que idosos que bebem uma quantidade moderada de álcool possuem 30% menos probabilidade de desenvolver demência e 40% menos chances de sofrer de Alzheimer do que aqueles que não consomem esse tipo de bebida.

Os cientistas pesquisaram idosos com 75 anos ou mais que gostam de beber uma cerveja por dia ou um copo de vinho.

A equipe do instituto estudou mais de 3.000 pessoas nessa idade – elas estavam livres de demência no começo do estudo.
Os pacientes foram examinados duas vezes a cada 18 meses.
De acordo com um dos professores responsáveis pela pesquisa, Siegfried Weyerer, 217 idosos apresentaram sintomas de demência no decorrer do estudo. Aqueles que consumiam álcool tinham cerca de 30% menos de demência e 40% menos de Alzheimer do que os idosos que não consumiam nada.

Segundo os pesquisadores, não foram observadas diferenças significativas de acordo com o tipo de bebida alcoólica consumida.

Nos últimos 31 anos, a associação entre o consumo moderado de álcool e a função cognitiva foi investigada em 71 estudos envolvendo 153.856 homens e mulheres de várias locais com diferentes padrões de consumo.

Segundo o médico Harvey Finkel, do Centro Médico da Universidade de Boston, "a idade não é razão para abstinência".

É preciso lidar com pessoas idosas viciadas no álcool com mais responsabilidade do que com os jovens.

Mas eles podem tirar mais benefícios para a saúde do consumo moderado do álcool.

DEFESAS PARA A PERDA DE MEMÓRIA


Transcrição:

Sete truques para que a memória não o atraiçoe
Por Notícias Ao Minuto em 04 de Maio de 2015. 19:35

Ter uma boa memória não é apenas um motivo de orgulho, é um espelho de boa saúde e bem-estar.

A falta de memória não se deve apenas a distracção ou preguiça, é um mal que afecta miúdos e graúdos e que preocupa os neurologistas pelo simples facto de poder indicar as mais variadas doenças.
Recorrendo ao exemplo de Nelson Dellis, campeão da memória nos Estados Unidos por quatro vezes, a revista Exame indica sete truques para que a sua memória nunca mais falhe, ou pelo menos, para que se mantenha sã o máximo de tempo possível:

1. Associe a situação que quer recordar a uma imagem: o cérebro lida melhor com imagens do que com informações abstratas, por isso, crie imagens na sua mente para fixar a informação que quer.

2. Organize as suas ideias: Não basta apenas ‘decorar’ imagens associadas a situações, é preciso organizá-las para que não se percam ou se misturem com outros acontecimentos. Para tal, indica a Exame, é importante que as situações que consideramos mais importantes sejam associadas a imagens que ‘vemos’ com frequência, como é o caso do nosso carro, da nossa casa, do candeeiro da mesa de cabeceira, etc.

3. Exercite a mente… Está em casa, sentado no sofá e a fazer zapping na televisão? Então está na hora de trocar o comando por um jogo mental. Seja no smartphone, num caderno ou os já tradicionais sudoku, sopa de letras e palavras cruzadas, o importante é que o seu cérebro seja exercitado.

4. E o corpo!: Se quer uma mente sã, comece por treinar um corpo são. Vários estudos indicam que as pessoas que praticam exercício físico com frequência (seja corrida, ginásio, natação ou modalidades) têm menos probabilidades de sofrer problemas cognitivos no futuro, como lembra a especialista Sonia Brucki.

5. Coma bem: Sem o combustível indicado, o carro não anda; sem uma alimentação equilibrada, a mente não trabalha. É tão simples quanto isto. São vários os alimentos amigos do cérebro (como é o caso das frutas, vegetais, nozes e alimentos ricos em ómega 3) como os inimigos. De salientar um estudo recente que revela que os alimentos processados – bolachas, biscoitos, batatas fritas, pães, etc – são os que mais prejudicam a mente.

6. Socialize: Se pensa que para ter uma boa memória tem que passar o resto do seu tempo livre a ler e a praticar exercícios cognitivos, engana-se. A vida social é tão ou mais importante para uma mente sã. As amizades e os compromissos estimulam o cérebro.

7. Ria e faça rir: Ter um bom sentido de humor é meio caminho andado para levar a vida com tranquilidade e ser feliz. O estado de espírito dita aquilo em que pensamos e a vontade que temos em fazer algo, por isso, mantenha-se feliz e faça os outros felizes pelo bem-estar da sua mente.

quarta-feira, 6 de maio de 2015

REDUZIR O RISCO DE CANCRO COM PEQUENOS GESTOS

Extracto de notícia com dicas de muito interesse

Há pequenos gestos diários que podem ajudar a prevenir o cancro

Muitos de nós receberão, num certo momento da vida, a triste notícia de que têm cancro. Embora, por um lado, isso seja consequência de vivermos, actualmente, mais anos do que no passado, os nossos hábitos e atitudes, como fumar e ter uma má alimentação, também têm influência neste diagnóstico.

Apesar das evidências, há pequenos passos que podem ser preponderantes para evitar ou pelo menos reduzir o risco de contrair a doença. Um guia composto pela Fundação Mundial de Investigação do Cancro estabeleceu uma lista de hábitos que, realizados todos os dias, podem de forma eficaz afastar-nos do cancro.

Eis algumas dessas dicas, a que convém prestar atenção:

1. Limpar a casa: ser regularmente ativo é meio caminho andado para expulsar o risco da sua vida porque o exercício mantém os níveis hormonais saudáveis. Seja correr, nadar ou simplesmente dedicar-se a actividades domésticas. O que importa é que se mexa.

2. Comer cenouras. Não faz mal nenhum petiscar, mas tem de escolher os alimentos certos. Comer apenas mais 100 calorias por dia do que aquilo de que precisa pode levar a um aumento de peso de cinco quilogramas ao fim de um ano. E a obesidade está ligada a dez tipos de cancro, incluindo o da mama e do intestino.

3. Evitar o pão branco. Elimine o pão branco, o arroz e a massa e troque-os por tudo o que seja integral, pois tem mais fibra e deixa-o mais satisfeito, diminuindo o risco de obesidade relacionado com o cancro.

4. Trocar o sal por especiarias. Comer muito sal aumenta a pressão sanguínea e aumenta o risco do cancro no estômago. Corte no sal e substitua-o por outras especiarias, como pimenta ou sal, para dar sabor ao seu prato.

5. Ser vegetariano um dia por semana. Há provas de que comer muita carne vermelha aumenta o risco de cancro no intestino, bem como carnes processadas como bacon ou fiambre. Uma forma de reduzir estes maus nutrientes é esforçando-se por, pelo menos uma vez por semana, não comer nenhuma destas carnes. Funciona como uma espécie de desintoxicação.

6. Estar de pé sempre que estiver ao telefone. Apenas 30 minutos de exercício por dia podem ajudá-lo a diminuir o risco de cancro porque este aumenta a força do sistema imunitário e mantém o sistema digestivo saudável. Pequenos gestos, como estar em pé enquanto fala ao telefone, subir e descer escadas ou estacionar o carro um pouco mais longe do seu destino, podem fazer a diferença.

7. Em vez de estar em frente da TV, fazer uma caminhada. O tempo passado a ver televisão, a ler ou em frente ao computador só contribuem para a doença. Depois de jantar, troque a televisão por uma caminhada. Ao fazê-lo já está a contribuir para dois dos pontos anteriores: fazer exercício.