Bem Vindos !

Quando era criança, na minha aldeia, ouvia com frequência a expressão dos mais simples objectivos das pessoas «haja pão e coza o forno». Realmente, havendo «saúde e alimentação», tudo acaba por ser resolvido. Decidi, por isso, guardar neste espaço, tudo o que estiver guardado nos blogs a que tenho acesso e o que venha a obter sobre este tema, com a convicção de que a saúde depende muito da alimentação e do estado de espírito. (A.João Soares)

quinta-feira, 26 de julho de 2012

Alimentação deve ser pouca mas de boa qualidade

Para evitar a obesidade, convém saber que:

- “Ser activo é muito importante para a saúde mas isso, apenas, não nos mantém magros - precisamos de comer menos para que isso aconteça”.

- "a grande razão pela qual os ocidentais estão a ficar gordos é porque comem demasiado - não tanto porque se exercitam de menos”.

- dois erros na sociedade actual: vida sedentária e grandes porções de comida contendo gorduras saturadas e muito açúcar.

- a responsabilidade pela epidemia de obesidade deverá antes ser assacada à quantidade e qualidade da comida que ingerimos e não tanto à falta de exercício.

Não deixe de ler mais na notícia:

Comer menos e melhor é mais importante que fazer mais exercício

Imagem do Google

sexta-feira, 20 de julho de 2012

Exercício físico é indispensável

Transcrição a ter em consideração:

Falta de exercício físico mata tanto como fumar

Jornal de Notícias. 19-07-12012. Foto LEONEL DE CASTRO/ARQUIVO

O exercício físico ajuda a prevenir doenças como a diabetes

A revista Lancet publicou uma série de estudos que consideram que a falta de atividade física é uma pandemia, tão mortífera como o tabaco.

Uma equipa de investigadores chegou à conclusão que a inatividade física mata tanto como o tabagismo, sendo mesmo uma pandemia.

De acordo com os dados apurados pelos cientistas, cerca de uma em cada dez mortes prematuras em todo o mundo deriva da falta de exercício físico. O número de mortes prematuras causadas pelo tabaco é aproximadamente o mesmo.

Em 57 milhões de mortes em 2008, cerca de cinco milhões podem ser atribuídas à inatividade, estimam os investigadores.

Isto porque a estimativa teve em conta quatro doenças: diabetes tipo 2, doenças do coração, cancro da mama e cancro do cólon, nas quais um dos fatores de risco é, precisamente, a falta de exercício.

Colesterol, pressão arterial alta e níveis de açúcar elevados no sangue são sintomas que contribuem para a diabetes e doenças do coração e que podem ser combatidos com a prática de exercício.

No caso do cancro da mama, a redução de gordura corporal pode servir de proteção às mulheres, pois a gordura pode desencadear o crescimento de tumores no tecido mamário. No que toca ao cancro do colón, os cientistas acreditam que o exercício ajuda a manter uma digestão regular, prevenindo a acumulação de resíduos potencialmente cancerígenos, que originem tumores.

Teoricamente, certos casos de doença poderiam ser prevenidos se a população se tornasse ativa fisicamente. Os cientistas chegaram à conclusão que, se a inatividade fosse reduzida em 10%, talvez se evitassem cerca de 500 mil mortes por ano. Já se a redução fosse de 25%, possivelmente seriam prevenidas cerca de um milhão de mortes. O mínimo de exercício recomendado são cerca de duas horas e meia por semana, que pode ser dividido por meia hora a andar rapidamente, cinco vezes por semana, por exemplo. No entanto, cerca de 30% dos adultos em todo o mundo não atingem esse mínimo.

terça-feira, 17 de julho de 2012

Gelado de Pastel de Nata


Já chegou o gelado de Pastel de Nata A marca de gelados Artisani lançou, esta semana, em associação com o Hotel Palácio do Estoril, o primeiro gelado de sempre de pastel de nata. A doce iguaria combina o sabor do famoso pastel, com a textura dos gelados artesanais e pode até ser servida numa base de massa folhada, idêntica à dos pastéis.

A marca de gelados portuguesa Artisani aliou-se ao Hotel Palácio Estoril para criar um gelado único onde o ingrediente principal é o mítico pastel de nata.

O pastel de nata do Hotel Palácio Estoril - que já foi várias vezes premiado e é considerado um dos melhores de Lisboa - chega assim às famosas lojas Artisani sob a forma de gelado artesanal com a textura do verdadeiro gelado e o sabor inconfundível do pastel.

Este gelado oferece ainda a variante de poder ser servido com uma base feita com a massa folhada original do pastel de nata do Hotel Palácio.

O novo gelado de pastel de nata pode ser saboreado no Hotel Palácio Estoril e em qualquer uma das lojas Artisani, em Cascais, Carcavelos, na Doca de Santos e na Avenida Álvares Cabral.

Fonte: Boas Notícias

quarta-feira, 11 de julho de 2012

Prevenir o Alzheimer

Descoberta mutação genética que trava Alzheimer
Ionline. Por Agência Lusa, publicado em 11 Jul 2012 - 21:14

Cientistas islandeses descobriram uma mutação genética que serve de escudo à doença de Alzheimer e à degradação cognitiva causadas pelo envelhecimento, noticiou hoje a revista científica britânica Nature.

Pela primeira vez, foi detetada em idades mais avançadas uma mutação genética relacionada com a Alzheimer, doença degenerativa que afeta sobretudo os idosos.

Uma equipa do centro de CODE Genetics, de Reiquejavique, Islândia, estudou o genoma completo de 1.795 islandeses e descobriu uma mutação do gene APP que reduziria até 40 por cento a formação da proteína amilóide em idosos saudáveis.

A proteína é uma substância insolúvel que se acumula no cérebro dos doentes, formando placas, e é responsável pelo aparecimento da Alzheimer.

O estudo revelou que a função cognitiva dos idosos entre os 80 e os 100 anos, que tinham a mutação no gene APP, funcionava muito melhor do que a dos que não a possuíam.

"Pelo que sabemos, até agora, [a mutação] representa o primeiro exemplo de uma alteração genética que confere proteção forte contra a doença de Alzheimer", sustenta, citado pela agência Efe, o coordenador da equipa de investigação, Kari Stefansson.

Segundo os especialistas, a mutação genética permite travar a deterioração cognitiva nos idosos sem Alzheimer. Assim sendo, defendem que as alterações cognitivas e a Alzheimer partilham mecanismos idênticos ou parecidos.

O investigador islandês Kari Stefansson defende que a Alzheimer pode representar o caso mais extremo da degradação da função cognitiva relacionada com a idade.

Até à data, os cientistas tinham descoberto 30 mutações do gene APP, 25 das quais tidas como causadoras da doença de Alzheimer em idades menos avançadas.

Em Portugal, estima-se que existam cerca de 153 mil pessoas com demência, das quais 90 mil com doença de Alzheimer, de acordo com a associação Alzheimer Portugal.

Imagem do Ionline

segunda-feira, 9 de julho de 2012

Morangos trazem mais benefícios do que se pensava


Morangos trazem mais benefícios do que se pensavaOs morangos têm mais benefícios para a saúde do que se pensava. Uma investigação da universidade britânica de Warwick provou que este pequeno fruto vermelho age como um poderoso antioxidante combatendo o colesterol, a diabetes e melhorando o sistema cardiovascular.

O investigador Paul Thornalley, coordenador do estudo, revela em comunicado que um novo estrato descoberto nos morangos activa no corpo humano a proteína ‘Nrf2’ que promove os antioxidantes e outras acções protectoras do nosso organismo. Esta proteína reduz a os lípidos e o colesterol, dois problemas que conduzem a problemas cardiovasculares.

Os cientistas já sabiam que a ingestão de morangos estava associada a redução da glucose e do colesterol mau - o que ajuda a diminuir o risco de diabetes e ataques cardíacos - mas não sabiam que este fruto agia directamente sobre a proteína que oferece protecção antioxidante.

"Descobrimos como os morangos conseguem aumentar as nossas defesas de maneira a manter as células, os órgãos e o sistema sanguíneo saudáveis", salienta o investigador em comunicado, aconselhando o consumo deste fruto, mesmo que seja com "uma pequena dose de chantili".

As técnicas de rastreio e de modelação matemática desenvolvidas na Universidade de Warwick vão dar continuação a este estudo para ajudar a identificar qual a melhor variedade de morangos, como devem ser servidos e quantos devem ser ingeridos para se retirar deles o melhor benefício para a saúde.

Uma vez que estes frutos vermelhos são mais acessíveis e baratos do que outros - como as amoras ou as framboesas - os morangos apresentam uma alternativa saudável e económica para incluir na dieta do dia-a-dia.

Clique AQUI para aceder ao comunicado da Universidade de Warwick.

fonte: Boas Notícias

domingo, 8 de julho de 2012

Orégãos contra o cancro

Uma erva aromática demonstrou um efeito desconhecido no cancro da próstata. Um estudo conduzido nos EUA demonstrou que os orégãos levam as células cancerígenas ao 'suicídio'. Estará a cura contra este tumor no topo de uma pizza? Um estudo conduzido na Long Island University (LIU), nos EUA, confirmou que os orégãos conduzem as células do cancro da próstata ao 'suicídio', abrindo a porta ao desenvolvimento duma terapia contra este tumor. A descoberta seguiu-se a outras investigações que já tinham demonstrado que as pizzas ajudam a reduzir as hipóteses de contrair cancro, efeito que era atribuído a uma substância no molho de tomate. No caso dos orégãos, a substância que provoca o 'suicídio celular' é o carvacrol.

A equipa liderada por Supriya Bavadekar, professora de farmacologia, tem realizado testes em células cancerígenas e os resultados evidenciam a potencialidade desta erva aromática ser transformada na base dum fármaco anti-cancerígeno. "Sabemos que os orégãos possuem propriedades antibacterianas e anti-inflamatórias, mas os seus efeitos nas células cancerígenas podem dar-lhe uma utilidade completamente nova", explicou Supriya Bavadekar, cuja equipa procura agora compreender o processo como o carvacrol actua sobre as células afectadas.

O facto da substância se encontrar numa erva aromática leva ainda os investigadores a anteciparem uma rápida e eficaz absorção por parte do organismo: "uma grande vantagem é que os orégãos são muito usados para temperar a comida e são reconhecidos como seguros nos EUA. Portanto, esperamos que esse facto possa diminuir o risco de efeitos tóxicos graves".

Se o estudo continuar a produzir bons resultados, esta super especiaria pode representar uma terapia muito promissora para quem sofre de cancro na próstata, complementou a professora da LIU, durante a apresentação da investigação na Experimental Biology 2012.

Imagem e texto transcritos de Sempre Jovens

quinta-feira, 5 de julho de 2012

Chia, uma semente que elimina gordura


A CHIA é uma semente originária do México, riquíssima em ómega 3, o que a torna um bom aliado protector do coração e do cérebro. O ómega 3 tem acção benéfica em problemas cardiovasculares, estados depressivos, inflamação, doenças auto-imunes, diabetes mellitus, triglicerídeos,osteoporose entre outros.

E como são isentas de glúten, são uma excelente opção também para celíacos.

COMPOSIÇÃO
As sementes de chia são ricas em antioxidantes, cálcio, ferro, fósforo, selénio, potássio e magnésio. São ainda uma boa fonte de proteínas, apresentando todos os aminoácidos essenciais, e de fibras solúveis e insolúveis.

Análise nutricional (por 100g):
Energia: 2471 KJ / 595 Kcal
Proteínas: 16g
Hidratos de carbono: 44g
Lípidos: 31g


Ela possui:
8 vezes mais ómega 3 do que o salmão
12 vezes o próprio peso: é o que ela absorve de água
3 vezes mais ferro do que os espinafres
6 vezes mais cálcio do que o leite integral
15 vezes mais magnésio do que os brócolos
2 vezes mais potássio do que a banana

BENEFÍCIOS:

Saciedade: possuem sementes mucilaginosas, ou seja, ricas em fibras que formam um gel pectinoso incolor ao entrarem em contacto com a água, tornando a digestão torna-se mais lenta e causando saciedade.
Reduz colesterol: devido a acção das fibras sobre o colesterol exógeno ( da dieta).
Combate inflamação:  a gordura excessiva causa um processo inflamatório no organismo, onde agem liberando citocinas inflamatórias agravando ainda mais a inflamação, com isso o organismo deixa de enviar mensagens de saciedade ao cérebro. A partir daí o individuo começa a apresentar uma fome descontrolada. O ómega 3 presente  na chia, na linhaça e no óleo de peixe combate essa inflamação, auxiliando na perda de peso.
Auxilia na formação óssea: devido a presença de cálcio
Auxilia na imunidade: devido a presença de vitaminas e ómega 3
Desintoxica: a fibra auxilia na regulação do trânsito intestinal, eliminando as toxinas por meio das fezes.
Controla a glicemia: devido a fibra e a acção do ómega 3 sobre a resistência insulínica
Auxilia no controle da azia: Ajuda a absorver o excesso de ácido. Para isso é necessário consumir 1 colher de chá de sementes de chia dissolvidas durante alguns minutos num pouco de água.
Auxilia no controle da pressão arterial: devido a sua composição de minerais.

COMO CONSUMIR
Para consumir as sementes basta misturá-las, inteiras ou moídas, em muesli, iogurtes, saladas, batidos, sopa, pratos de massa ou água.
Moídas podem substituir uma quantidade da farinha em receitas de pão, biscoitos ou bolos.
Pode ainda misturar uma colher de sopa de sementes a 250 ml de água (aumentam cerca de 9 vezes o seu volume), deixar repousar uns minutos e beber simples, misturado com sumo de limão ou com batidos de frutas.
Pode também usar as sementes dissolvidas em água em algumas receitas como substituto do ovo.
As sementes de chia, ao contrário das de linhaça, não precisam ser cozidas ou moídas para se usufruir dos seus nutrientes, pois são facilmente digeridas.

Fonte: http://www.asuanutricionista.com/2011/10/chia-uma-semente-que-elimina-gordura.html

quarta-feira, 4 de julho de 2012

Hipermercados com bens essenciais a "preço justo"


A Assistência Médica Internacional (AMI) lança esta terça-feira a primeira marca nacional de solidariedade - a SOS Pobreza - que englobará um total de 30 bens essenciais vendidos a "preço justo" em 52 hipermercados do país e cujas receitas serão aplicadas na luta contra a pobreza.
 
Hipermercados com bens essenciais a "preço justo"
De acordo com Fernando Nobre, presidente da organização humanitária, o objectivo da campanha é "ajudar a combater a pobreza que existe entre nós", tendo esta sido desenvolvida "a pensar nos que têm verdadeiras necessidades".
 
"Conseguimos congregar a vontade de nove produtores nacionais, entre eles algumas cooperativas, e de quatro distribuidores nacionais (Jumbo, Pingo Doce, E-leclerc e Continente), que disponibilizaram 52 grandes superfícies em 44 localidades do país", conta o responsável.
 
Assim, vão ser colocados nos hipermercados 30 produtos de primeira necessidade a "preço justo" que vão desde o arroz à farinha, óleo, azeite, água, sumos, fruta, legumes e papel higiénico. "São produtos a preço justo porque é uma campanha apoiada por produtores nacionais, porque entendemos que também merecem a sua sustentabilidade", salienta Fernando Nobre.
 
O presidente afirma que a AMI espera que a campanha tenha "o maior sucesso" já que permitirá às pessoas "comprarem produtos básicos, essenciais, a um preço muito acessível". As receitas angariadas reverterão totalmente para os 17 projectos sociais da associação espalhados pelo país como os centros Porta Amiga, os abrigos, as residências sociais e as equipas de rua.
 
Cada vez mais pedidos de ajuda
 
Fernando Nobre revela que a AMI registou, este ano, um aumento de 10% na afluência aos seus equipamentos sociais face ao período homólogo de 2011. "A pressão está a ser muito grande", admite, frisando que tem sido feito um "esforço colossal numa altura em que os donativos estão em queda".
 
Nos primeiros seis meses do ano, os pedidos de ajuda mais frequentes foram por alimentos (57%), apoio social (54%) e roupas (42%). A maioria das pessoas que recorreram à associação estava em idade activa, sendo sobretudo cidadãos portugueses e com baixas habilitações literárias.
 
 
fonte: Boas Notícias

terça-feira, 3 de julho de 2012

SOU TEU FÍGADO




Olá ! Sou teu fígado !
Permite que eu me apresente!
Como podes gostar e cuidar de mim, se não me conheces?


segunda-feira, 2 de julho de 2012

Café reduz cancro da pele

Consumo de café reduz risco de cancro de pele
Ionline. Por Agência Lusa, publicado em 2 Jul 2012 - 10:00

O aumento do consumo de café reduz o risco de desenvolver a forma mais comum de cancro de pele, o carcinoma basocelular, indica um estudo hoje publicado no jornal 'Cancer Research', da associação norte-americana de pesquisa da doença.

"A nossa investigação indica que quanto mais chávenas de café com cafeína se consumir, menor é o risco de desenvolver cancro na pele", referiu o professor da Escola de Medicina e da Escola de Saúde Pública de Harvard Jiali Han.

"Não recomendo o aumento da ingestão de café apenas com base nestes dados", ressalvou o investigador, acrescentando, no entanto, que "os resultados [do estudo] colocam o carcinoma basal numa lista de doenças cujo risco é diminuído quando o consumo de café é aumentado".

Esta lista inclui doenças como o diabetes tipo 2 e Parkinson.

O carcinoma basocelular é a forma de mais comum de cancro de pele e, embora se desenvolva lentamente, tem uma taxa de mortalidade elevada, representando um custo pesado nos sistemas de cuidados de saúde.

"Tendo em conta o grande número de novos casos diagnosticados, algumas mudanças diárias na dieta podem ter um impacto na saúde pública", defendeu Jiali Han.

Imagem de arquivo