Bem Vindos !

Quando era criança, na minha aldeia, ouvia com frequência a expressão dos mais simples objectivos das pessoas «haja pão e coza o forno». Realmente, havendo «saúde e alimentação», tudo acaba por ser resolvido. Decidi, por isso, guardar neste espaço, tudo o que estiver guardado nos blogs a que tenho acesso e o que venha a obter sobre este tema, com a convicção de que a saúde depende muito da alimentação e do estado de espírito. (A.João Soares)

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Gota, o que é


Hoje ao ler um comentário de uma nossa colega, fiquei a pensar nesta doença e quão pouco sabia dela.
Depois de alguma pesquisa encontrei algumas respostas, o Google é muito nosso amigo.

Primeiro e em termos muito gerais, descobri que Gota é uma doença caracterizada pela elevação de ácido úrico no sangue e que se desenvolve pela ausência congénita de um mecanismo enzimático que excreta ácido úrico pelos rins. Não havendo eliminação adequada, aumenta naturalmente a concentração no sangue.

Há outras razões para se sofrer de gota, mas nenhuma delas se prende com o facto da pessoa em questão beber ou ter bebido álcool, como erradamente muita gente associa.

Recomenda-se uma dieta onde se restringe a ingestão de bebidas alcoólicas e se evita o jejum prolongado.

O controlo ideal da dieta deve ser feito com nutricionista. Alguns pacientes conseguem controlar o ácido úrico somente com dieta. Certamente, o defeito enzimático é menor. O grande segredo da dieta é abandonar os alimentos proibidos e não fazer ingestão excessiva em curto espaço de tempo de alimentos controlados e bebidas alcoólicas.

Para mais informações deixo o link de onde fiz o meu resumo - abcdasaude

Publicado em Sempre Jovens por Fernanda Ferreira

1 comentário:

A. João Soares disse...

A Gota, doença que tem crises dolorosas nas articulações corresponde ao aumento de ácido úrico no sangue.
O site http://www.abcdasaude.com.br/artigo.php?368 diz entre outras coisas que:
«A gota secundária deve-se a factores predisponentes como: Álcool, trauma, dieta hipercalórica, drogas que provocam grande destruição celular, uso abusivo de aspirina e diuréticos.»
A dieta é fundamental, devendo evitar-se, de certo modo, a carne vermelha, mariscos e outros alimentos com muitas calorias.