Bem Vindos !

Quando era criança, na minha aldeia, ouvia com frequência a expressão dos mais simples objectivos das pessoas «haja pão e coza o forno». Realmente, havendo «saúde e alimentação», tudo acaba por ser resolvido. Decidi, por isso, guardar neste espaço, tudo o que estiver guardado nos blogs a que tenho acesso e o que venha a obter sobre este tema, com a convicção de que a saúde depende muito da alimentação e do estado de espírito. (A.João Soares)

segunda-feira, 20 de abril de 2015

SUMO DE LIMÃO COM BICARBONATO DE SÓDIO - PRODUTO MILAGROSO


Tomar limonada como água todos os dias tem efeitos muito benéficos para a saúde e, se lhe for acrescentada uma colher de bicarbonato de sódio, os efeitos são muito ampliados como se verá mais adiante.
O limão com o bicarbonato constitui um produto milagroso e de sabor agradável. E não produz os efeitos terríveis da quimioterapia.
Todas as partes do limoeiro têm utilidade para a saúde. A polpa do limão pode ser consumida directamente ou ser usada para fazer bebidas, sorvetes, doces, etc.

O interesse do limão é devido aos seus fortes efeitos contra o cancro de todos os tipos e o bicarbonato de sódio vai mudar o Ph do organismo. Alguns entendidos afirmam que é de grande utilidade para evitar e combater todas as formas de cancro.
É considerado também como um agente anti-microbiano de amplo espectro, contra infecções bacterianas e fungos que vivem em lugares ácidos.

E acrescentando bicarbonato de sódio à limonada, altera-se o Ph do organismo, e é eficaz contra parasitas internos e vermes, regula a pressão arterial elevada e é anti-depressivo, combate a tensão e os distúrbios nervosos.

Informação de fonte credível garante que este produto:

1. Destrói as células malignas em 12 tipos de cancros, incluindo o do cólon, da mama, da próstata, do pulmão, do pâncreas…

2. Os compostos do limão podem actuar 10.000 vezes melhor, retardando o crescimento das células cancerosas, do que a adriamicina, uma droga quimioterápica normalmente utilizada em todo o mundo.

3. E o que é ainda mais surpreendente, este tipo de terapia, com extracto de limão e bicarbonato de sódio, destrói apenas as células malignas do cancro e não afecta as células saudáveis.

QUINZE SINTOMAS DE CANCRO POUCO ATENDIDOS

Transcrição:

Quinze sintomas de cancro que os portugueses ignoram 
Publicado Ionline em 20 Abr 2015 - 11:00 Por Marta F. Reis

1. Perda de peso e de apetite

Em tumores que não dão numa fase inicial sintomas específicos – como alguns tipos de cancro do pâncreas ou do pulmão, – a perda de peso e de apetite são dos primeiros aspectos que podem levar a um diagnóstico e por isso toda a sensibilização é pouca. Geralmente estão associados a fases mais avançadas mas o facto de nem toda a gente ter noção disso leva a demora nas queixas, o que compromete ainda mais a rapidez do diagnóstico. Ana Joaquim, especialista em tumores gástricos no Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia/Espinho, admite que nem toda a gente vigia o peso, mas é importante conseguir avaliar a percentagem perdida. Se uma pessoa não está a fazer uma dieta ou exercício e perde 10% do seu peso em dois meses – o equivalente a 10 quilos quando se pesa 80 – deve ir ao médico.

2. Fadiga

Em situações de cansaço arrastado e sonolência, também não deve perder muito tempo a ir ao médico. A fadiga pode ter muitas causas, até psicológicas. Se a razão for uma anemia deve investigar-se a causa, explica Ana Joaquim. Pode resultar de doenças benignas ou lacunas na alimentação, mas é um sintoma bastante comum de cancro do estômago que nem sempre as pessoas valorizam. “O cancro do estômago muitas vezes surge em úlceras ou cria ele próprio úlceras e pode haver perdas de sangue que não são evidentes mas causam anemia”, explica a médica. “Por vezes os doentes vão a uma urgência porque estão muito brancas e cansadas mas depois demoram a ir ao médico para fazer o resto do diagnóstico.” Além de ser comum nos tumores gástricos, a anemia surge também em tumores do intestino ou do sangue, podendo ser causada por défices na produção células vermelhas ou um excesso de destruição, nas tais perdas que podem passar despercebidas.

3. Alterações do trânsito intestinal

Muitas vezes associam-se ao stresse ou ao que se come, mas se houver alterações persistentes devem ser valorizadas, adverte Gabriela Sousa. A médica do IPO de Coimbra insiste que no cancro é particularmente relevante a alternância entre prisão de ventre e diarreia. Paula Jacinto, especialista nesta área também no IPO de Coimbra, explica que os tumores do intestino tendem a dar diferentes sintomas, já que as fezes quando passam do intestino delgado para o grosso (cólon) estão líquidas e só depois vão solidificando. Assim, a obstrução é mais expectável quando se trata de uma lesão do lado esquerdo do cólon. Em caso de suspeita, é crucial fazer uma colonoscopia, exame que também deve ser feito a partir dos 50 anos como rastreio. “Muitas vezes as pessoas não o fazem por receio da dor, mas como anestesia foi comparticipada creio que haverá melhorias”, diz a médica.

4. Sangue nas fezes

É um sintoma comum nos tumores gástricos, do intestino e do recto que as pessoas até valorizam. Mas pode assumir diferentes formas e os doentes nem sempre estão sensibilizados para isso, explica a médica Paula Jacinto. As partículas podem ser tão pequenas que não são visíveis, daí a importância da análise ao sangue oculto nas fezes. Depois pode haver sangue vermelho vivo, que se nota quando a pessoa se limpa ou na sanita e geralmente resulta de uma lesão no recto ou parte terminal do cólon. Mas o que mais passa despercebido é o sangue escuro, que dá uma tonalidade quase negra às fezes, por vezes cor de vinho do Porto. Nesses casos poderá estar-se diante de um tumor do estômago ou da parte superior do intestino delgado, já que essa cor significa que o sangue foi digerido. A médica alerta ainda assim que, mesmo em situações em que os doentes se aperceberam do sangue, chegam a demorar seis meses a um ano a dirigir-se ao médico, por vezes por acharem que está ligado a hemorróidas. Sempre que surgir deve ser avaliado.

5. Fezes brancas e urina escura

O cancro do pâncreas é um dos tumores mais silenciosos numa fase inicial. Há dois tipos de doença, quando o tumor está na cauda do pâncreas ou na cabeça. Se no primeiro não há sintomas específicos, no segundo há sinais que poderão ser valorizados cedo, o que nem sempre acontece, explica Ana Joaquim. Dada a localização, próxima do duodeno e vias biliares, o tumor da cabeça do pâncreas pode provocar obstrução e causar dor abdominal e icterícia (como a bílis não passa, acumula-se na pele e dá-lhe um tom amarelado). Geralmente, estes sintomas surgem em conjunto com outros dois também ligados à obstrução: ausência de cor nas fezes, que surgem com uma tonalidade esbranquiçada, e urina de cor muito escura. São sintomas que podem resultar também de doenças benignas como pedra na vesícula mas devem ser logo comunicados ao médico.

6. Tosse que não passa

O tumor do pulmão é outro cancro em que os primeiros sintomas são pouco específicos. Ainda assim, em alguns tipos são afectadas estruturas centrais do órgão e surgem sinais que, se forem valorizados, podem traduzir-se num diagnóstico mais atempado. Nuno Bonito, especialista do IPO de Coimbra, explica que muitas vezes os doentes só ficam preocupados ao notar sangue na expectoração quando devia bastar uma tosse seca e irritativa que não passa para irem ao médico. O médico alerta que os doentes fumadores ou com historial de cancro na família valorizam o sintoma, mas os outros nem sempre.

7. Uma afta que não cicatriza

No caso dos cancros da cabeça e pescoço, é um dos sintomas que menos se valoriza e pode permitir um diagnóstico precoce ou até identificar lesões pré-cancerígenas, alerta José Dinis, oncologista no IPO do Porto. Uma afta na língua ou qualquer ferida, lábio ou bochecha que não passe ao fim de dez dias deve ser vista. Outro sintoma importante no caso do cancro da laringe é a rouquidão persistente, que caso ultrapasse os 15 dias deve motivar uma ida ao médico. O risco de cancro da cavidade oral ou da faringe é maior nos fumadores e pessoas que bebem álcool mas pode surgir em qualquer idade e em qualquer pessoa.

8. Líquido no mamilo

Se em alguma área existe uma grande sensibilização é no cancro da mama. Mas mesmo assim, há lacunas que poderão ser importantes em alguns casos, diz a médica Isabel Augusto, especialista nesta área no Hospital de S. João. Se a maioria das mulheres está desperta para a importância de vigiar nódulos/caroços na mama e axila, alterações na forma, vermelhidão e calor ou alterações na pele da mama (como casca de laranja), há sintomas que nem sempre são associados à doença. É o caso de líquido no mamilo (uma escorrência ou secreção) ou a inversão do mesmo. A médica sublinha que mesmo em mulheres que estiveram recentemente a amamentar, as secreções não devem ser desvalorizadas. “Se surgirem passados seis meses do fim da amamentação devem ser observadas”, recomenda. O líquido não tem um aspecto específico. Pode ser sanguinolento ou incolor.

9. Sempre no WC

Ao contrário das mulheres, os homens desvalorizam muitas vezes os sintomas do cancro que mais os afecta – os tumores da próstata. Isso acontece por falta de informação mas também porque estão sempre a tentar justificar tudo sem pensar em doenças, diz Isabel Augusto. Quando há dor, sangue na urina ou no sémen ou ardência até procuram o médico. Mas um dos sintomas a que menos dão importância é passarem a ter necessidade de urinar frequentemente. “É a típica situação em que têm de voltar à casa de banho passados dez minutos e chegam a ir várias vezes por hora”, explica a médica. Outro sintoma de cancro da próstata em estados mais avançados nem sempre valorizado é a dor na região das ancas e zona inferior das costas, que pode resultar em metástases nos ossos.

10. Impotência

Neste caso há informação, mas muitas vezes é a vergonha que faz com que os homens cheguem tarde ao médico. Em vez de automedicar-se ou ir atrás de suplementos, deve procurar o médico de família para descobrir a causa da disfunção eréctil. Não significa necessariamente um tumor, mas outras doenças nomeadamente do foro cardiovascular também devem ser controladas.

11. Sensibilidade mamária nos homens

O cancro do testículo surge muitas vezes em homens jovens, que têm de estar mais sensibilizados para a necessidade de estarem atentos a alterações do tamanho e nódulos – e de fazerem por isso a palpação dos testículos uma vez por mês, de preferência no banho. Mas o aumento do volume mamário e mudanças na sensibilidade do peito devem também ser valorizados, avisa Isabel Augusto, já que podem resultar de alterações na testosterona. Perda de libido também pode ser sinal de cancro do testículo.

12. Incontinência urinária

O cancro da bexiga tem estado a aumentar em Portugal, algo associado ao consumo de tabaco. Isabel Augusto sublinha que o sangue na urina, um dos sintomas comuns, costuma ser valorizado. Já a incontinência, outro sintoma importante, muitas vezes é considerada algo normal para a idade e as pessoas começam a usar fralda sem marcar uma consulta. Dor e ardência urinária, urgência em urinar (por vezes sem se conseguir chegar a tempo ao WC) e sensação de esvaziamento incompleto são outros sintomas a ter em conta.

13. Dor pélvica

No tumores ginecológicos – útero (corpo e colo), ovário e vulva – geralmente um dos sintomas menos valorizados é a dor pélvica persistente. “Uma moinha que até pode melhorar mas depois volta”, diz Gabriela Sousa. As hemorragias fora menstruação ou após a menopausa levam mais facilmente ao médico. Nesta área, contudo, é essencial fazer o teste do Papanicolau, que permite despistar lesões pré-cancerígenas no colo do útero. Deve ser feito a partir dos 25 anos e, após dois exames negativos, é aconselhável de três em três anos.

14. Descamação na pele

Nos últimos anos tem aumentado a informação sobre cancro da pele, dos sinais de alerta a regras de ouro como reduzir a exposição ao sol. Paulo Cortes, oncologista em Santa Maria, insiste na mnemónica: ao analisar os sinais, deve seguir-se a regra ABCDE e valorizar os que são A (assimétricos), B (têm bordos irregulares), C (não têm uma cor uniforme), D (têm um diâmetro maior que 6mm) e E (evoluíram, mudando de forma e tamanho). Mas dentro dos cancros da pele, o especialista admite que há algo para o qual os doentes estão menos despertos. Se o melanoma é o tipo de cancro da pele com pior prognostico e é detectado em sinais, o cancro da pele mais frequente é o chamado carcinoma basocelular e não aparece em sinais. Por isso também é preciso estar atento a pequenas feridas na pele, como se fossem frieiras, e descamações. São habituais no nariz e orelhas e podem passar mas depois regressam, devendo ser observadas por um médico. Manchas associadas à exposição ao sol em que a pele fique mais rugosa merecem o mesmo cuidado.

15. Gengivite

Nos cancros do sangue, como leucemias, a população está desperta para a importância de avaliar gânglios inchados e hematomas mas há outros sinais a valorizar. É o caso de gengivites, um sintoma comum num subtipo de leucemia aguda, e infecções recorrentes.

sábado, 18 de abril de 2015

Contra dores nas articulações - Finitro Forte Plus

Finitro Forte Plus

Revelação Na construção, produção e manutenção da cartilagem e para manter as articulações flexíveis. Finitro Forte Plus apresenta resultados espantosos para pessoas com artrite reumatóide e outras dores nas articulações. Em todo o mundo, o Finitro Forte Plus é considerado como sendo a cura. Finitro Forte Plus com Colagénio Tipo II.

Porquê Finitro Forte Plus?

Actualmente Finitro Forte Plus é o remédio mais eficaz para as doenças reumáticas e outras dores crónicas no mercado internacional. Finitro Forte Plus é o único tratamento que além de conter glucosamina e condroitina também contém o não desnaturado Colagénio Tipo II.
Este tipo de Colagénio é conhecido por inibir a resposta auto-imune que reduz significativamente a artrite em pessoas com artrite reumatóide. Finitro Forte Plus também contém HSH e ervas como Harpagophytum, Boswellia, e Phellondendron Urtica Dioica com um potente efeito anti-inflamatório, em que a maioria das pessoas com dores nas articulações sentem melhorias já dentro de alguns dias.

Conclusão dos resultados da investigação independente

• Após 2 semanas vai sentir menos dor.
• Após 4 semanas, dificilmente vai sentir dor nas articulações. A cartilagem começa-se a reconstruir e vai sentir uma ligeira melhoria com a lubrificação das articulações.
• Depois de 8 semanas, a dor nas articulações desaparece. A cartilagem está a ser construída e já existe mais lubrificação nas articulações.
• Após 12 semanas, não só não têm, mais dor, mas também as suas articulações proporcionam-lhe o movimento muito mais suave. A construção da cartilagem e lubrificação da articulação são agora óptimas.
• Actualmente está a ser um sucesso - Com o uso contínuo de Finitro Forte Plus, a recuperação da cartilagem proporciona uma vida melhor, sem dor.

Modo de usar:

• Tomar com agua 2 comprimidos 2 vezes por dia durante a refeição.
• Você pode usar Finitro perdurável, tomando em consideração a dosagem diária.
• Finitro não deve ser usado em caso de alergia de mariscos, durante a gravidez e a aleitação.

Etiqueta de qualidade:

• Finitro é produzido (certificação ISO 22000) num dos mais respeitados laboratórios da europa.
• Um equipe de médicos especialistas está continuo implicado no desenvolvimento e a vigia de qualidade.
• Finitro Forte Plus para uma vida sem dor, flexível e em boa condição física.

quinta-feira, 16 de abril de 2015

ANSIEDADE. COMO A ENCARAR


5 maneiras para combater a ansiedade
Jornal SOL 14/04/2015

Estar numa situação de ansiedade é quase insuportável. O coração começa a bater muito depressa, as mãos começam a suar, deixamos de nos conseguir concentrar. E a única coisa em que pensamos é na melhor maneira de saírmos daquela situação. Melanie Greenberg, psicóloga com mais de 15 anos de experiência, deu várias técnicas aos seus pacientes para os ajudar a lidar com ataques de pânico e de ansiedade. Aqui ficam alguns conselhos:

1. Está mesmo “sob ameaça”?

Quando estamos num estado de ansiedade, temos a sensação que estamos sob perigo eminente. Porém, na maioria dos casos, o pior cenário que imaginámos na nossa cabeça nunca chega a acontecer. Comece a tomar nota dos seus receios e daqueles que efectivamente se concretizaram. Vai ver que a maioria nunca aconteceu.

2. Não, não é uma catástrofe

Mesmo que algo de mau aconteça, acredite em si e na sua capacidade para lidar com os problemas. E mesmo que se sinta totalmente perdido, peça ajuda a outras pessoas que estão à sua volta. Lembre-se que são poucas as coisas na vida que não têm solução.

3. Respire

Pode achar que não faz efeito, mas experimente respirar fundo e relaxar os músculos. Comece a praticar quando não se sente em pânico e vai ver que, em situações de crise, vai começar este exercício automaticamente.

4. Aceite os seus receios

Aceite os seus receios e pensamentos negativos como algo que faz parte da sua vida. Não procure reprimir esses pensamentos ou controlá-los. Opte antes por se concentrar naquilo que tem para fazer no dia-a-dia, para tentar viver uma vida sem medos.

5. Enfrente os seus medos

Se está numa situação em que se sente em pânico, faça os possíveis para enfrentar os seus medos. Claro que é mais fácil falar, ou pensar, do que efectivamente fazê-lo. O medo faz-nos evitar ou fugir de determinadas situações, portanto raramente nos apercebemos se aquilo que receamos é verdadeiro.<

QUIABOS ELIMINAM DIABETES




Corte as pontas e o fundo de 2 quiabos, coloque num copo com água e deixe ficar até ao dia seguinte. No dia seguinte retire os quiabos e beba a água. Diabetes vai sumir e deixará de precisar das suas injecções.

Testado em seres humanos, os resultados, foram, milagrosos! Uma diabética experimentou e disse que a glicemia baixou de 300 (!) para 150. Outro, disse que ela caiu de 195 para 94 – e ainda disse que a água de quiabo «faz o papel da insulina», e muito bem feito. A Natureza dá remédio para tudo!. Partilhe e, com certeza, ajudará a muitos doentes!!!...

segunda-feira, 13 de abril de 2015

TERAPIA DO ELOGIO

Recebido por e-mail, sem indicação de autor:

 Os terapeutas que trabalham com famílias, divulgaram numa recente pesquisa, que os membros das famílias estão cada vez mais frios, mais distantes, o carinho é cada vez menor, não se valorizam as qualidades, facilmente se ouvem críticas.

As pessoas estão cada vez mais intolerantes e desgastam-se na valorização dos defeitos dos outros.
Por isso, as relações de hoje não duram.



A ausência de elogio está cada vez mais presente nas famílias. Não vemos mais os homens a elogiar as suas mulheres ou vice-versa, não vemos os chefes a elogiar o trabalho de seus subordinados, não vemos mais pais e filhos a elogiar-se; etc.



Só vemos futilidades: valorizam-se artistas, cantores, jogadores, pessoas que usam a imagem para ganhar dinheiro e que, por consequência, são pessoas que tem a obrigação de cuidar do corpo, do rosto, das aparências.



A ausência de elogio afecta muito as pessoas e as famílias. Há falta de diálogo nos lares. O orgulho e a agitação da vida impede que as pessoas digam o que sentem.

Depois despejam-se essas carências nos consultórios.

Acabam-se casamentos, alguns procurando noutra pessoa o que não conseguem dentro de casa.


 Vamos começar a valorizar as nossas famílias, os nossos amigos, alunos ou subordinados.

Vamos elogiar o bom profissional, a boa atitude, a ética, a beleza do parceiro ou parceira, o comportamento de nossos filhos.

O bom profissional gosta de ser reconhecido, o bom filho fica feliz por ser louvado, o pai e a boa mãe sentem-se bem ao serem amados e amparados.
O amigo quer sentir-se querido

Vivemos numa sociedade em que cada um precisa do outro; é impossível uma pessoa viver sozinha e sentir-se feliz. Os elogios são forte motivação na vida de cada um.


Quantas pessoas posso fazer hoje feliz elogiando-as de alguma forma? Começa agora!



És uma excelente pessoa!
Desejo-te um dia feliz!

segunda-feira, 6 de abril de 2015

BENEFÍCIOS DE DORMIR SOBRE O LADO ESQUERDO DO CORPO


Sobre que lado do corpo você tem o hábito de dormir? Direito ou esquerdo? Ou você é mais uma das pessoas que prefere dormir de barriga para cima? Especialistas advertem que o melhor lado para dormir é o esquerdo. A seguir, confira nosso artigo e descubra o porquê.

5 benefícios de dormir do lado esquerdo do corpo

Pode ser que o título desse artigo te surpreenda. Talvez você seja uma pessoa que, até o momento, não havia parado para pensar no fato de que dormir em determinada posição pode ser mais ou menos benéfico para nosso corpo. Mas, ao que parece esse detalhe tem sim sua importância.

A realidade é que a medicina oriental já nos dizia a muito tempo que todos deveríamos dormir sobre o lado esquerdo do corpo. Um estudo recente publicado no The Journal of Flinical Gastroenterology demonstrou através de princípios simples, dimensões que o doutor John Doulliard os explica para que entendamos melhor essa questão.

Nesse espaço, faremos um pequeno resume desse estudo para que o coloquemos em prática, e temos certeza que te convencerá.

1. Favorece a drenagem linfática

O doutor Doulliard explica que dormir do lado esquerdo é agir da forma natural. Essa parte é o lado dominante doSistema linfático é por esse lado que ocorrem drenagens, por onde a linfa transporta elementos importantes como as proteínas, glicose, metabolitos e elementos que devem ser filtrados pelos nódulos linfáticos e que devem ser conduzidos pela parte esquerda.
Assim, lembre-se que o primeiro princípio é precisamente devido ao nosso sistema linfático, que se beneficiará ao dormirmos desse lado.

2. Por razões anatómicas

Pode ser que agora você não se lembre, mas tanto o estômago quanto o Pâncreas situam-se do lado esquerdo do corpo. Se nos posicionamos desse lado para dormir favorecemos uma melhor digestão. Esse é um modo de canalizar melhor os sucos gástricos, também ajudando as enzimas pancreáticas a serem secretadas com facilidade. Tudo isso ocorre lentamente, e não de uma vez como, por exemplo, costuma ocorrer quando dormimos sobre a parte direita.

3. Para o bem-estar do coração

Surpreso (a)? Provavelmente sim. Esse estudo nos explica que mais de 80% do Coração encontra-se do lado esquerdo do corpo e que por meio do simples ato de dormir do lado esquerdo, favorecemos a saúde desse órgão de um modo simples e natural. Além disso, como já mencionamos, o sistema linfático faz a drenagem mais facilmente nessa posição.
Outro ponto a considerar é que a aorta sai do coração tomando uma forma arqueada para o lado esquerdo para chegar ao abdômen. Se dormirmos do lado esquerdo o coração bombeará o sangue de forma mais simples e eficaz, impulsionando-o mais facilmente. Anote!

4. Você costuma cochilar depois do almoço?

Se você costuma cochilar um pouco depois do almoço, principalmente quando come muito, então não se esqueça de fazer isso optando sempre por se deitar sob seu lado esquerdo. Dessa forma estará favorecendo a digestão e levantará mais relaxado e menos cansado, sem dor no estômago. Prove e verá como cai bem essa soneca pós almoço optando pelo lado esquerdo.

5. Pela saúde do baço

O baço, como se lembrará, também fica do lado esquerdo do corpo. Esse órgão também é parte básica do sistema linfático, necessário para filtrar o sangue e para executar uma ótima função linfática. Se dormirmos na parte esquerda do corpo faremos com que nossos fluidos se dirijam até o baço de uma forma mais simples, favorecendo o sentido natural da gravidade em nosso corpo. A maior parte de nosso sistema linfático executa suas tarefas desse lado do corpo.
Logo, você já sabe, por questão de saúde é sempre mais recomendável dormir do lado esquerdo. Que tal tentar essa noite ..?

CINCO ALIMENTOS NOCIVOS AO CÉREBRO

Transcrição de notícia:

Cinco alimentos que destroem o seu cérebro
11:20 - 05 de Abril de 2015 | Por Notícias Ao Minuto

Investigadores analisaram três diferentes tipos de dieta e concluíram qual a melhor para evitar o aparecimento de alzheimer.

Tendo por base a doença de alzheimer, um conjunto de investigadores do Rush University Medical Centre em Chicago, nos Estados Unidos, estudou três diferentes dietas e concluíram que a melhor para prevenir o aparecimento da doença é uma combinação entre dois regimes alimentares diferentes.

De acordo com o Daily Mail, uma nova dieta a que os investigadores deram o nome de Intervenção Mediterrânea de Atraso Neurodegenerativo (MIND – mente em português) é o melhor regime alimentar no que à prevenção de alzheimer diz respeito.

A dieta foi desenvolvida pela equipa de investigadores liderada pelo professor Morris baseada em estudos sobre os efeitos que os mais diversos alimentos têm no cérebro.

Assim, a equipa concluiu que este regime alimentar, quando seguido à risca, reduz em 53% o risco de uma pessoa vir a desenvolver alzheimer. Se for seguido de forma moderada a redução deste risco desce para 35%.

A dieta MIND é uma combinação entre a dieta Mediterrânica e a dieta DASH (Abordagens Dietéticas para Parar a Hipertensão) que têm uma grande taxa de sucesso no que à redução do risco de ter pressão alta, sofrer um ataque cardíaco ou um AVC diz respeito.

De acordo com os investigadores existem cinco alimentos que deve evitar para não comprometer a saúde do seu cérebro: carne vermelha, manteiga, doces/bolachas, queijo e fast food.