Bem Vindos !

Quando era criança, na minha aldeia, ouvia com frequência a expressão dos mais simples objectivos das pessoas «haja pão e coza o forno». Realmente, havendo «saúde e alimentação», tudo acaba por ser resolvido. Decidi, por isso, guardar neste espaço, tudo o que estiver guardado nos blogs a que tenho acesso e o que venha a obter sobre este tema, com a convicção de que a saúde depende muito da alimentação e do estado de espírito. (A.João Soares)

domingo, 20 de dezembro de 2015

SAÚDE. BOAS NOTÍCIAS CHEGAM DE ISRAEL

Transcrição de texto recebido por e-mail em 20-12-2015

Numa época em que as notícias ruins predominam, veja algumas boas notícias chegadas de Israel.

Nestes tempos em que estão sendo comemoradas as conquistas do povo de Israel, nos seus curtos 66 anos de vida independente, vale relacionar este decálogo de conquistas científicas que beneficiarão, não somente os israelitas, mas a toda HUMANIDADE.

1 - A Universidade de Tel Aviv está perto de alcançar uma vacina nasal que proteja tanto da doença de Alzheimer quanto dos derrames. As primeiras experiências são muito encorajadoras.

2 - O Technion de Haifa, instituto dedicado à pesquisa de tecnologia médica, desenvolveu um teste de sangue simples que pode detectar várias doenças (incluindo câncer).

3 - O Centro Ichilov de Tel Aviv isolou uma proteína que vai substituir a colonoscopia na detecção do câncer de cólon. Basta um simples exame de sangue. O câncer do cólon mata cerca de 500.000 pessoas por ano.
Muitas dessas mortes podem ser evitadas se detectadas a tempo.

4) A acne não mata ninguém, mas gera grande ansiedade e insatisfação a milhão de adolescentes. O laboratório CureLight criou uma maneira de curá-la, emitindo raios ultravioleta de alta intensidade sobre as bactérias que produzem acne, sem causar mais complicações.

5 - O laboratório Given Imaging desenvolveu uma pequena câmara na forma de comprimidos que são engolidos e passam milhares de fotos do aparelho digestivo. Estas imagens, de alta qualidade (dois porsegundo, durante oito horas), podem detectar pólipos, câncer e fontes de sangramento. Elas são enviados a um chip que armazena e, em seguida, descarregadas em um computador para o médico examinar. O paciente expele a câmara através do recto.

6 - A Universidade Hebraica desenvolveu um estimulador eléctrico por baterias que são implantados no peito dos pacientes com Parkinson, bem como marcapassos. As emissões destes sinais nervosos bloqueiam as unidades que causam os tremores.

7 - O odor da respiração de um paciente pode ser usado para detectar se ele tem câncer de pulmão. O Instituto de Nanotecnologia Russell Berrie criou sensores capazes de perceber e registar 42 biomarcadores que indicam a presença de câncer de pulmão sem a necessidade das invasivas biópsias.

8 - É possível fazer sem cateterismo, em muitos casos, exames que visam clarificar o estado das artérias coronárias. O EndoPAT é um dispositivo colocado nas pontas dos dedos indicadores, que pode medir o estado das artérias e prever as chances de um ataque cardíaco ocorrer nos próximos sete anos.

9 - A Universidade Bar Ilan está estudando um novo medicamento para combater vírus transmitidos pelo sangue. Eles chamam a armadilha de Vecoy, que engana o vírus para alcançar a sua auto-destruição. É muito útil para combater a hepatite, o temido Ebola e AIDS.

10 - Os cientistas israelitas do Hadassah Medical Center podem ter curado o primeiro caso de esclerose lateral amiotrófica, conhecida como doença de Lou Gehrig. O tratamento foi desenvolvido com base em células-tronco e curou um rabino ortodoxo.

quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

Os Benefícios do Espinafre à Saúde


Todo mundo sabe que o espinafre é bom para a saúde - Popeye que o diga! Entretanto, enquanto o personagem usa o espinafre para ficar mais forte, você pode se surpreender ao descobrir que esse vegetal também pode ajudar a proteger contra problemas inflamatórios, ósseos, de pressão arterial e problemas relacionados ao estresse, entre outros.

O espinafre está no topo da lista de riqueza em nutrientes. Ele contém uma enorme quantidade de vitaminas, minerais e fitonutrientes que melhoram a saúde, tais como carotenoides (betacaroteno, luteína e zeaxantina) e flavonoides - e todos esses têm uma poderosa proteção antioxidante.
A composição do espinafre:
 Isto é o que uma xícara de espinafre irá fornecer:
839 miligramas de potássio (mais do que uma banana, que contém cerca de 539 mg).
Uma fantástica fonte de ferro (6,4 mg). A falta de ferro afeta a eficiência com a qual o seu corpo usa energia.
Uma grande fonte de magnésio (24 miligramas). Este nutriente é essencial para a metabolização da energia. O magnésio também mantém as funções muscular e nervosa, o ritmo cardíaco, a saúde do sistema imunológico e a pressão arterial.
Grandes quantidades de vitamina K, fibra, fósforo e tiamina.
Apenas 27 calorias.

Como selecionar e armazenar o espinafre
O espinafre deve ter folhas e caules de cor verde-escura forte, sem sinais de amarelamento. As folhas devem parecer frescas e não podem estar murchas e "machucadas". Folhas com um revestimento viscoso devem ser evitadas, pois isso indica que estão velhas. Para armazenar o espinafre, coloque-o em um saco plástico e feche bem, espremendo o ar para fora tanto quanto possível. Em seguida, coloque-o na geladeira e consuma no prazo de 5 dias. O espinafre cozido não deve ser armazenado, pois não irá manter suas propriedades nutricionais ou o sabor.

Os benefícios do espinafre à saúde 
Ajuda a combater a anemia: O espinafre é uma grande fonte de ferro - um mineral essencial na prevenção da anemia. Meia xícara de espinafre contém 3,2 mg de ferro, que corresponde a cerca de 20 por cento da necessidade diária das mulheres (que são mais suscetíveis a desenvolver anemia).
Ajuda a prevenir a asma: Estudos têm mostrado que pessoas que consomem grandes quantidades de certos nutrientes - incluindo o betacaroteno (um ótimo antioxidante) têm um menor risco de desenvolver asma. E o espinafre é uma excelente fonte de tal nutriente.
Ajuda a baixar a pressão arterial: Pesquisas mostram que uma dieta pobre em potássio pode descontrolar a pressão arterial, eleva-la, tanto quanto uma dieta rica em sódio. O espinafre contém níveis elevados de potássio, o que ajuda a contrabalancear os efeitos do sódio no corpo.
Promove a saúde óssea: O espinafre contém uma grande quantidade da vitamina K, benéfica para a manutenção da saúde óssea. O espinafre é também uma excelente fonte de nutrientes de apoio aos ossos, incluindo cálcio e magnésio.
Tem propriedades anticancerígenas: O espinafre contém altos níveis de conteúdo fitonutriente (incluindo flavonoides e carotenoides), que funcionam como agentes anti-inflamatórios e anticancerígenos. Aliás, estudos mostram que o espinafre pode abrandar a divisão celular em células cancerosas no estômago e reduzir o risco de câncer de pele.

É uma excelente fonte de nutrientes antioxidantes: Por ser uma excelente fonte de vitaminas C, E, A, manganês, zinco e selênio, o espinafre ajuda a diminuir o risco de numerosos problemas de saúde relacionados ao estresse oxidativo.

terça-feira, 15 de dezembro de 2015

RAIZES QUE NÃO DEVEM FALTAR NA SUA MESA




Devido ao seu desenvolvimento no solo, as raízes dos vegetais parecem absorver uma grande quantidade de nutrientes que a mãe-terra tem a oferecer. Por isso, recomenda-se às pessoas que desejam manter-se saudáveis, que estes alimentos tornem-se parte constante do cardápio.
Sugerimos que você comece com estes oito vegetais:
Inhame
Um dos alimentos com maior variedade (mais de 200 tipos), o inhame, com cores variando do branco ao  roxo, possui altos teores de vitamina B6 e potássio. Existem evidências que indicam que a essência do inhame contém uma substância química que serve como substituto do hormônio feminino estrogênio e melhora os sintomas da menopausa.  
Os chineses vêm usando inhame para manter-se saudáveis há muitos séculos.
Gengibre
O gengibre é a raiz de uma planta que a medicina chinesa vêm usando há mais de 2 mil anos. O gengibre oferece muitos benefícios em termos de saúde, incluindo auxílio à digestão, no tratamento da osteoporose, alívio de náuseas, auxiliar em tratamentos de doenças cardíacas e também valioso para combater gripes e dor de cabeça. O gengibre é, realmente, uma "super raiz".
Beterraba
A beterraba, com sua cor que lembra realeza, está carregada de coisas boas, sendo uma grande fonte de energia para o organismo. Contendo altes teores de sódio, magnésio, cálcio, ferro e fósforo, ela também é um alimento fibroso e com bastante vitaminas A, C e niacina. Uma maravilha, especialmente considerando que são baratas. Simplesmente, coloque-a na geladeira por algumas horas e você terá um excelente lanchinho para beliscar.
Rabanete
Os antigos gregos utilizavam muito o rabanete nos seus tratamentos de saúde. Rabanete contém bastante vitamina C e é muito bom para reduzir o teor de colesterol ruim (LDL).Também ajuda o sistema urinário e aumenta o suprimento de oxigênio na corrente sanguínea.
Funcho
Este vegetal com um sabor que lembra o aniz é um componente constante dos produtos de higiene bucal como creme dental, antiácidos, e antissépticos bucais. A razão disso é que o óleo do funcho contém muitas substâncias benéficas à saúde.
Além disso, o funcho serve como remédio natural para anemia, pois é rico em ferro. Ele também pode auxiliar na solução de problemas digestivos e respiratórios. Por todas essas razões, sugerimos a inclusão desta raiz no seu cardápio. 
Cenoura
Pesquisas conduzidas na Holanda recentemente mostraram que os vegetais de cor laranja ou amarela são os mais eficientes na prevenção de doenças cardiovasculares. Nesta categoria, destacou-se a cenoura.
Se essa não for uma razão boa o suficiente para você começar a comer cenouras imediatamente, saiba também que elas são cheias de antioxidantes e fazem maravilhas pelos seus olhos, pois têm beta-carotenos, que nosso corpo converte em vitamina A.
Há evidências indicando que cenouras podem ser muito boas para os pulmões.
Cebola
Sempre que você comer cebolas, tente descascá-las o mínimo possível, pois é exatamente na pele que encontra-se a maioria dos flavonoides, com seu grande benefício anti-inflamatório.
Informamos também que foi descoberto que o consumo de cebolas faz aumentar a densidade óssea, algo especialmente importante para pessoas adultas e idosas. O consumo de cebolas auxilia seu corpo a proteger-se das infecções, reduzindo também o risco de ocorrência de câncer de traqueia e boca.
Alho

Um buquê de alho talvez tenha um aroma incomum, mas é um ótimo presente, pois fornecerá a você uma incrível quantidade de benefícios à saúde. Livros inteiros já foram escritos sobre os benefícios do alho, e como ele é ótimo para o coração, excelente no combate a vírus, ajuda a prevenir câncer e ajuda no metabolismo. Também é um grande protetor do organismo contra doenças causadas por radicais livres que oxidam as células do nosso corpo.

sábado, 28 de novembro de 2015

EVITAR OU ADIAR A DOENÇA DE ALZHEIMER

10 Formas Naturais de Prevenir a Doença de Alzheimer

Embora possa existir uma predisposição genética para a Doença de Alzheimer, esta é uma doença para a qual pode existir prevenção. Uma alimentação pouco saudável que possua altos níveis de açúcares e gorduras, falta de exercício físico e mental, e um estilo de vido stressante são factores que normalmente estão na raiz do problema.



10 formas simples de prevenir a Doença de Alzheimer:

01 – Tenha uma alimentação rica em frutas e legumes. Foi demonstrado cientificamente que os alimentos que combatem Alzheimer são mirtilos, vegetais de folha verde, como bróculos ou espinafres e maçãs.

02 – Insira na sua alimentação óleos vegetais ricos em Ómega 3, incluindo sementes de canhâmo e de linho. Pode também ingerir óleo de peixe, mas certifique-se quanto à fonte e nutrientes, já que muitos peixes possuem toxicidade de mercúrio, que pode causar Alzheimer.

03 – Certifique-se que está a incluir na sua alimentação uma quantidade suficiente de antioxidantes. Como foi já mencionado, comer frutas e legumes é uma das melhores maneiras de combater os radicais livres. O chocolate, chá verde, vitamina E e vitamina C são outros antioxidantes que podem desempenhar um importante papel contra a doença de Alzheimer.

04 – Um novo estudo de uma equipa de investigadores do Instituto para a Estudo Biológico de Salk demonstrou que um tipo específico de antioxidantes presente nos morangos pode auxiliar a memória e proteger o cérebro do desenvolvimento de Alzheimer.

05 – Um novo estudo do Instituto Karolinska de Estocolmo provou que as diabetes aumentam gradualmente o risco do desenvolvimento de Alzheimer. As diabetes estão associadas a altos níveis de açúcar no sangue.

06 – Um novo estudo demonstrou que uma pessoa com colesterol alto, alta pressão sanguínea e obesidade tem muito mais possibilidades (+ 600%) de perder funções cerebrais e ser-lhe diagnosticado Alzheimer do que pessoas que mantenha um peso equilibrado e que mantenha uma alimentação saudável.

07 – O pigmento na curcuma que atribui ao caril a sua cor amarela pode também ajudar a quebrar as “placas” que marcam o cérebro de doentes com Alzheimer, sugererm as últimas pesquisas.

08 – Evite o mercúrio. Como foi já mencionado, muito peixes estão contaminados com mercúrio, por isso pesquise quais os peixes que são seguros e livres de mercúrio. Por vezes, as vacinas são outra causa da toxicidade por mercúrio.

09 – Desafie a sua mente todos os dias. As pesquisas sugerem que a estimulação mental, falar duas línguas, viajar, puzzles, e aprender a tocar um instrumento são boas formas de combater a senilidade precoce e Alzheimer. Aprenda algo novo todos os dias, mesmo que seja um número de telefone ou uma palavra.

10 – Regule o stress. Está provado que o stress corrói a mente e o corpo, produzindo uma hormona que prejudica o cérebro. A meditação, yoga, arte ou jardinagem são apenas algumas das formas de gerir o stress.

segunda-feira, 16 de novembro de 2015

SARNA. ALGUMA INFORMAÇÃO


O que é Sarna?

A escabiose, também conhecida como sarna, é uma doença de pele causada por um parasita. Essa doença, que é bastante contagiosa, é caracterizada principalmente pela coceira intensa. De fácil contágio, a sarna também é de fácil tratamento, embora os sintomas possam demorar um pouco para desaparecer completamente.

Causas

A infecção pelo parasita causador da sarna acontece por meio do contacto íntimo entre pessoas ou mesmo por meio de roupas.

A sarna é causada por um ácaro minúsculo, que só pode ser observado por meio de microscópio: o Sarcoptes scabiei. Esse parasita se alimenta de queratina, uma proteína que constitui a cama superficial da pele. Depois do acasalamento, a fêmea deposita seus ovos (seis, em média), que eclodem duas semanas depois. A partir daí, as lesões podem se espalhar para outras partes do grupo a partir do toque – principalmente porque um dos locais mais comuns para o surgimento das lesões é entre os dedos das mãos. As mãos são, de fato, o principal meio de transporte do parasita. A coceira característica da sarna é resultado de uma reação alérgica do corpo à presença dos ácaros.

A sarna pode acometer também cães e gatos, mas estes costumam ser afectados somente por espécies específicas de ácaros. Humanos até podem contrair sarna causada por ácaros típicos de cães e gatos, mas apenas temporariamente, porque os ácaros têm preferência por um tipo específico de hospedeiro. Desta forma, eles não sobrevivem longe do “hospedeiro perfeito”.

Sintomas de Sarna

Os principais sinais e sintomas da sarna são:

• Coceira, muitas vezes grave e que geralmente piora à noite
• Presença de pápulas, que são lesões de pele que surgem principalmente nas dobras da pele, especialmente entre os dedos das mãos, nas axilas, ao redor da cintura, nos pulsos, cotovelos, solas do pé, nádegas e joelhos. Em homens, essas lesões também são comuns na região genital e, em mulheres, elas costumam aparecer também nos seios.

No caso de crianças, os locais mais comuns de infestação incluem o couro cabeludo, o rosto, pescoço, palmas das mãos e solas dos pés.

Tratamento de Sarna

É muito fácil contrair sarna. Se você tiver contato íntimo com uma pessoa infectada, para o contágio acontecer não é preciso muito. No entanto, da mesma forma que sarna é fácil de pegar, também é fácil de tratar.

O tratamento para sarna é feito basicamente por meio de medicamentos que têm como principal objetivo acabar com a infestação pelo parasita. Alguns cremes e loções dermatologicamente testados também poderão ser recomendados pelos médicos.

O paciente geralmente aplica o medicamento sobre o corpo por algumas horas. Isso costuma bastar para erradicar a doença da pele. Consulte um médico se os remédios não funcionarem ou se, mesmo com o uso deles, aparecerem novas lesões pelo corpo.

O médico, aliás, poderá recomendar o uso desses medicamentos não só para a pessoa diagnosticada com sarna, como também para todas as pessoas mais próximas a ela, mesmo que essas não apresentem lesões.

Otenha mais informação aqui

sábado, 7 de novembro de 2015

AMENDOIM FAZ BEM AO CORAÇÃO



Comer amendoins faz bem ao coração

A ingestão de amendoins, mesmo em pequenas quantidades, pode trazer-lhe mais anos de vida. O consumo destes e de outros frutos secos reduz o risco de mortalidade precoce, em especial em consequência de ataques cardíacos, concluiu um novo estudo desenvolvido por investigadores da China e dos EUA.

De acordo com Xiao-Ou Shu, um dos autores da investigação, “os frutos secos são ricos em nutrientes como ácidos gordos insaturados, fibras, vitaminas, antioxidantes fenólicos, arginina e outros fitoquímicos, todos eles benéficos para a saúde cardiovascular”.

Visto que os amendoins estão entre os frutos secos mais baratos e mais fáceis de encontrar, aumentar o seu consumo poderá constituir-se como “uma potencial abordagem eficaz e económica para a melhoria da saúde cardiovascular”, defende Shu.

A Associação Americana do Coração recomenda a ingestão semanal de quatro porções de cerca de 43 gramas de amendoins sem sal ou óleos adicionados. No entanto, por se tratar de um alimento rico em calorias, os especialistas alertam os indivíduos que estejam a tentar controlar o peso para que tenham uma atenção extra em relação às doses.

terça-feira, 27 de outubro de 2015

ESCOLHA BEM AQUILO QUE COME

OMS alerta: carnes processadas provocam cancro

A Organização Mundial da Saúde (OMS) acabou de alertar para os riscos de carne processada, agora associados ao aparecimento de cancro.

Bacon, salsichas, presunto. Estes são apenas três dos alimentos que a Organização Mundial da Saúde (OMS) considera prejudiciais à saúde, depois de a Agência Internacional para a Investigação sobre o Cancro divulgar um estudo sobre o impacto deste tipo de alimento.

Segundo o organismo, o consumo de carne processada aumenta o risco de cancro colo-retal (intestino) em 18%. E não são precisas grandes quantidades: cerca de duas fatias de bacon (perto de 50 gramas) é o suficiente para colocar a saúde à mercê da doença.

Numa investigação feita por um grupo de trabalho composto por 22 especialistas de 10 países, e divulgada esta segunda-feira, o organismo reforçou uma evidência científica há muito defendida: os alimentos processados – e com aditivos, corantes e conservantes para aumentar a validade – podem ser altos potenciadores do aparecimento de cancro.

O grupo de trabalho considerou que existem "provas suficientes" de que a ingestão de carne processada está ligada ao cancro colo-rectal e os mesmos especialistas classificaram, ainda, o consumo de carne vermelha como "provavelmente" cancerígeno para os seres humanos. Esta teoria tem por base "provas limitadas" de que a ingestão deste tipo de alimento pode estar associada ao cancro colo-rectal, mas também ao cancro do pâncreas e ao cancro da próstata.

Embora o consumo de uma sandes de bacon não se assemelhe ao impacto nocivo do tabaco, a carne processada está agora na lista ‘negra’ da OMS, que defende que a quantidade consumida diariamente é o maior pecado.

“Para um indivíduo, o risco de desenvolver cancro colo-retal por causa de seu consumo de carne processada permanece pequeno, mas este risco aumenta com a quantidade de carne consumida”, disse Kurt Straif da OMS.

De acordo com o relatório anunciado hoje, a carne processada e a carne vermelha não deve deixar de ser consumida, contudo, a atenção à quantidade e frequência do seu consumo deve ser cada vez maior. Para os investigadores, a conclusão do estudo irá ajudar vários países a dar aconselhamento dietético equilibrado.

quinta-feira, 22 de outubro de 2015

QUANDO COMER HIDRATOS


A melhor hora para comer hidratos (sem engordar)
NOTÍCIAS AO MINUTO. 151022 ÀS 08H52

Apesar da crença popular, os especialistas atestam que não é preciso eliminar os hidratos do seu jantar.

Ainda que não se tenha chegado a uma conclusão sobre se se devem ingerir com moderação, sempre que se queira ou se devem ser eliminados, o certo é que os hidratos de carbono não são processados da mesma forma por todas as pessoas.

Tantas vezes vistos como o ‘vilão’ que nos faz engordar, os hidratos de carbono só têm de ser ingeridos no momento adequado, sublinham o El Confidencial.

“Em geral, o melhor é dar mais peso [na dieta] aos hidratos de carbono nos momentos do dia em que os níveis de atividade são mais altos. E para a maioria das pessoas estes sucedem-se ao longo do dia”, sustenta a nutricionista Lisa Moskivitz ao Yahoo Health.

Tudo aponta que a massa, o pão e os cereais não são o jantar apropriado se queremos emagrecer. Mas será?

De acordo com a especialista em nutrição Jessica Cording, “nem todos temos de eliminar os hidratos de carbono do jantar, simplesmente porque nem todas as pessoas os processam da mesma forma”. Alguns especialistas defendem até que se os ingerirmos à noite são mais eficazes para perder peso.

O processo vai um pouco por tentativa-erro, até perceber a que horas é que o seu corpo digere melhor os hidratos. E, claro, deve sempre que possível optar pela versão integral, acompanhá-los com fruta, legumes ou vegetais e beber água para facilitar a sua digestão

domingo, 18 de outubro de 2015

FRIO EM CASA. COMO O EVITAR



9 truques para aquecer a casa sem ar condicionado

OBSERVADOR 17/10/2015, 21:14 MARIA CATARINA NUNES

Não tem ar condicionado e não quer estar em casa com 3 casacos vestidos e mais duas mantas? Saiba como conservar o calor com estes pequenos truques e torne a sua casa mais confortável.

A pensar no frio que se aproxima, o El País elaborou uma lista com 9 truques para ajudar a manter a casa (ou os escritórios, vá) mais quentes sem ter de recorrer ao ar condicionado. Prepare-se para o Inverno.

1. Arejar em (apenas) cinco minutos – Ou 300 segundos. É o suficiente para renovar o ar que circula em casa – a menos que as janelas sejam muito pequenas, nesse caso deve esperar, pelo menos, dez minutos.

2. Fechar para vencer – Distribuir o calor é fundamental, já que evita que o frio se disperse pela casa. Fechar as portas das divisões permite preservar o calor naquelas em que nos encontramos.

3. Abrir e fechar persianas – Quando o sol estiver a bater na casa, o importante é que todas as janelas (e portas) estejam fechadas, mas sem nada que impeça a luz de entrar, como persianas ou cortinas. Por outro lado, quando o sol se for, faça o processo inverso: feche as persianas e/ou cortinas.

4. Fita adesiva para as janelas – Vede as janelas com fita adesiva própria para as janelas para evitar perder calor acumulado nas divisões. Isto, claro, no caso de ter brechas nas janelas e portas.

5. Não tape nenhuma das janelas com vegetação – Assim os raios de sol podem passar e aquecer a casa. Se fizer mesmo questão, afinal as heras são decorações muito apreciadas, escolha vegetação de folha caduca (cujas folhas caem no Inverno) e assim continuará a ter luz solar no tempo mais frio.

6. Dê atenção às cores – É que as diferentes tonalidades estão mesmo relacionadas com a temperatura: quanto mais escuro, mais calor absorve. Um estudo da Universidade Estatal de Campinas, em São Paulo, Brasil, afirma que o preto capta 98% do calor, seguido do cinza (90%) e do verde escuro (79%).

7. Tapetes – É pelo chão que muito do calor se perde. Assim, tenha atenção aos tapetes que escolher para o Inverno. Além de aquecerem podem ainda ser isolantes e conservar a temperatura. O parqué é o chão mais indicado para manter o calor, ao contrário dos pavimentos em mármore.

8. Um bicicleta estática em casa – O desporto ajuda à circulação e a manter o corpo quente. Como o frio é mais intenso nas pessoas que têm uma circulação sanguínea mais deficiente, a prática de exercício físico ajuda a minimizar a descida de temperatura.

9. Uma manta – Claro. A mantinha não pode faltar: além de aconchegar, aquece e conserva a temperatura corporal. As de lã são muito aconselhadas porque geram calor devido ao isolamento térmico.Outras opções são as mantas polares, compostas de algodão e poliéster ou fibras sintéticas. As velas também ajudam a aquecer a divisão, além de criarem um ambiente mais tranquilo.

Foto de JOSÉ COELHO/LUSA

segunda-feira, 12 de outubro de 2015

COMBATER A DEFICIÊNCIA DE FERRO

Dez alimentos que combatem a deficiência de ferro

Carne,
Marisco,
Tofu,
Feijões,
Brócolo,
Tomate,
Sementes de abóbora,
Frutos secos e fruta desidratada,
Grãos integrais, sejam cereais ou pão,
Frutas ricas em vitamina C (laranja, limão, etc)

quarta-feira, 7 de outubro de 2015

EMAGRECER EXIGE CUIDADOS


Algumas regras para emagrecer

 Para interesse de todos os visitantes, porque o saber não ocupa lugar e o assunto enquadra-se perfeitamente nas finalidades deste blogue, transcrevo com a devida vénia, um extracto do texto publicado por Lurdes Feio na sua página do Facebook em 6/10/2015

«(…) as regras fundamentais que jamais deverão ser desrespeitadas, por mim ou outra pessoa qualquer. A saber: deixar de comer não emagrece, enfraquece e abre espaço à doença. Portanto, vou comer até mais vezes, embora menos de cada vez e evitando gorduras e açúcares.

A actividade física vai estar presente, claro, porque quem não se mexe não gasta calorias, logo engorda!, e prejudica a saúde (o coração, os pulmões, os ossos e articulações, até o cérebro!). Mas mexer-se não é estafar-se! O esforço tem de ser gradual e controlado, se possível com aval médico.


E por último, cada um tem o seu ritmo e metabolismo, pelo que não se deve forçar um emagrecimento rápido e sem critério! Eu não me perdoaria se contribuísse para prejudicar quem me lê, com planos de dieta perigosos! A gordura é má, mas a magreza excessiva também!


Ah, e a água é fundamental! De preferência 1,5 a 2 litros por dia.


O lema é A SAÚDE SEMPRE EM PRIMEIRO.»

quinta-feira, 17 de setembro de 2015

OSTEOPOROSE. COMO DIMINUIR O RISCO



Como diminuir o risco de osteoporose

Nos últimos meses tenho tido contacto com muitos idosos para quem a osteoporose constitui um risco a reduzir por todas as formas.
Aconselho a todas as pessoas a partir dos 60 anos a pensar nesse perigo e a aprender como lhe reduzir os efeitos. Eis alguns links que vos poderão ser úteis, por ordem alfabética :

Alimentos fontes de cálcio 

Alimentos fonte de Vitamina D

Alimentos ricos em cálcio

Alimentos ricos em vitamina D 

Melhores exercícios para osteoporose 

O que causa osteoporose   

Onde encontrar vitamina D 

Osteoporose 

Remédio caseiro para osteoporose  

Sintomas de osteoporose

Vitamina D 

terça-feira, 15 de setembro de 2015

CANCRO. CUIDADO COM OS SINTOMAS


Transcrição:

Cancro. Cinco sintomas que a maioria das pessoas ignora
JORNAL I 14/09/2015 21:30:00

Sabia que há sinais que nos alertam para problemas mais graves do que uma simples constipação?
E pior: muitas vezes, ignoramos completamente o que podem significar.
Sinais que podem indicar que as pessoas estão seriamente doentes. Para alertar para este problema, o site “Woman’s Health” fez uma lista de sintomas que podem mesmo indicar que uma pessoa está com cancro.

Veja a lista:

1 – Quando a tosse não passa
De acordo com Therese Bartholomew Bevers, professora e directora do Cancer Prevention Center, muitas pessoas têm tosse durante muito tempo e não ligam. A tosse pode ser algo normal mas não quando é persistente e muito menos quando acompanhada de sangue.

 2 – Urina
Muitas vezes, a urina diz mais sobre a nossa saúde do que se pensa. Se vir sangue na urina, o melhor é procurar o seu médico. Pode ser sinal de infecção ou pode ser algo mais.

3 – Dor
“A dor não é sinal de cancro mas quando uma dor é persistente deve ser analisada”, garante Bevers. Seja onde for, se lhe doer alguma coisa durante muito tempo, deve ser analisado.

4 – Peso
Quando começamos a perder muito peso, sem que haja muito esforço da nossa parte, pode ser sinal de um problema sério. Bevers garante que o melhor é sempre prevenir. Por isso, neste caso, deve procurar um médico para saber o que está a provocar esta perda de peso.

5 – Engolir
Bevers garante que pessoas que começam a ter dificuldade em engolir têm tendência a mudar a sua alimentação de forma a deixarem de sentir essa dificuldade e muito dificilmente procuram saber o que está a provocar essa sensação. Mas, como garante Bevers, este princípio serve para todos os sintomas: Qualquer sintoma persistente deve ser comunicado a um médico.

terça-feira, 8 de setembro de 2015

SEJA SAUDÁVEL, SEGUINDO OS ESPECIALISTAS


Com a intenção de difundir conselhos para uma boa saúde, aqui deixo mais uma colecção de dicas de especialistas:

O que os especialistas fazem para se manterem saudáveis
Notícias ao minuto, 8-09-2015 às 09h05

 Eles são quem procuramos quando precisamos de ajuda ou conselhos sobre a nossa saúde, mas o que é que fazem para se manterem saudáveis?

O Daily Mail perguntou a vários especialistas de saúde quais são as regras de ouro para garantir a sua própria saúde. De beber vinho a manter-se longe dos seus ente queridos doentes, as sugestões são muitas e podem até surpreender.

‘Tranque’ os seus familiares doentes no quarto deles. John Oxford, especialista em virologia explica que sempre que o seu filho apanhava uma gripe o mantinha em quarentena no quarto durante três dias até que ele passe a fase mais infecciosa. Conta que deixava a comida à porta do quarto da criança e que recolhia a loiça suja mas que, durante esses dias, não havia qualquer contacto entre a criança doente e a família para que a gripe não se espalhasse.

Fazer uma pausa de 30 minutos durante festas barulhentas. David Mc Alpine, professor de neurociência diz seguir uma dieta do barulho, ou seja, minimizar a exposição prolongada ao barulho sempre que possível. Conta que usa muitas vezes os auscultadores, mesmo quando não está a ouvir nada, para ‘cortar’ o barulho do ambiente e que sempre que está numa festa barulhenta, como um casamento ou um concerto, vai até à rua durante cerca de meia hora para fazer uma pausa do barulho. Tudo ara não prejudicar o seu cérebro e a sua audição.

Não cortar drasticamente na comida depois do exagero. Adrian Park, especialista em obesidade, explica que depois de uns dias de exageros não se deve fazer um corte radical na comida no dia seguinte. A melhor opção é mesmo a voltar aos hábitos saudáveis. Ou seja, depois dos exageros das férias, por exemplo, não tem de andar uma semana a comer só sopa, basta que volte a adotar uma rotina saudável que inclua cinco refeições por dia e com os alimentos que lhe fazem bem.

Beba vinho tinto para prevenir o cancro. Professor Karol Sikora, especialista em doenças cancerígenas diz que bebe vinho tinto quase todos os dias por que acredita que ajuda a prevenir o cancro, mas só um copo. Explica que este tipo de vinho contém compostos benéficos como os antioxidantes, que ajudam a proteger o corpo deste tipo de doença.

Não pratique demasiado exercício. O cardiologista Klaus Witte explica que todos os aspetos do estilo de vida devem ser levados com moderação, por isso tudo o que seja em excesso ou exagero é mau, até o exercício. Praticar exercício em excesso pode sobrecarregar o coração e causar efeitos adversos com consequências a longo prazo, como a debilitação do coração ou até transtornos relacionados com o ritmo cardíaco.

Mexa-se a cada 20 minutos. Roger Kerry, fisioterapeuta, contou ao Daily Mail que a sua regra de ouro para se manter saudável é mexer-se a cada 20 minutos. Mesmo que esteja à secretária, balance as pernas, por exemplo. Qualquer tipo de movimento pode ajudar a reduzir a probabilidade de vir a sofrer de dores crónicas provocadas pelo facto de estar demasiado tempo sentado ou imóvel.

segunda-feira, 7 de setembro de 2015

LIDAR COM UM MAU DIA


Transcrição:

Onze truques para lidar com um mau dia
NOTÍCIAS AO MINUTO 150907 10H17


Todos já passaram por um dia menos bom, em que a única vontade é chegar a casa e não sair mais do sofá ou da cama. Os dias maus são frequentes, mas existem pequenos truques que ajudam a ultrapassa-los e, quem sabe, a evitá-los.

Quando o assunto diz respeito a dias maus, não há nada que explique melhor este sentimento do que a música de Daniel Powter, ‘Bad Day’. Na canção, fala-se do sentimento de tristeza, do sorriso forçado e do facto de as pessoas não se importarem em ter um dia mau. Embora seja comum – e resultado dos mais múltiplos fatores – ter um dia mau não tem que ser recorrente, pelo contrário.
Além de ser importante manter uma atitude positiva para evitar mais dias assim, é preciso saber como reagir a eles e como atenuar as suas consequências. E o Huffington Post revela onze truques para isso acontecer.

1. Comer bem e beber água – a fome, sede ou até mesmo a desidratação proporcionam sentimentos de irritação e mau estar, o que pode desencadear um comportamento menos positivo e, por consequência, um mau dia.

2. Evitar o cansaço – também o cansaço pode provocar mudanças de humor e sentimentos de irritação, situações que podem causar alguns problemas no local de trabalho ou em casa.

3. Fazer exercício – a atividade física faz bem à saúde e à mente e nada melhor do que o exercício para expulsar todas as energias negativas e os sentimentos que fazem o dia mau perdurar.

4. Relaxar – antes, durante ou depois de um dia mau, um momento de relax é sempre fundamental.

5. Aceitar o corpo (ou fazer algumas mudanças para o melhorar) – não estar bem na própria pele é meio caminho andado para não estar bem com os outros. As pessoas que tendem a sentir-se em baixo devido ao corpo devem arranjar formas de contornar essa situação, mais não seja exercitando-se com o acompanhamento de um especialista.

6. Escolher bem a roupa – nada melhor do que uma roupa confortável. Essa escolha é uma ajuda para manter o bom humor. Mas quando o mau dia acontece a um fim de semana – em que não se tira o pijama – o melhor é vestir algo arrojado e sair para passear.

7. Ver ou brincar com gatos – sim, seja presencialmente ou através de vídeos online, a presença de gatos é sempre uma mais-valia.

8. Procurar um aconchego – e quando uma das opções acima não resulta, o melhor é mesmo ir para o sofá ou para a cama com uma manta bem aconchegante. Ver uma comédia ou a série preferia pode ajudar.

9. Ouvir música – as músicas preferidas conseguem melhorar o estado de espírito das pessoas.

10. Enviar um SMS – ou fazer uma chamada. Conversar é sempre uma boa solução.

domingo, 23 de agosto de 2015

DIETA PARA EMAGRECER COM SAÚDE


LISTA DE ALIMENTOS DA DIETA ATKINS

Neste blog brasileiro pode encontrar grande quantidade de textos com dicas sábias para a saúde. Saiba obter bons resultados.

DEPOIS DO PRAZO DE VALIDADE

Estes alimentos podem ser comidos depois do prazo de validade
JORNAL I 22/08/2015 13:07:42

As empresas, um pouco por todo o mundo, continuam a tentar combater o desperdício alimentar criado, em muitos casos, pelas datas de validade dos diversos produtos alimentares. Para combater o desperdício, o LA Times fez uma lista de dez alimentos que podemos consumir mesmo depois de ter passado a data para consumo.

Deixamos aqui alguns exemplos:

Enlatados
Apenas tem de manter este tipo de alimentos num local escuro e fresco. Pode guardá-los o dobro do tempo recomendado;

Ovos
Alguns nutricionistas sugerem que faça um teste simples – coloque o ovo numa taça com água. Se for ao fundo, pode comê-lo à vontade;

Carne
Não há problema se a quiser congelar. O prazo de validade vai duplicar;

Massa
A massa dura muito tempo. Apenas não pode estar cozida.
Basta que a guarde bem no congelador. Assim pode cozinhá-la e comer depois da data de validade expirar.

sábado, 22 de agosto de 2015

SEIS DICAS PARA COMBATER A DEMÊNCIA


Para ler e apreciar as imagens, faça clic aqui.

As conclusões dos estudos realizados há 20 anos acerca do aumento exponencial da demência não se verificaram. Saiba o que deve fazer para evitar a doença.

A análise a cinco estudos do Reino Unido, Suécia, Holanda e Espanha provaram que as previsões feitas há vinte anos foram exageradas. A demência epidémica de que se falava na altura não se verificou, muito pelo contrário, a doença verificou uma estabilização. A análise foi publicada na revista médica Lancet. Os cientistas concluíram que uma mudança do estilo de vida contribuiu para aquela estagnação. Em 2010, existiam 670 mil pessoas que sofriam de demência e, em 1999, o número era basicamente o mesmo. Já se sabe que um estilo de vida saudável ajuda a combater a demência, mas o Observador dá-lhe mais seis dicas.

1.Faça exercício regular e moderado

Um estudo que envolveu 120 pessoas com idades entre os 60 e os 80 anos concluiu que andar cerca de 30 a 40 minutos por dia, três vezes por semana, contribuiu para a reconstrução de estruturas cerebrais ligadas à cognição. Por isso, já sabe, calce os ténis, saia de casa e vá passear.

2.Diga não ao tabaco

Como se sabe o tabaco não faz bem à saúde. Vários estudos mostram que os fumadores estão mais sujeitos a virem a sofrer de demência mais tarde.

3.Proteja sempre a sua cabeça

Os boxeurs profissionais e veteranos de guerra são pessoas que têm mais probabilidade de virem a sofrer destes problemas devido aos vários embates e ferimentos traumáticos na cabeça. Por isso, tome as precauções necessárias.

4.Quebra-cabeças e palavras cruzadas

Segundo alguns estudos norte-americanos, jogos como puzzles, quebra-cabeças ou palavras cruzadas mantêm a mente ativa e, deste modo, ajudam a afastar a demência.

5.Um estilo de vida saudável

Para evitar a demência, a Laura Phillips, do Alzheimer´s Research UK, refere que se deve “manter uma dieta equilibrada e saudável, fazer exercício físico regularmente, não fumar, manter a pressão arterial e o peso sob controlo”.

6.Siga a dieta mediterrânica

E mais uma vez se reconhecem os benefícios da dieta mediterrânica.

domingo, 9 de agosto de 2015

EVITAR PERIGO DE CANCRO, COM ESTES CUIDADOS

Actualizações sobre cancro
Johns Hopkins - Cancer News from Johns Hopkins

Nenhum recipiente de plástico no micro-ondas.
Nenhuma garrafa de plástico no frigorífico.
Nenhuma cobertura de plástico no micro-ondas.
Dioxina causa cancro, especialmente o da mama.
Dioxinas são altamente venenosas para as células do nosso corpo.
Não ponham água em garrafa de plástico no frigorífico, isso liberta a dioxina do plástico.br />
Recentemente, Edward Fujimoto, Gerente do Programa Wellness, no Castle Hospital, esteve num programa de TELEVISÃO a explicar esse perigo. Ele falou sobre a dioxina e como ela é perigosa para nós.

Ele disse que não devemos aquecer a comida em recipientes de plástico no micro-ondas.

Isso aplica-se especialmente a comidas que contêm gordura.

Ele disse que a combinação de gordura e calor liberta a dioxina do plástico na comida e, finalmente, nas células do nosso corpo...

Ao invés, ele recomenda usar vidro, como Pyrex, ou recipientes cerâmicos para aquecer comida... Tem os mesmos resultados, só que sem a dioxina. Coisas como comida instantânea, sopas, etc., devem ser removidas da embalagem e aquecidas em qualquer outro recipiente.

Papel não é mau, mas não se sabe o que ele contém. É mais seguro usar vidro temperado, etc. Ele recordou que, há algum tempo, alguns restaurantes de fast food eliminaram os recipientes de espuma para embalar. O problema da dioxina é uma das razões.

Também demonstrou que aquela película de plástico também é perigosa quando posta sobre comidas para cozinhar no micro-ondas. O calor faz as toxinas venenosas derreterem-se e saírem do plástico, pingando na comida.
Em vez disso, deve tapar-se a comida com uma toalha de papel.

domingo, 12 de julho de 2015

9 ALIMENTOS PARA EVITAR ALZHEIMER


Transcrição:

9 alimentos que deve comer para evitar ter Alzheimer 

 Ter uma dieta que inclua alimentos como frutos vermelhos, verduras e peixe, faz com que a probabilidade de ter Alzheimer diminua significativamente
Shutterstock

Vários estudos científicos comprovaram que a alimentação tem um peso significativo no que toca à probabilidade de desenvolver doença de Alzheimer, uma patologia neurodegenerativa, que provoca perdas de memória, alterações no comportamento e personalidade, diminuição da capacidade funcional, entre outros sintomas.
Em Portugal, estima-se que haja mais de 90 mil pessoas com esta doença.
Ter uma dieta que inclua alimentos como frutos vermelhos, verduras e peixe, faz com que a probabilidade de ter Alzheimer diminua significativamente.
O ideal, explica a especialista em nutrição Martha Clare Morris, será ter na sua alimentação “comidas e nutrientes que diversos estudos médicos tenham demonstrado ser bons para o cérebro, como por exemplo frutos vermelhos”.

Eis o que deve comer e em que quantidades:

1. Verduras: Acrescente alimentos como espinafres e alface, à sua alimentação, pelo menos, seis porções por semana.
2. Outros vegetais: Coma qualquer tipo de vegetais diariamente.
3. Frutos Secos: Nozes, amêndoas, amendoins são apenas alguns exemplos. A quantidade ideal são cinco porções por semana.
4. Frutos Vermelhos: Comece a incluir framboesas, morangos e mirtilos na sua alimentação, e, pelo menos, uma ou duas porções por semana.
5. Cereal integral: Da próxima vez que for ao supermercado, compre, por exemplo, pão integral, quinoa e arroz integral. E a dose recomendada são três porções por dia.
6. Peixe: Se há coisa que não é difícil arranjar, em Portugal, é peixe de boa qualidade. Faça uma refeição de peixe, pelo menos, uma vez por semana.
7. Carne branca: Deve fazer pelo menos duas refeições, por semana, de frango ou peru.
8. Azeite: A comida portuguesa tem bastante azeite, mas comece a utilizá-lo também para cozinhar alimentos – esqueça o óleo e/ou a margarina.
9. Vinho: Com tanto vinho bom no nosso país, não vai ser difícil incluí-lo na sua dieta. Mas não abuse, um copo por dia é suficiente.

Por outro lado, há alimentos que deve evitar:

1. Carne vermelha: Evite carne de porco e de vaca sempre que puder – e tente não comer mais de quatro porções por semana.
2. Manteiga e margarina: Pão com manteiga é sempre uma tentação. E cozinhar com margarina também, mas não deve usar mais do que uma colher de sopa na preparação dos seus pratos.
3. Queijo: Coma menos de uma porção de queijo por semana.
4. Doces e bolos: Sim, mais uma coisa tentadora a evitar. Não coma mais do que cinco porções de doces e bolos numa semana.
5. Fritos: Evite comida frita mais do que uma vez por semana.

quarta-feira, 8 de julho de 2015

MELHORAR A SAÚDE DIGESTIVA


Transcrição:

Formas de melhorar a saúde digestiva
NOTÍCIAS AO MINUTO 150708 às 08h53

Quer sofra de problemas de estômago, tenha dificuldades a fazer a digestão ou prisão de ventre, a saúde digestiva pode beneficiar muito de bons hábitos alimentares, rotinas saudáveis e do exercício físico. Siga estes conselhos para melhorar a sua saúde digestiva.

A prisão de ventre é um problema bastante comum. Muitas vezes este desconforto surge devido ao stress, a uma alimentação desregulada ou pela falta de exercício. Damos-lhe algumas dicas para evitar complicações do género no sistema digestivo.

O ABC partilhou seis conselhos para melhorar o seu trânsito intestinal sem fazer muito esforço, centrando-se apenas nos alimentos que estão ao alcance de todos.

1.Hidratação. O trânsito intestinal, a digestão e até a saúde precisam de água de forma regular. Beber pouca água reduz a velocidade do seu estômago e dificulta a passagem da comida.

2. Movimento. Há que fazer exercício para que o intestino funcione bem. Ao praticar exercício está a bombear o sangue a todos os órgãos e a estimular os músculos digestivos. Os seus órgãos irão trabalhar de forma mais eficiente. Os especialistas acreditam que são necessários 30 minutos de exercício por dia: correr, nadar, andar de bicicleta … todas estas actividades são boas para um corpo activo.

3. Fibras. De acordo com os nutricionistas, as dietas ricas em fibras – grãos, legumes, verduras ou fruta – melhoram a sua saúde digestiva. São alimentos que ajudam a manter o estômago em movimento e, além disso, têm propriedades que curam qualquer irritação. Para o nutricionista Jonny Bowden, “ a fibra pode também reduzir os níveis de colesterol no sangue e reduzir a absorção de açúcar”. Esses dois elementos, quase sempre, ajudam a fazer uma digestão ‘pesada’, escreve o ABC.

4. Alimentos ricos em gordura. Os alimentos ricos em gordura abrandam o sistema digestivo e dificultam-no. No entanto, as gorduras e proteínas são essenciais para o sistema energético. É preciso escolher alimentos ricos em gordura saudável.

5. Regularidade. Comer a horas é fundamental para manter o sistema digestivo a funcionar de forma eficaz. Pequeno-almoço, almoço, jantar: estas refeições devem ser respeitadas, seguindo uma hora regular.

6. Comer devagar. Quanto mais depressa comer, pior assentará a comida no estômago. Diz-se que se deve mastigar um alimento 20 vezes, para que o estômago digira bem o mesmo. Além disso ao demorar mais fará com que o seu cérebro tenha tempo para processar a informação e o avise quando já está satisfeito.

HÁBITOS MATINAIS DISPÕEM BEM


Transcrição:

Hábitos matinais simples para melhorar o humor
Notícias ao Minuto 150708. 07h78

Sem energia e mal disposto pela manhã? Siga estes hábitos e comece a sua manhã com boa disposição.

Acorda sempre mal disposto e sem energia? Há hábitos simples que o podem ajudar a começar a manhã com outro humor e com outra energia para enfrentar o dia. O site M de Mulher reuniu alguns que partilhamos consigo.

1. Acordar cedo. Sabemos que é difícil mas acordar cedo e fazer as coisas com calma pela manhã traz mais tranquilidade ao seu dia. Levante-se com calma e trate de si em vez de sair sempre a correr para o trabalho.

2. Tomar um bom pequeno-almoço. Nem que seja um sumo natural, um iogurte com frutas ou um chá que adora. Saltar esta refeição vai fazer com que tenha falta de nutrientes e isso vai fazer toda a diferença durante o seu dia.

3. Mexer-se. Se conseguir, nem que seja meia hora, fazer exercício antes de ir ara o trabalho, verá que vai ter mais energia, e um melhor humor, durante o resto do dia.

4. Meditar. Inclua a rotina da meditação na sua manhã, bastam dez minutos para ter um dia mais calmo.

5. Arranjar-se tranquilamente. Escolha com calma um roupa que o deixe confiante e que seja confortável para vestir e faça a sua rotina diária de beleza.

6. Fazer uma lista das tarefas do dia. Ao listar tudo o que tem de fazer vai conseguir organizar os pensamentos e deixá-lo menos ansioso. Pode fazê-lo em papel ou no telemóvel.

7. Ouvir música. Escolha uma música animada para ouvir de manhã. E, se tiver vontade, dance. O que interessa é animar-se.

8. Sorrir. Este hábito pode mudar a forma como vai encarar o dia lá fora. E além disso recompensa-o e recompensa os outros.

FRUTA É OURO PARA A SAÙDE


Transcrição:

Três peças de fruta por dia podem reduzir morte precoce
 Notícias ao Minuto.150708 às 08h47

A Alimentação é o factor de risco evitável mais importante na carga de doença. O relatório ‘A Saúde dos Portugueses – perspectiva de 2015’ apresentado ontem mostra que país baixou mortes prematuras de 27% para 22%.

Comer três ou mais peças de fruta por dia pode salvar vidas e reduzir o número de anos vividos sem saúde, sugere o mesmo relatório. A dieta sem fruta é, aliás, o hábito alimentar que mais contribuiu para a perda de anos de vida saudável ou para a mortalidade antes dos 70 anos, cuja redução constitui a grande meta do Plano Nacional de Saúde, noticia o DN de hoje. Esta conclusão integra o relatório que mostra que a alimentação inadequada é o maior factor de risco para a doença.

A apresentação destes dados contou com a presença do ministro da Saúde, Paulo Macedo, que destacou a relação entre as doenças e os hábitos alimentares, "em especial com as doenças cardiovasculares e os cancros.

Só a dieta sem fruta terá retirado, em 2010, 141 mil anos de vida saudável aos portugueses. Anos por morbidade ou morte prematura ligada ao cancro, doenças cardiovasculares e à diabetes.

“Temos feito esforço na parte da nutrição, conseguimos uma redução no sal e alterações na rotulagem, mas temos de tomar mais medidas", disse Paulo Macedo no final da apresentação.

domingo, 28 de junho de 2015

domingo, 21 de junho de 2015

ALIMENTOS COMPROVADAMENTE BONS PARA A SAÚDE

Embora haja muitos mitos acerca dos poderes de produtos naturais para a nossa saúde, eis dados comprovados sobre os seguintes, por ordem alfabética:

Acerola para prevenir gripes

A acerola é a segunda maior fonte de vitamina C e aumenta a imunidade de quem a consome. "A presença da vitamina é importante, pois ela é parte fundamental do mecanismo de proteção do nosso corpo e previne muitas gripes e resfriados", exemplifica Vanderlí Marchiori, nutricionista e secretária geral da Associação Brasileira de Nutrição Desportiva (ABND).

Ameixa japonesa para melhorar a artrite

A fruta concentra substâncias anti-inflamatórias, como o ômega 3, que podem acarretar na melhora da artrite. "Não é um alimento que previne a doença, pois existem questões genéticas que determinam se a pessoa irá desenvolver essa patologia, mas por ter essas substâncias ela pode sim contribuir para uma melhora do paciente", explica Madalena Vallinoti, nutricionista do Personal Diet e diretora do Sindicato de Nutricionistas (SINESP), que ainda destaca que, por mais que a fruta tenha boas propriedades, ela sozinha não é capaz de tratar ninguém Thinkstock.

Ameixa preta para acabar com a prisão de ventre

Madalena Vallinoti, nutricionista do Personal Diet e diretora do Sindicato de Nutricionistas (SINESP), explica que por ter maior concentração de fibras e ácidos orgânicos, a fruta estimula o intestino e melhora eventuais constipações. "As enzimas facilitam a expulsão das fezes porque aceleram os movimentos intestinais", completa Vanderlí Marchiori, nutricionista e secretária geral da Associação Brasileira de Nutrição Desportiva (ABND).

Banana acaba com câimbras

Rica em potássio e carboidrato, o consumo de banana ajuda a manter as contrações musculares equilibradas. "O alimento também tem magnésio, que relaxa a musculatura e precisa estar em equilíbrio com o cálcio, que contrai o músculo. Por isso, para não ter câimbra, também é preciso ter equilíbrio entre as concentrações de cálcio e magnésio", explica Madalena Vallinoti, nutricionista do Personal Diet e diretora do Sindicato de Nutricionistas (SINESP).

Beringela para diminuir o colesterol

Por ter alta concentração de fibras e presença de substâncias bioativas, como a antocianidinas, o consumo da berinjela é importante para quem quer diminuir os níveis de LDL, colesterol ruim, no sangue. "Por ter muitas fibras solúveis, ela carrega a gordura para o intestino, que a elimina com as fezes, dessa maneira ajuda a diminuir a absorção de colesterol e gordura", explica Madalena Vallinoti, nutricionista do Personal Diet e directora do Sindicato de Nutricionistas.

Cebola para prevenir o câncer de mama

Em pesquisa realizada na Faculdade de Medicina de Besançon, na França, 345 pacientes que foram diagnosticadas com câncer de mama realizaram um questionário sobre a frequência com que consumiam alguns alimentos, além de escrever um diário com tudo o que comeram por seis dias. A pesquisa revelou que os riscos de desenvolver a doença eram menores para quem consumia cebola. "O alimento tem substâncias bioflavanóides que atuam junto com a vitamina C e tem ação anti-oxidante, isto é, combate os radicais livres que envelhecem as células e previnem uma série de doenças", explica Madalena Vallinoti, diretora do Sindicato de Nutricionistas.

Cenoura para bronzeamento

Por conter betacaroteno, uma substância que a ajuda a sintetizar a melanina que dá a cor a nossa pele, comer cenoura ajuda no bronzeamento. "Se uma pessoa consome regularmente o vegetal e depois de um tempo passa a tomar mais sol, a síntese aumenta e isso faz com que a pessoa consiga absorver os raios solares na pele. A cenoura também ajuda a fixar o bronzeado", destaca Madalena Vallinoti, nutricionista do Personal Diet e diretora do Sindicato de Nutricionistas (SINESP).

Chá de barba de milho para tratar o rim

Por possuir um conjunto de fitoquímicos que estimulam a função renal, ele é diurético e bom para o rim. "Tomar duas xícaras desse chá por dia já faz a diferença para quem está com algum problema no órgão", explica Vanderlí Marchiori, nutricionista e secretária geral da Associação Brasileira de Nutrição Desportiva.

Chá de boldo para tratar o fígado

Segundo pesquisa publicada na Revista Brasileira de Farmacognosia, o chá de boldo é rapidamente absorvido, instala-se no fígado e ajuda a evitar o acúmulo de gordura. "Quem bebe frequentemente e em grandes quantidades acumula gordura no fígado e isso faz mal para o organismo", explica Madalena Vallinoti, nutricionista do Personal Diet e diretora do Sindicato de Nutricionistas (SINESP). A nutricionista, entretanto afirma que não adianta tomar muitas xícaras da bebida para curar a ressaca. "O ideal é tomar no máximo duas xícaras", ensina ela.

Chá de pata de vaca para abaixar a glicemia

De acordo com a Revista Eletrônica de Farmácias, a folha da planta Bauhinia forficata se mostrou eficiente como terapia complementar aos diabéticos em diversos estudos, pois abaixa a glicemia. Seu uso é indicado especialmente para os diabéticos tipo 2, que não tomam insulina. Vanderlí Marchiori, nutricionista e secretária geral da Associação Brasileira de Nutrição Desportiva (ABND), adverte que o consumo do chá não deve ser consumido sem orientação especializada, pois em combinação com os remédios antidiabéticos e a insulina pode causar hipoglicemia.

Leite fermentado para combater a diarreia

O leite fermentado tem lactobacilos responsáveis por repovoar o intestino de microorganismos que fazem bem para o funcionamento da flora intestinal. "Quando se toma um antibiótico, por exemplo, ele não destrói só o microorganismo que causa a doença, ele também acaba com alguns que são bons, portanto o leite fermentado ajuda a manter esse equilíbrio", explica Madalena Vallinoti, nutricionista do Personal Diet e diretora do Sindicato de Nutricionistas (SINESP). Ela indica o uso contínuo da bebida, pois mantém a parede intestinal mais saudável.

Linhaça para combater o reumatismo

O alimento é fonte de ômega 3 e outras substâncias anti-inflamatórias muito importantes para combater a doença. Mas Madalena Vallinoti, nutricionista do Personal Diet e diretora do Sindicato de Nutricionistas (SINESP), acrescenta, "Não adianta o alimento ter todas as propriedades anti-inflamatórias que podem ajudar no tratamento da doença se a pessoa não tiver alimentação e hábito.

Maçã e goiaba prendem o intestino

As frutas reduzem o trânsito intestinal e retardam o esvaziamento do órgão. "Como elas tem fitoquímicos que retardam o esvaziamento intestinal são muito recomendadas em caso de diarreia. Mas elas não reduzem a formação de fezes, apenas tornam o movimento intestinal mais demorado", explica Vanderlí Marchiori, nutricionista e secretária geral da Associação.

Maracujá como calmante

Os efeitos calmantes do consumo da polpa de maracujá ou chá, na forma de infusão de folhas, já são conhecidos pela ciência. Entretanto, o consumo deve ser moderado, sem doses exageradas, e não é indicado para quem tem pressão sanguínea baixa. Além de ser calmante, a fruta é diurética, rica em vitamina C e sua casca também pode ajudar no tratamento de outras doenças. "A casca pode ser seca e torrada para depois ser acrescentada na alimentação, pois as fibras ajudam a diminuir níveis de glicose e colesterol no sangue", explica Madalena Vallinoti, nutricionista do Personal Diet e diretora do Sindicato de Nutricionistas (SINESP).

Tomate para prevenir câncer próstata

Alimentos ricos em caroteno, como o tomate (que possui licopeno), são associados a um risco menor de desenvolver câncer de próstata. Madalena Vallinoti, diretora do Sindicato de Nutricionistas (SINESP), destaca que como o caroteno é uma pró-vitamina A lipossolúvel (solúvel em gordura) deve ser consumido com uma fonte de gordura, como o azeite de oliva extra virgem, para melhorar a absorção do composto pelo corpo. Vanderlí Marchiori, nutricionista e secretária geral da Associação Brasileira de Nutrição Desportiva (ABND), recomenda triturar o tomate orgânico, fervê-lo por dez minutos e beber 50 ml todos os dias.

sexta-feira, 19 de junho de 2015

DEPRESSÃO NO IDOSO



DEPRESSÃO ACUDIDA A TEMPO É REVERSÍVEL, NÃO DESANIMAR COM OS EFEITOS COLATERAIS DO INICIO DO TRATAMENTO.
EFEITO APÓS A TERCEIRA SEMANA...

BEBER ÀS REFEIÇÕES


Deve ou não beber água às refeições?
08:40 - 18 de Junho de 2015 | Por Notícias ao Minuto

Muita gente acredita que beber água, ou outras bebidas, durante as refeições faz mal. Um médico e professor de medicina explica que esta ideia não é verdade.

Há quem defenda que beber durante as refeições, água ou outras bebidas, dilui o ácido biliar e do estômago necessário para ‘separar’ e absorver os nutrientes. Roshini Rajapaksa, médico e professor de medicina na Universidade de Nova Iorque, explicou à Health que isto é um mito.

Na verdade, como defende o médico, deve ter sempre um copo de água à mesa durante as refeições. “Beber água ajuda o seu estômago a liquefazer a comida, que ajuda na digestão e absorção dos nutrientes”.

Beber água às refeições pode também ajudá-lo a prevenir a obstipação e a barriga inchada, mantendo o aparelho digestivo lubrificado.

Além disso, pode ajudá-lo a manter o peso porque a água dá-lhe a sensação de saciedade mais rapidamente e também o ajuda a fazer pausas enquanto está a comer, fazendo-o abrandar os sinais de fome.

quinta-feira, 18 de junho de 2015

UMA TABELA PARA TER À MÃO

UMA TABELA PARA TER À MÃO.
Profª Lucieli Neves
 Maçã
Protege o seu coração
Evita  constipação
Bloqueia a diarreia
Melhora  capacidade dos pulmões
Amortece as articulações
Damasco
Previne o câncer
Controla a pressão arterial
Protege a sua visão
Protege contra a doença de Alzheimer
Retarda o envelhecimento
Alcachofra
Ajuda na digestão
Baixa o colesterol
Protege o seu coração
Estabiliza o açúcar no sangue
Protege contra doenças do fígado
Abacate
Combate as diabetes
Baixa o colesterol
Previne as tromboses AVC
Controla pressão arterial
Suaviza a pele
Banana
Protege o seu coração
Atenua a tosse
Fortalece os ossos
Controla a pressão arterial
Bloqueia a diarreia
Feijão
Evita constipações
Atenua a hemorróida
Baixa o colesterol
Previne o câncer
Estabiliza o açúcar no sangue
Beterraba
Controla a pressão arterial
Previne o câncer
Fortalece os ossos
Protege o seu coração
Ajuda a perder peso
Baga de Mirtilho
Previne o câncer
Protege o seu coração
Estabiliza o açúcar no sangue
Estimula a memória
Evita a Constipação
Brócolos
Fortalece os Ossos
Protege a Visão
Previne o câncer
Protege o seu coração
Controla a pressão arterial
Couve
Previne o câncer
Evita a prisão ventre
Ajuda a perder peso
Protege o seu coração
Atenua a hemorróida
Melão
Protege a Visão
Controla a pressão arterial
Baixa o colesterol
Previne o câncer
Fortalece o sistema imunológico
Cenoura
Protege a Visão
Protege o seu coração
Evita a prisão de ventre
Previne o câncer
Ajuda a perder peso
Couve-Flor
Previne o câncer da Próstata
Previne o câncer da Mama
Fortalece os ossos
Elimina escoriações
Previne a doença do coração
Cereja
Protege o seu Coração
Previne o câncer
Acaba com as insônias
Tarda o envelhecimento
Protege contra a doença de Alzheimer
Castanha
Ajuda a perder peso
Protege o seu coração
Baixa o colesterol
Previne o câncer
Controla a pressão arterial
Pimentão picante
Ajuda na digestão
Suaviza as dores da garganta
Remove abscessos
Previne o  câncer
Fortalece o sistema imunológico
Figo
Ajuda a perder peso
Previne as tromboses AVC
Baixa o colesterol
Previne o câncer
Controla a pressão arterial
Peixe
Protege o seu coração
Estimula a memória
Protege o seu coração
Previne o câncer
Fortalece o sistema imunológico
Linho
Ajuda a digestão
Combate as diabetes
Protege o seu coração
Fortalece o cérebro
Fortalece o sistema imunológico
Alho
Baixa o colesterol
Controla a pressão arterial
Previne o câncer
Mata  bactérias
Combate Fungos
Toranja
Protege contra ataques cardíacos
Promove a perda de peso
Previne as tromboses AVC
Previne o  câncer da Próstata
Baixa o colesterol
Uva
Protege a Visão
Previne pedra nos rins
Previne o câncer
Aumenta o fluxo de sangue
Protege o seu coração
Chá Verde
Previne o  câncer
Protege o seu coração
Previne as tromboses AVC
Ajuda a perder peso
Mata bactérias
Mel
Cura Feridas
Ajuda a digestão
Previne contra Úlceras
Aumenta a energia
Combate alergias
Limão
Previne o câncer
Protege o seu coração
Controla a pressão arterial
Suaviza a pele
Elimina o escorbuto
Lima
Previne o câncer
Protege o seu coração
Controla a pressão arterial
Suaviza a pele
Elimina o escorbuto
Manga
Previne o câncer
Estimula a memória
Regula a tiróide
Ajuda na digestão
Protege contra a doença de Alzheimer
Cogumelo
Controla a pressão arterial
Baixa o colesterol
Mata bactérias
Previne o câncer
Fortalece os ossos
Aveia
Baixa o colesterol
Previne o câncer
Combate a  diabetes
Evita constipação
Suaviza a pele
Azeite doce
Protege o seu coração
Ajuda a perder peso
Previne o câncer
Combate a diabetes
Suaviza a pele
Cebola
Reduz  risco de ataque cardíaco
Previne o câncer
Mata bactérias
Baixa o colesterol
Combate Fungos
Laranjas
Fortalece o sistema imunológico
Previne o câncer
Protege o seu coração
Favorece a respiração
Elimina o escorbuto
Peras
Evita a Constipação
Previne o câncer
Previne as tromboses AVC
Ajuda a digestão

Ananás
Fortalece os ossos
Alivia a febre
Ajuda a digestão
Bloqueia a diarreia

Ameixas
Tarda o envelhecimento
Evita Constipação
Estimula a memória
Baixa o colesterol
Protege contra doença do coração
Arroz
Protege o seu coração
Combate a diabetes
Previne pedra nos rins
Previne o câncer
Previne as tromboses AVC
Morango
Previne o câncer
Protege o seu coração
Estimula a memória
Acalma o  stress

Batata doce
Protege a sua Visão
Levanta a disposição
Combate o câncer
Fortalece os ossos

Tomate
Previne o  câncer na próstata
Previne o câncer
Baixa o colesterol
Protege o seu Coração

Nozes
Baixa o colesterol
Previne o câncer
Estimula a memória
Melhora a disposição
Protege contra doenças do coração
Água
Ajuda a perder peso
Previne o câncer
Previne pedra nos rins
Suaviza a pele

Melancia
Previne o câncer na próstata
Promove a perda de peso
Baixa o colesterol