Bem Vindos !

Quando era criança, na minha aldeia, ouvia com frequência a expressão dos mais simples objectivos das pessoas «haja pão e coza o forno». Realmente, havendo «saúde e alimentação», tudo acaba por ser resolvido. Decidi, por isso, guardar neste espaço, tudo o que estiver guardado nos blogs a que tenho acesso e o que venha a obter sobre este tema, com a convicção de que a saúde depende muito da alimentação e do estado de espírito. (A.João Soares)

quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

Gripe. Como a enfrentar. Um caso concreto

Transcrição retirada de um e-mail de que não refiro o a autora, para não violar a privacidade.

«Já liberta daquela maldita gripe que me deixou magra como um bacalhau seco, onde nada faltou a não ser .... GRAÇAS A DEUS! .... a febre, por estranho que pareça, mas onde houve constipação de espirrar assim 10 vezes seguidas, lenços uns atrás dos outros, dores de garganta, bronquios, tosse insuportável com fortes dores de cabeça, vómitos e uma diarreia sem precedentes.

Ora eu direi que o que me teria safado foi as contínuas toalhas de água fria na barriga, sumos (de centrifugadora) de cenoura e aipo, misturados, água com sumo de limão e o tal cremezinho "do tipo" Vick Vaporub na sola dos pés, com peúgas muito quentinhas.

Esta era a única coisa que me fazia parar a tosse, que me aterrorizava porque ao tossir a cabeça parece que estourava. NUNCA tive semelhante coisa. Mas estou melhor, direi mesmo que passou.»

MOTA: Trago aqui este depoimento, porque evidencia que é possível combater uma forte gripe e outros tipos de doenças com produtos naturais sem ter que recorrer a medicamentos químicos sempre capazes de produzir efeitos secundários que curam por um lado e matam pelo outro.

Sem comentários: