Bem Vindos !

Quando era criança, na minha aldeia, ouvia com frequência a expressão dos mais simples objectivos das pessoas «haja pão e coza o forno». Realmente, havendo «saúde e alimentação», tudo acaba por ser resolvido. Decidi, por isso, guardar neste espaço, tudo o que estiver guardado nos blogs a que tenho acesso e o que venha a obter sobre este tema, com a convicção de que a saúde depende muito da alimentação e do estado de espírito. (A.João Soares)

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

Bolo-rei escangalhado


Ingredientes

1 Cálice de rum
100gr de uvas passas
25gr de fermento de padeiro
625gr de farinha
180gr de açúcar
100gr de manteiga
1 pitada de sal
4 ovos
300gr de frutos secos vários
1 ovo para pincelar
150gr de doce de gila
manteiga, manteiga, açúcar e frutos secos q.b.

Preparação

Colocar o rum num recipiente, com as passas, deixar macerar.
Dissolver o fermento de padeiro, num pouco de leite morno, adicionar 125gr de farinha, amassar e deixar levedar até estar com o dobro do volume.
Bater o açúcar com a manteiga, um pouco de sal e os ovos.
Levar a massa a lume brando e junte-a com o fermento já levedado, amassar bem. Junte aos poucos a restante farinha e amasse. Se for necessário, juntar um pouco de leite até obter uma massa macia.
Misturar na massa as passas com o rum, e ainda os frutos secos picados, e 70gr de gila.
Deixar a massa levedar, até obter o dobro do volume inicial. Moldar um rectângulo (escangalhado), e colocar num tabuleiro previamente untado com manteiga, e pincelar com o ovo batido. Deixar levedar de novo.
Aquecer o forno a 180ºC. Decorar com a restante gila e mais frutos secos a gosto.
Levar ao forno já quente e deixar cozer cerca de 40 minutos.

A fotografia e a receita são oferta da amiga bloguista que teve a gentileza s+de acrescentar o seguinte:
Este é o doce de Natal de que mais gosto.
O bolo Rei Escangalhado é confeccionado e degustado sobretudo em Braga. ams, mesmo sendo um produto da região, ele já é feito até em Lisboa.
Aqui, em Vila Nova de Cerveira, há pelo menos duas pastelarias que o fazem divinalmente.

2 comentários:

Mário Relvas disse...

Gosto muito do bolo Rei Escangalhado. E dos seus blogues também.
Feliz Natal e Ano Novo

Aquele abraço :)

A. João Soares disse...

Muito grato pela sua atenção.
Desejo também para si e os seus um Feliz Natal e as melhores felicidades em 2013, «tanto quanto possível» como diz o nosso PR.

Abraço
João