Bem Vindos !

Quando era criança, na minha aldeia, ouvia com frequência a expressão dos mais simples objectivos das pessoas «haja pão e coza o forno». Realmente, havendo «saúde e alimentação», tudo acaba por ser resolvido. Decidi, por isso, guardar neste espaço, tudo o que estiver guardado nos blogs a que tenho acesso e o que venha a obter sobre este tema, com a convicção de que a saúde depende muito da alimentação e do estado de espírito. (A.João Soares)

segunda-feira, 26 de abril de 2010

Actimel. Ter em atenção os efeitos

ACTIMEL. Informação importante

O ACTIMEL fornece ao organismo uma bactéria chamada L.CASEI. Esta substância é gerada normalmente por 98% dos organismos, mas quando é administrada externamente por um tempo prolongado, o corpo deixa de a fabricar e 'esquece-se' que deve fazê-lo e como fazê-lo, sobretudo em pessoas menores de 14 anos. Na realidade, surgiu como um medicamento para essas poucas pessoas que não a fabricam , mas esse universo era tão pequeno que o medicamento se tornou, não rentável; para o tornar rentável, foi vendida a sua patente a empresas do sector alimentar.

A Secretaria Estado da Saúde (Espanha) obrigou a ACTIMEL (a sereíssima) a indicar na sua publicidade que o produto não deve ser consumido por um tempo prolongado; e cumpriram, no entanto de uma forma tão subtil que nenhum consumidor o percebe ( p.ex. 'desafio actimel: tome durante 14 dias').

Se uma mãe decide completar a dieta com ACTIMEL, não recebe nenhum aviso sobre a sua inconveniência e não vê que pode estar a causar um dano importante ao futuro dos seus filhos ou ao seu devido às manipulações publicitarias da multinacional DANONE para incrementar os seus benefícios, sem se importar com a saúde dos consumidores.

Convém estarmos avisados de que... há interesses económicos que põem e dispõem das nossas vidas a seu belo prazer e não param de nos surpreender com as suas artimanhas!

Por favor, passe esta informação.
Recebido por e-mail

2 comentários:

Fernanda disse...

Querido amigo João,,


Já tinha lido sobre este assunto e é realmente assustador.
Por acaso não tenho esse vício, mas muita gente o faz sistematicamente e arruínam a saúde.
Como salienta, o organismo fica preguiçoso e pura e simplesmente deixa de cumprir naturalmente as suas funções.

Ainda bem que pelo menos em Espanha já há alertas, esperemos que cheguem cá rapidamente.

Beijinhos

Na Casa do Rau

Vladimiro Ferreira disse...

Caro João,

Essa suposta "notícia" é completamente falsa. Isto anda a circular deste Maio de 2007 e já nesse ano foi desmentido.

A Secretaria de Saúde Espanhola nunca fez o que é indicado e deixo como informação o seguinte: o L.Casei é uma bactéria, um organismo vivo. O nosso corpo não "produz" bactérias, somos colonizados por elas.

Se fizer uma pesquisa sobre este assunto, irá verificar que tudo não passa de mais uma piada criada para fazer circular e-mails.

É verdade que temos uma indústria alimentar que nos destrói mais do que ajuda mas, desta vez, não é o caso.

Os meus cumprimentos e felicidades neste vosso blog (boa escolha de tema).