Bem Vindos !

Quando era criança, na minha aldeia, ouvia com frequência a expressão dos mais simples objectivos das pessoas «haja pão e coza o forno». Realmente, havendo «saúde e alimentação», tudo acaba por ser resolvido. Decidi, por isso, guardar neste espaço, tudo o que estiver guardado nos blogs a que tenho acesso e o que venha a obter sobre este tema, com a convicção de que a saúde depende muito da alimentação e do estado de espírito. (A.João Soares)

segunda-feira, 24 de maio de 2010

Favada à Ná


Este foi o almoço de hoje cá em casa.Um prato que ambos adoramos.
Eu adoro favas de todas as maneiras, mas pelo menos uma vez no ano temos uma favada.

Ingredientes:

Favas q.b
Costelinha cortada em tiras, pelo osso.
Chouriço caseiro
Morcela caseira
1 celoba
2 dentes de alho
Polpa de tomate
Coentros a gosto
Água
pimentão picante (facultativo)

Preparação:

Picar a cebola e os olhos para um tacho e juntar-lhe o azeite.
Eu junto imediatamente a polpa de tomate, o pimentão, a costelinha e os chouriços. Deixo um minuto ou dois em lume brando mexendo sempre, para não colar.
Adiciono de seguida um pouquinho de água, uma chávena, se for necessário vou adicionando aos pouquinhos.
Quando a carne estiver quase cozinhada, junto-lhe as facas descamisadas e os coentros.
15 minutos a ferver, sempre em lume brando e está pronto!

Para sobremesa houve cerejas do nosso vizinho, as nossas são do tarde, maiores, carnudas e muito doces.
Adoro cerejas.

Bom apetite!
Fernanda (Ná)

3 comentários:

A. João Soares disse...

Querida Amiga Ná

Um almoço da época, incluindo as cerejas.
Merece ser salientado o facto de a facilidade de contactos da Ná produzir efeitos na blogosfera, nas acções cívicas como o Limpar Portugal e, agora, bem visível nas relações de vizinhança, trocando cerejas temporãs por outras serôdias!!!
Como a vida da humanidade seria muito mais feliz e harmoniosa se por todo o lado houvesse este bom entendimento!

Parabéns ao casal Ferreira a e aos vizinhos por os terem a viver ao lado.

Beijos
João
Do Miradouro

Fernanda disse...

Querido amigo João,

Pena que não lhe possa mandar umas cerejas do Sr Lamas.
Ontem trouxe-me mais uma cesta cheia, da qual levei hoje algumas para as minhas colegas da Unisénior.

Em troca a família, incluindo a Dona Maria, a sogra do vizinho, com 98 anos a quem deu um AVC, vieram cá ontem comer sardinhas na telha romana.

Estas são as grandes vantagens de se viver no campo.

Os coentros para a favada vieram da sua horta, fresquinhos, viçosos.

Beijinhos

Na casa do Rau

A. João Soares disse...

A T E N Ç Ã O

AS IMAGENS QUE DESAPARECERAM NOS POSTS DESTA COLABORADORA DEVEM-SE, PROVAVELMENTE, A UM «LAPSO» DELA.
Pedimos paciência aos amigos visitantes.

Cumprimentos
João