Bem Vindos !

Quando era criança, na minha aldeia, ouvia com frequência a expressão dos mais simples objectivos das pessoas «haja pão e coza o forno». Realmente, havendo «saúde e alimentação», tudo acaba por ser resolvido. Decidi, por isso, guardar neste espaço, tudo o que estiver guardado nos blogs a que tenho acesso e o que venha a obter sobre este tema, com a convicção de que a saúde depende muito da alimentação e do estado de espírito. (A.João Soares)

domingo, 21 de fevereiro de 2010

Torta de Peras

Torta de pêras com framboesas e gelado de baunilha

Ingredientes:

* pêras maduras 6
* açúcar 340 g
* manteiga 40 g
* farinha 150 g
* gema de ovo 1
* manteiga para untar q.b.
* sumo de limão q.b.
* gelado de baunilha 200 g
* canela q.b.
* açúcar em pó q.b.
* framboesas 200 g

Confecção:

Sobre a mesa coloca-se a farinha, faz-se uma cova e dentro acrescenta-se a gema de ovo, duas colheres de sopa de água, 40 g de manteiga e 40 g de açúcar.
Amassa-se tudo muito bem e deixa-se repousar durante 2 horas.
Unta-se o fundo de uma forma de tarte com manteiga.
Estende-se a massa, com a ajuda do rolo, até ficar com 2 cm de espessura e forra-se a forma.
Descasque as peras e corte-as em lâminas sobre o sentido do comprimento.
Regue com o sumo de 1limão para que não fiquem escuras.
Forre a forma com as lâminas de pêras dispondo-as em círculos, salpique com 100 g de açúcar.
Leve ao forno a200ºC, durante 25 minutos.
Leve ao lume 200 g de framboesas (que podem ser congeladas) com 200 g de açúcar.
Deixe ferver durante 10 minutos mexendo sempre.
Retire do lume e deixe arrefecer um pouco.
Passe pelo passe-vite e leve um pouco ao frigorífico.
No prato de servir coloque um pouco de molho, uma fatia de tarte de peras e uma bola de gelado de baunilha.
Polvilhe o prato com açúcar em pó e canela.


Acompanhe com Tawny 40 anos

Nem todos os dias são dias de jejum... use de moderação, nada lhe fará mal.
Fernanda Ferreira (Ná)

5 comentários:

A. João Soares disse...

Querida Amiga Ná

Diz muito bem «Nem todos os dias são dias de jejum». E um docinho com uma bebida tão especial sabe sempre bem.

Beijos
João

Fernanda disse...

Querido amigo João,

Estamos de acordo... para variar:)
Beijos

Pedro Ferreira disse...

lá Mãe,

Há por aqui um cheirinho bom no are um toque teu que muito me agrada.

Como diz o amigo João Soares, comia-se uma tarte e bebia-se um Tawny de 40 anos, mesmo.

Beijinhos e um abraço ao amigo João Soares.
Pedro

Fernanda disse...

Pedro, filhote,

Dá para notar? que bom!

Agora só faço doces quando vieres, não quero nem posso engordar.
Tawny de 40 anos não tenho de momento, tenho o que tu mais gostas, não digo o nome senão o João diz que eu faço publicidade.

Beijos.

A. João Soares disse...

A T E N Ç Ã O

AS IMAGENS QUE DESAPARECERAM NOS POSTS DESTA COLABORADORA DEVEM-SE, PROVAVELMENTE, A UM «LAPSO» DELA.
Pedimos paciência aos amigos visitantes.

Cumprimentos
João