Bem Vindos !

Quando era criança, na minha aldeia, ouvia com frequência a expressão dos mais simples objectivos das pessoas «haja pão e coza o forno». Realmente, havendo «saúde e alimentação», tudo acaba por ser resolvido. Decidi, por isso, guardar neste espaço, tudo o que estiver guardado nos blogs a que tenho acesso e o que venha a obter sobre este tema, com a convicção de que a saúde depende muito da alimentação e do estado de espírito. (A.João Soares)

quarta-feira, 24 de março de 2010

A Obesidade Constitui um Risco para a Saúde

Investigações médicas revelaram que as pessoas obesas têm maior probabilidade de sofrer de doenças relacionadas com o nível elevado de colesterol, hipertensão e ainda diversos tipo de cancro. Para além disso, a obesidade pode representar excesso de pressão e consequente risco de danos para o coração e vasos sanguíneos. No entanto, uma em cada três pessoas sofre de obesidade.

As Dietas Alimentares Propiciam o Aumento de Peso

Técnicas como dietas mágicas, jejum ou mesmo deixar de comer já demonstraram ser ineficazes em termos de perda de peso. Actualmente, os nutricionistas sabem que as pessoas que fazem dietas regularmente, não só têm tendência para perder fibras musculares, como também voltam a ganhar peso após cada dietas; efectivamente, na maioria dos casos, após algumas semanas, podem pesar mais do que antes da dieta. Entram assim num círculo vicioso: quanto mais rígida a dieta, mais o organismo procura ganhar reservas de gordura para consumir em futuros “períodos de carência”.

Em Que Medida Podem os Adoçantes Ajudar a Perder Peso?

Os médicos reconhecem que existe um peso ideal para cada pessoa, o qual é geneticamente predeterminado. É a este peso que o corpo volta a auto-ajustar-se após uma dieta (mal-sucedida). Para efectivamente perder peso a longo prazo, o segredo reside em reduzir continuamente o seu peso até atingir o ideal. As pessoas que consomem mais calorias do que as necessárias ao seu corpo vão necessariamente aumentando o peso. Os obesos são frequentemente pessoas com metabolismos particularmente economizadores, armazenando as calorias em excesso em depósitos adiposos. Alterando os seus hábitos alimentares é possível controlar o peso eficazmente e transformar o seu metabolismo, por forma a queimar mais gordura do que a que armazena.
Olhe pela sua saúde.
Fernanda Ferreira (Ná)

3 comentários:

A. João Soares disse...

Querida Ná,

Temos que lhe mostrar gratidão pelos seus cuidados com a nossa saúde. Esta depende daquilo que comemos e dos nossos pensamentos, que devem ser positivos, claros e optimistas, porque são ordens ao cérebro que controla todos os órgãos do corpo. O pessimismo atrai as doenças que tememos.
E, quanto à comida, é preciso resistir à tentação de abusar daquilo de que gostamos.

Beijos
João

Fernanda disse...

Querido João,

Acrescento...tal e qual!!!

Beijinho amigo,

A. João Soares disse...

A T E N Ç Ã O

AS IMAGENS QUE DESAPARECERAM NOS POSTS DESTA COLABORADORA DEVEM-SE, PROVAVELMENTE, A UM «LAPSO» DELA.
Pedimos paciência aos amigos visitantes.

Cumprimentos
João