Bem Vindos !

Quando era criança, na minha aldeia, ouvia com frequência a expressão dos mais simples objectivos das pessoas «haja pão e coza o forno». Realmente, havendo «saúde e alimentação», tudo acaba por ser resolvido. Decidi, por isso, guardar neste espaço, tudo o que estiver guardado nos blogs a que tenho acesso e o que venha a obter sobre este tema, com a convicção de que a saúde depende muito da alimentação e do estado de espírito. (A.João Soares)

sexta-feira, 29 de junho de 2018

ABACAXI, FRUTO MUITO SADÁVEL

Cientistas descobrem poder obscuro e cicatrizante do abacaxi
180629. Por Liliana Lopes Monteiro
A associação de uma proteína do abacaxi com celulose produzida a partir de bactérias resultou na produção de um curativo tão eficiente como um anti-inflamatório cicatrizante de ferimentos, queimaduras e ulcerações.


© iStock

Um grupo de investigadores das universidades brasileiras de Sorocaba (Uniso) e Unicamp, com apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), terá feito a descoberta surpreendente de acordo com a BBC News.

Os cientistas produziram um composto na forma de gel ou emplastro que tem como base a proteína do abacaxi, chamada de bromelina, e a celulose bacteriana - dois elementos que já estavam a algum tempo a ser estudados para aplicações nas áreas médica, farmacêutica e cosmética.

A bromelina, nomeadamente, tem a capacidade de quebrar moléculas de outras proteínas - o chamado desbridamento celular - e, por isso, é usada até para amaciar carne.

"Essa mesma característica faz com que remova as células mortas na ferida, limpando-a e acelerando a sua cicatrização", explica Janaína Artem Ataide, da Unicamp, autora principal do artigo publicado no periódico Scientific Reports.

A celulose é o biopolímero mais abundante da natureza, produzido principalmente por plantas. Mas também existem alguns microrganismos, como a bactéria Gluconacetobacter xylinus, capazes de a sintetizar.

"Essa bactéria é uma biofábrica", explica a investigadora Angela Faustino Jozala, do Laboratório de Microbiologia Industrial e Processos Fermentativos da Uniso. "Produz a celulose como se tricotasse polímeros de glicose (açúcar). Como o produto é tecido em nanoestruturas (um nanómetro equivale a um milionésimo de milímetro ou um bilionésimo de metro) o que chamamos de nanocelulose. Sendo biocompatível".

Por isso já começou a ser utilizada em diversas intervenções e aplicações médicas, como, por exemplo, em enxertos e em substitutos temporários de pele ou curativos no tratamento de lesões.

O novo curativo já passou pela primeira fase de desenvolvimento para a produção de um medicamento. Realizado em laboratório, de modo a verificar se tem o efeito desejado e não é tóxico.

Os investigadores pretendem agora prosseguir a investigação através da realização de testes com animais.

NOTA:

Esta notícia vem mostrar que o ABACAXI ou ANANÁS é um produto benéfico para a saúde. Mas cuidado, porque a fruta não deve ser consumida durante ou no fim das refeições. «Devem comer-se as frutas sempre com o erstômago vazio. Porquê? A razão é que as frutas não são, em princípio, digeridas no estômago: são digeridas no intestino delgado.

As frutas passam rapidamente pelo estômago, dali indo para o intestino, onde libertam os seus açúcares. Mas se houver carne, batatas ou amidos no estômago, as frutas ficam presas e começam a fermentar.

Já comeu alguma fruta à sobremesa, após uma lauta refeição, e passou o resto da noite arrotando aquele desconfortável sabor restante? É porque não a comeu da maneira adequada», como se encontra explicado neste Blog, em http://paoesaude.blogspot.com/2009/09/como-comer-fruta.html.

Sem comentários: