Bem Vindos !

Quando era criança, na minha aldeia, ouvia com frequência a expressão dos mais simples objectivos das pessoas «haja pão e coza o forno». Realmente, havendo «saúde e alimentação», tudo acaba por ser resolvido. Decidi, por isso, guardar neste espaço, tudo o que estiver guardado nos blogs a que tenho acesso e o que venha a obter sobre este tema, com a convicção de que a saúde depende muito da alimentação e do estado de espírito. (A.João Soares)

sexta-feira, 25 de junho de 2010

Stress - como aliviá-lo

O stress é a doença do século, todas as pessoas em qualquer momento da sua vida sofrem das consequências deste mal. Dores de cabeça, dores no corpo, baixa estima e períodos de grande tristeza são as principais consequências de quem vive uma vida com grandes preocupações. Para combater este mal, quando chega a uma fase crítica, muitas vezes, só resulta com a ajuda de medicamentos, por isso, é essencial saber admitir que se está doente e pedir ajuda as pessoas especializadas. Para combater os primeiros sinais do stress pode e deve ter alguns cuidados que passam por mudanças de comportamento e atitude,

Alimentação saudável
Coma de 3 em 3 horas, e comece o dia com um bom pequeno almoço, um corpo alimentado é fonte de bem e estar e saúde, grandes períodos de fome podem provocar irritabilidade.

Conversar

Não guarde tudo para si, mais tarde ou mais cedo vai explodir. Fale com alguém que a possa ouvir e que a ajude arranjar soluções.

Rir muito

Rir é o melhor remédio, rir ajuda a diminuir hormonas do stress na circulação sanguínea e ajuda a relaxar músculos tensos.

Mexa-se

Pratique algum tipo de exercício físico para manter os níveis de stress sob controlo, faça uma caminhada, respire ar puro e aprecie a beleza das pequenas coisas.

Saia de casa

Ficar em casa não resolve nenhum problemas, produza-se e vá sair com as amigas, conversar, rir e esquecer todos os problemas.

Chorar

Chorar também faz parte da terapia para problemas emocionais, reprimir o choro é pior.

Compras

Ver montras e fazer compras ajudam a relaxar, compre um bâton, um gancho para o cabelo, não precisa gastar muito dinheiro para sentir o prazer de comprar.

Trabalhe manuais

Actividades que requerem movimentos contínuos e repetitivos das mãos e concentração ajudam a descontrair e a esquecer os problemas, e sempre pode presentear a família e amigos e sentir o prazer de fazer os outros felizes.

Fernanda Ferreira (Ná)

2 comentários:

A. João Soares disse...

Que bons conselhos. Mas uma vez por outra não os seguimos. As preocupações originadas pela crise conduzem ao stress. Mas não devemos deixá-lo pousar durante muitos minutos. Não é bom companheiro.

Beijos
João

A. João Soares disse...

A T E N Ç Ã O

AS IMAGENS QUE DESAPARECERAM NOS POSTS DESTA COLABORADORA DEVEM-SE, PROVAVELMENTE, A UM «LAPSO» DELA.
Pedimos paciência aos amigos visitantes.

Cumprimentos
João