Bem Vindos !

Quando era criança, na minha aldeia, ouvia com frequência a expressão dos mais simples objectivos das pessoas «haja pão e coza o forno». Realmente, havendo «saúde e alimentação», tudo acaba por ser resolvido. Decidi, por isso, guardar neste espaço, tudo o que estiver guardado nos blogs a que tenho acesso e o que venha a obter sobre este tema, com a convicção de que a saúde depende muito da alimentação e do estado de espírito. (A.João Soares)

domingo, 20 de junho de 2010

Para uma alimentação Saudável

A sabedoria popular diz que “você é o que come” e não podia ser mais verdade. A comida que ingerimos tem um grande impacto na nossa saúde e bem-estar. Ao manter a forma física e comer bem está a reduzir o risco de desenvolver doenças relacionadas com a alimentação, como doenças de coração e cancros. Contudo, apesar de manter uma alimentação saudável ser bastante simples, existe ainda muita confusão no grande público sobre no que consiste comer bem, ou a ideia geral que já está a cumprir os requisitos para uma boa alimentação, o que muitas vezes não é verdade. Por exemplo:

● 69,3% das pessoas pensa que a sua alimentação é saudável.

● 71% das pessoas afirma “eu não preciso de mudar os meus hábitos alimentares, já que como bastante bem e de forma saudável” .

Para tornar-se ou manter-se saudável, o nosso corpo precisa de boa comida, e do tempo e energia para processá-la e usá-la no seu metabolismo. Uma boa nutrição fornece ao organismo nutrientes para produzir ou reparar tecidos, manter o sistema imunitário saudável e permite ao corpo executar tarefas diárias com facilidade.

A ligação entre a alimentação e as doenças está muito bem documentada, e existem várias provas que provam que o que comemos tem um impacto muito grande na forma como nos sentimos. Os nossos estilos de vida e hábitos alimentares mudaram dramaticamente nas últimas décadas. Hoje em dia, confiamos na conveniência da comida rápida, ou “fast-food” e em suplementos nutricionais do que propriamente em alimentos frescos. De facto, existe muita atenção mediática virada para o que não devemos comer, e pouca informação sobre o que devemos comer.

Lembre-se, não existem na realidade bons ou maus alimentos – moderação e equilíbrio na alimentação são as chaves para se manter saudável. A comida deve ser apreciada – é possível comer refeições deliciosas e bem preparadas que são simultaneamente saudáveis.

O objectivo de uma dieta saudável na idade adulta é assegurar que se mantém em forma, com vitalidade, dentes cuidados, um bom sistema imunitário, cabelo e pele saudáveis, energia abundante e um peso ideal. A longo prazo, o objectivo é minizar o risco de doenças crónicas com doenças cardiovasculares, enfartes, diabetes, cancro e osteoporose.

Foto do almoço de hoje na Casa dos Ferreiras - Choco cozido com molho verde e Salada de grão de bico com salada mista.

Foto da Ná


5 comentários:

orvalho do ceu disse...

Olá, como é bom e salutar ler um post assim.
Cometi excessos durante a viagem de 5 dias e volto a me redimir em pleno fim de semana.
Ótimas recomendações para nos alertar-nos, amigos.
Abraços fraternos

Maria Luisa Adães disse...

Boa a idéia de ensinar as normas
de comida saudável.

Linda a idéia. Parabéns!

Mª. Luísa

MagyMay disse...

Olá Fernanda!

Vim parar a este seu blogue (apesar de a Fernanda ter mais )
Muito importante a nossa alimentação, somos o que comemos, não é?
E sabe que mais nos aproxima? O Norte!
Daí aquele revêr no blogue fantástico de imagens do seu marido, como que um matar de saudades...

Vou aparecendo por aqui, para aprender consigo

Beijinhos

Fernanda disse...

Obrigada amigas pelos vossos comentários.

É sempre um prazer saber que são de utilidade os conselhos e receitas aqui apresentadas.

Amiga MagyMay!
Bem vinda.
Tem toda a razão, somos o que comemos.

Ainda bem que aprecia o que o José fotografa e que teos em comum o Norte.
Coo vivemos bem no Norte, ter´muitas oportunidades de ver o nosso norte.

Veja também, o Só Imagens. Gostará.

Beijinhos a todas.

A. João Soares disse...

A T E N Ç Ã O

AS IMAGENS QUE DESAPARECERAM NOS POSTS DESTA COLABORADORA DEVEM-SE, PROVAVELMENTE, A UM «LAPSO» DELA.
Pedimos paciência aos amigos visitantes.

Cumprimentos
João