Bem Vindos !

Quando era criança, na minha aldeia, ouvia com frequência a expressão dos mais simples objectivos das pessoas «haja pão e coza o forno». Realmente, havendo «saúde e alimentação», tudo acaba por ser resolvido. Decidi, por isso, guardar neste espaço, tudo o que estiver guardado nos blogs a que tenho acesso e o que venha a obter sobre este tema, com a convicção de que a saúde depende muito da alimentação e do estado de espírito. (A.João Soares)

sexta-feira, 7 de outubro de 2016

PARA PERDER BARRIGA

Reprodução adaptada:
Deixe de comer estes 8 alimentos para perder barriga numa semana
06/10/2016

É possível reduzir o inchaço do estômago e até perder algum peso em apenas uma semana. Quem o diz é a nutricionista norte-americana Jennifer Christman, acrescentando que para o conseguir apenas tem de fazer algumas alterações na dieta entre segunda e sexta-feira.

“O inchaço pode ser aliviado em poucos dias com hidratação adequada e alterações nas escolhas alimentares”, explicou Jennifer Christman à Women’s Health norte-americana. E o melhor de tudo é que a receita da nutricionista para perder a barriga não exige que beba chás desintoxicantes ou sumos estranhos. Apenas tem de eliminar alguns alimentos da sua dieta. Veja, a seguir, os oito tipos de alimentos que não pode comer para perder a barriga em apenas uma semana.

1. Vegetais crus: frescos, são fundamentais para uma dieta saudável. Mas se quer perder barriga certifique-se de que os cozinha sempre antes de ingerir. Cozinhados, os vegetais ocupam menos espaço no seu trato gastrointestinal, o órgão responsável por digerir os alimentos ocupam menos espaço no seu trato gastrointestinal, o órgão responsável por digerir os alimentos.

2. Alimentos picantes: os viciados em molhos picantes vão ter de deixá-los fora do prato para perderem barriga. Este tipo de condimentos podem estimular a libertação de ácido pelo estômago, provocando irritação, acumulação de gases e, por sua vez, inchaço.

3. Sal: evite temperar os alimentos com sal e corte em toda a comida processada. Vai ajudá-a a não acumular água no estômago, pois o sódio é muitas vezes responsável pela retenção de água e pelo consequente inchaço.

4. Carboidratos refinados: deve substituir a ingestão diária de carboidratos por uma ou duas porções de alimentos ricos em amido, a não ser que esteja a fazer treinos de alta intensidade.

5. Alimentos produtores de gás: os bróculos, feijão, couve de bruxelas, repolho, couve-flor, alface, cebola e leite contêm enzimas que produzem gás naturalmente. O gás pode acumular-se nos intestinos e provocar inchaço.

6. Alimentos que contêm açúcar: verifique as etiquetas das suas barras de cereais e outros alimentos que provavelmente contêm açúcar. Ao absorver adoçantes como o xilitol, eritritol, sorbitol e maltitol também vai contribuir para o inchaço do trato intestinal.

7. Álcool: contribui para a irritação gastrointestinal e leva ao inchaço.

8. Pastilhas elásticas: ao mastigar pastilhas elásticas está a contribuir para uma acumulação de excesso de ar no estômago, que fica lá preso e conduz ao inchaço

Sem comentários: