Bem Vindos !

Quando era criança, na minha aldeia, ouvia com frequência a expressão dos mais simples objectivos das pessoas «haja pão e coza o forno». Realmente, havendo «saúde e alimentação», tudo acaba por ser resolvido. Decidi, por isso, guardar neste espaço, tudo o que estiver guardado nos blogs a que tenho acesso e o que venha a obter sobre este tema, com a convicção de que a saúde depende muito da alimentação e do estado de espírito. (A.João Soares)

domingo, 27 de janeiro de 2013

Orégãos contra o cancro da próstata


Recebi por email um texto intitulado «Orégãos provocam o 'suicídio' das células do cancro da próstata» e, como já não é a primeira vez que aparece, fui ver a Internet onde há muita informação, como esta e esta.

Eis o essencial do texto:

Os orégãos são uma erva aromática que demonstrou um efeito desconhecido no cancro da próstata. Um estudo conduzido nos EUA demonstrou que os orégãos levam as células cancerígenas ao 'suicídio', abrindo a porta ao desenvolvimento duma terapia contra este tumor.

A descoberta seguiu-se a outras investigações que já tinham demonstrado que as pizzas ajudam a reduzir as hipóteses de contrair cancro, efeito que era atribuído a uma substância no molho de tomate. No caso dos orégãos, a substância que provoca o 'suicídio celular' é o carvacrol.

A equipa liderada por Supriya Bavadekar, professora de farmacologia, tem realizado testes em células cancerígenas e os resultados evidenciam a potencialidade desta erva aromática ser transformada na base dum fármaco anticancerígeno. "Sabemos que os orégãos possuem propriedades antibacterianas e anti-inflamatórias, mas os seus efeitos nas células cancerígenas podem dar-lhe uma utilidade completamente nova", explicou Supriya Bavadekar, cuja equipa procura agora compreender o processo como o carvacrol actua sobre as células afectadas.

O facto da substância se encontrar numa erva aromática leva ainda os investigadores a anteciparem uma rápida e eficaz absorção por parte do organismo: "uma grande vantagem é que os orégãos são muito usados para temperar a comida e são reconhecidos como seguros nos EUA. Portanto, esperamos que esse facto possa diminuir o risco de efeitos tóxicos graves".

Se o estudo continuar a produzir bons resultados, esta super especiaria pode representar uma terapia muito promissora para quem sofre de cancro na próstata, complementou a professora da LIU, durante a apresentação da investigação na Experimental Biology 2012.

Conclusão: É conveniente comer orégãos que, como produtos naturais já de uso habitual, não provocam efeitos secundários. Se não fizerem milagres, não trazem inconvenientes.

Imagem do Google

2 comentários:

Celle disse...

JOÃO, DANDO CONTINUIDADE AOS SEUS OBJETIVOS NOS TRAZ MAIS NOTICIAS BOAS! OXALÁ O USO DESSE ALIMENTO POSSA REALMENTE AJUDAR NA CURA OU MELHORA DESSE MAL OU DE OUTROS QUE A CADA DIA ATACAM MAIS PESSOAS! VALE MUITO USA-LO COM CONTINUIDADE, COM CERTEZA ABSOLUTA, MAL NÃO FARÁ!
BEIJOS

A. João Soares disse...

Amiga Celle,

Obrigado pelas suas palavras. Vamos alertando as pessoas partindo do princípio de que a saúde depende de dois factores: o que se come e o que se pensa.

Beijos
João