Bem Vindos !

Quando era criança, na minha aldeia, ouvia com frequência a expressão dos mais simples objectivos das pessoas «haja pão e coza o forno». Realmente, havendo «saúde e alimentação», tudo acaba por ser resolvido. Decidi, por isso, guardar neste espaço, tudo o que estiver guardado nos blogs a que tenho acesso e o que venha a obter sobre este tema, com a convicção de que a saúde depende muito da alimentação e do estado de espírito. (A.João Soares)

sábado, 5 de março de 2011

Cão treinado para detectar crises diabéticas


Shirley é uma cadela labrador que tem a seu cargo a pequena Rebecca Farrar que sofre de diabetes 1. Este verdadeiro "enfermeiro" de quatro patas acompanha a menina para todo o lado, até para a escola, e tem a missão de a alertar sempre que esta entra em risco de ter uma crise hipoglicémica.

A menina de sete anos não consegue saber quando é que os níveis de açúcar sobem ou descem e por isso delega essa tarefa ao extraordinário olfacto de Shirley que quando detecta qualquer alteração nos níveis de açúcar no sangue lambe Rebecca sem parar.

A cadela faz parte da organização britânica Medical Detectio Dogs que treina cães especialistas a detectar emergências médicas antes que os donos entrem em perigo, não só em pessoas com diabetes mas com outro tipo de doenças como a de Addison ou reacções alérgicas severas.

Shirley está ainda treinada para ir buscar o kit de medicação de emergência onde ele estiver guardado na sala de aulas da escola primária de Rebecca.

"Desde que temos a Shirley que nunca mais tivemos de chamar os paramédicos", conta Claire, mãe de Rebecca Farrar que ficou com o pâncreas destruído depois de ter apanhado um vírus.

"Shirley fica ao pé dela mesmo quando ela vai para a cama, em vigília. Se os níveis começam a descer durante a noite, ela começa a tentar acordar Rebecca. Se não consegue vai acordar-me a mim", conta a mãe citada pelo site da Medical Alert Dogs.

"É um alívio enorme", conclui Claire. "São inseparáveis. A Rebecca não estaria aqui sem a Shirley". 


retirado daqui

2 comentários:

A. João Soares disse...

Anmiga Fê,

Fantástica a dedicação dos animais, a sua permanente atenção o grau de confiança que inspiram. Fantástico também o facto de terem descoberto esta capacidade do animal e o seu aproveitamento para garantir a saúde da menina.
Na Natureza pode encontrar-se a solução da maior parte dos problemas de saúde Recorde-se o post Anona ou Fruta do Conde, propriedades anti-cancerígenas.

Beijos
João
Do Miradouro

Celle disse...

Fê, que coisa fantástica, pena que nem todos tem acesso a este tratamento.Louvores aos criadores do método e aos treinadores dos cães.E felizes os doentes que puderem contar com este tratamento...
bjs amiga
Celle