Bem Vindos !

Quando era criança, na minha aldeia, ouvia com frequência a expressão dos mais simples objectivos das pessoas «haja pão e coza o forno». Realmente, havendo «saúde e alimentação», tudo acaba por ser resolvido. Decidi, por isso, guardar neste espaço, tudo o que estiver guardado nos blogs a que tenho acesso e o que venha a obter sobre este tema, com a convicção de que a saúde depende muito da alimentação e do estado de espírito. (A.João Soares)

sexta-feira, 5 de julho de 2013

Beber cerveja todos os dias faz bem ao coração





Pesquisa da Universidade de Harokopio, localizada em Atenas, conclui que um copo de cerveja diário faz bem ao coração. Os cientistas gregos verificaram que o consumo moderado de cerveja melhora o fluxo sanguíneo no coração. Quantidade aconselhada: 40 centilitros.
Investigadores da Universidade de Harokopio realizaram um estudo, que foi divulgado pelo Daily Mail e que suporta a teoria de que beber um copo generoso de cerveja, todos os dias, acarreta benefícios para o coração.
Os investigadores encontram vantagens no fluxo sanguíneo, que é mais saudável nos participantes neste estudo (jovens com idades compreendidas entre os 20 e os 30 anos, não fumadores) que consumiram 40 centilitros de cerveja por dia. Já os que não consumiam a ‘amarela’ nem qualquer outra bebida alcoólica tinham um fluxo sanguíneo menos capaz.
Outros benefícios, nas conclusões deste estudo, prendem-se com a flexibilidade das artérias. Aquela bebida alcoólica torna as artérias, de acordo com os investigadores gregos, mais flexíveis, o que diminui o risco de doenças cardíacas.
Não é o primeiro estudo que sustenta os benefícios do consumo de cerveja: um outro quebra o mito da barriga. De acordo com outra pesquisa com rótulo espanhol, há vantagens comprovadas no consumo da cerveja, que reduz os riscos cardiovasculares nos homens e nas mulheres.
No caso dos homens, o equivalente a 40 centilitros será suficiente, enquanto no caso das mulheres metade desta quantidade basta para que o corpo sinta os efeitos benéficos. Outra pesquisa realça ainda que basta um golo de cerveja para que o cérebro 'exija' mais...
Além de prevenir doenças cardiovasculares, a cerveja tem ainda o mérito, segundo os investigadores espanhóis, de reduzir os efeitos do envelhecimento, protegendo também o sistema imunitário e reforçando, por outro lado, a capacidade óssea.
E há uma história que parece comprovar estes estudos. Chama-se Arthur Reid, é um britânico de 90 anos e é a prova viva de que a cerveja protege o coração… Há 72 anos, Arthur é cliente do mesmo bar, na pequena vila inglesa de Warmley, em Gloucestershire. Reid já consumiu 30 mil litros de cerveja e até tem uma cadeira reservada. A cerveja corre-lhe nas veias. Está no seu coração. Conheça esta história.

1 comentário:

A. João Soares disse...

Caro Luís,

A prudência aconselha evitar exageros. E também é preciso evitar seguir mitos não comprovados como o da barriga de cerveja e outros.

Abraço
João