sexta-feira, 13 de Abril de 2012

Melhorar a circulação sanguínea

Mãos e pés frios nunca mais !
Jornal de Cascais. 11-04-2012, pág. 5, Pela Drª Inês Veiga, Farmacêutica
O extracto de planta que faz o sangue fluir

Uma das descobertas mais interessantes dos últimos tempos é o ginkgo biloba, um extracto de planta que dilata os vasos sanguíneos e ajuda o transporte de oxigénio e nutrientes a todas as partes do corpo.

Quando se fazem palavras cruzadas, o cérebro trabalha a grande velocidade para encontrar as respostas certas, As tarefas de concentração e reflexão requerem um enorme fornecimento de sangue ao cérebro, dado que o sangue transporta o oxigénio e os nutrientes necessários às células cerebrais. O músculo também está dependente de sangue, oxigénio e nutrientes, bem como qualquer outra função do nosso corpo. À medida que se envelhece, o fornecimento de sangue fica mais lento devido à formação gradual de placas no interior dos vasos sanguíneos, afectando a memória e a concentração. Os pés e as mãos podem arrefecer e muitas das funções do corpo ficam mais lentas. A boa notícia é que este problema pode ser resolvido através da administração de um extracto de planta designado ginkgo biloba.

Como funciona ?

O que contém essa planta que tem a capacidade de melhorar a circulação? O segredo está nos flavona-glicósidos e nas terpeno-lactonas, que são as substâncias activas (flavonóides) com diversos efeitos biológicos. De um modo simples, o ginkgo biloba dilata (expande) os vasos sanguíneos, facilitando a passagem do sangue. O ginkgo biloba apresenta um outro efeito importante – torna o sangue menos viscoso. Tal facilita a circulação do sangue.

Mãos e pés mais quentes

Investigadores demonstraram que ginkgo biloba melhora o fornecimento de sangue às extremidades, tais como os pés e as mãos. A utilização de termografia, uma técnica particular de imagem que mostra as diferenças de temperatura com cores diversas, permitiu aos investigadores demonstrar como as zonas frias se tornam quentes após a utilização de suplementos de ginkgo biloba. Por outras palavras, o acréscimo de fornecimento de sangue aumenta a temperatura nos dedos das mãos e pés.

Combate à demência

Outra área que se mostra promissora é a prevenção de problemas como a Doença de Alzheimer. Estudos demonstram como pessoas em estados iniciais desta doença, podem atrasar o desenrolar da doença. Deste modo são capazes de se manter num estado inicial de doença, quando se esperaria que dependessem completamente de terceiros. Assim o ginkgo biloba ajuda no bem-estar físico e mental e parece ser um meio extremamente útil na manutenção da saúde, especialmente durante o envelhecimento. Actualmente, não existem medicamentos capazes de igualar ginkgo biloba no que se refere à melhoria dos problemas circulatórios. Por este motivo, este suplemento é único.

Melhora a memória e a concentração

Agora, se considerar o facto de que apenas o cérebro humano utiliza cerca de 20% do oxigénio consumido, não será difícil imaginar como gingko biloba pode melhorar o desempenho mental. As pessoas mais velhas que tomam este extracto apercebem-se de que conseguem lembrar-se mais facilmente de pormenores e que têm maior facilidade de concentração, mas existem outros benefícios associados à utilização de ginkgo biloba. O ginkgo biloba comtribui também para o alívio de outros problemas relacionados com a má circulação como tonturas, zumbidos nos ouvidos e pernas pesadas.

NOTA: Verifiquei que o ginkgo biloba se encontra à venda em lojas de suplementos dietécticos em embalagens que duram para um mês e custam 25 euros. A empregada que atendeu pede que se leve a relação dos medicamentos que se está a tomar para evitar interacção perigosa com eles.

Imagem do Google

Sem comentários: