Bem Vindos !

Quando era criança, na minha aldeia, ouvia com frequência a expressão dos mais simples objectivos das pessoas «haja pão e coza o forno». Realmente, havendo «saúde e alimentação», tudo acaba por ser resolvido. Decidi, por isso, guardar neste espaço, tudo o que estiver guardado nos blogs a que tenho acesso e o que venha a obter sobre este tema, com a convicção de que a saúde depende muito da alimentação e do estado de espírito. (A.João Soares)

terça-feira, 26 de janeiro de 2010

Coelho Assado e Arroz de Brócolos

Informação nutricional

A carne de coelho é uma excelente fonte de proteínas de elevado valor biológico acompanhadas por um teor moderado de gordura. Do conteúdo vitamínico destacam-se as vitaminas do complexo B, principalmente Niacina (ou B3), B6 e B12. Relativamente aos minerais, destacam-se o potássio, o fósforo e o ferro. O teor de sódio é baixo na carne crua, sendo a cocção o factor decisivo no teor final de sódio da carne. O seu teor de colesterol é baixo em comparação com as outras carnes.

Ingredientes:

1 coelho com cerca de 1,250 kg
1 cebola cortada às rodelas
2 dentes de alho pisados
1dl de vinho branco
1 folha de louro
1 colher (sobremesa) de massa de pimentão
1dl de azeite
Sal, pimenta ou piripiri q.b.
Batatas q.b.
Óleo para fritar q.b.
Tomilho q.b

Preparação:

Depois de limpo o coelho, corte-o em bocados não muito pequenos. Tempere com sal, alhos pisados, pimenta ou piripiri, vinho branco, massa de pimentão, folha de louro, um pouco de salsa, tomilho e um fio de azeite. Misture tudo bem e deixe a marinar durante 3 horas.
Findo este tempo, ponha o coelho num tabuleiro de barro regado com azeite. Por cima deite a marinada.
Leve a assar em forno previamente aquecido, virando a carne de vez em quando.


Sirva com arroz de brócolos.
Bom apetite

Oferta da Amiga .

2 comentários:

Fernanda disse...

Querido amigo João,

Não lhe disse na altura que lhe mandei a receita, mas digo-lhe agora.
Este e outros coelhos que eu como por aqui, são praticamente selvagens, sendo a sua carne ainda mais saborosa e com outras vantagens para a saúde humana.
São criados numa propriedade extensíssima, dum eng. agrónomo que é marido da minha amiga professora e ex-colega Rosa, a quem eu compro sempre que preciso.
Claro que os compro já prontos a cozinhar e às dúzias, 2 a 3 vezes por ano.

Todos adoram, cá em casa e as visitas.

Beijinhos

A. João Soares disse...

Querida Ná,

Estou muito grato com a qualidade do produto que fornece e com a assistência pós venda!!!

Bemhaja

Beijos
João