Bem Vindos !

Quando era criança, na minha aldeia, ouvia com frequência a expressão dos mais simples objectivos das pessoas «haja pão e coza o forno». Realmente, havendo «saúde e alimentação», tudo acaba por ser resolvido. Decidi, por isso, guardar neste espaço, tudo o que estiver guardado nos blogs a que tenho acesso e o que venha a obter sobre este tema, com a convicção de que a saúde depende muito da alimentação e do estado de espírito. (A.João Soares)

quinta-feira, 12 de novembro de 2009

Cogumelos

Embora haja quem receie os cogumelos haver algumas variedades tóxicas, não param de surgir os estudos científicos que reforçam os benefícios do seu consumo. Na verdade, as suas propriedades terapêuticas são inúmeras e vale a pena conhecê-las de forma a tirar todos os benefícios possíveis para a saúde.

Por exemplo, os cogumelos são um aliado dos hipertensos, e a hipertensão é um dos maiores problemas de saúde dos portugueses. O segredo está na elevada concentração de potássio, um elemento natural que ajuda a controlar os níveis de tensão arterial. Este nutriente desempenha um papel importante no metabolismo celular e no funcionamento do sistema nervoso e muscular.

Apesar de alguns parecerem muito grandes, a verdade é que mais de 90% da composição dos cogumelos é água, o que explica por que motivo é tão apreciado por todos os que se preocupam com a linha.

O seu elevado teor em fibras auxilia o funcionamento do intestino, actua no controle do colesterol e na prevenção das doenças cardiovasculares. Mas atenção, se optar por fritá-los, lembre-se que as calorias também aumentam! Pense em soluções criativas e saborosas tal como um arroz de cogumelos, massa com cogumelos ou milho, em saladas ou na sopa. Por uma questão de segurança, prefira os cogumelos enlatados, e tenha atenção à origem dos cogumelos frescos.

Quase sem calorias (28kcal em médica para cada 100g) e com pouca gordura, os cogumelos guardam ainda um valor apreciado de proteínas (por exemplo 100g de cogumelos comestíveis frescos correspondem a cerca de 5g de proteínas).

O seu consumo regular ajuda também à ingestão de vitamina A e C, vitaminas do complexo B e em minerais (selénio, cálcio, iodo, fósforo). A vitamina B promove a protecção da pele, da visão e do sistema digestivo, enquanto que o selénio, por exemplo, protege a tiróide, reforça o sistema imunitário e é um importante antioxidante. Já os fosfatos, também presentes nos cogumelos comestíveis, previnem a má formação do feto e más formações congénitas.

Pela Nutricionista – Dra. Alexandra Bento, presidente da Associação Portuguesa dos Nutricionistas (APN)

Sem comentários: