Bem Vindos !

Quando era criança, na minha aldeia, ouvia com frequência a expressão dos mais simples objectivos das pessoas «haja pão e coza o forno». Realmente, havendo «saúde e alimentação», tudo acaba por ser resolvido. Decidi, por isso, guardar neste espaço, tudo o que estiver guardado nos blogs a que tenho acesso e o que venha a obter sobre este tema, com a convicção de que a saúde depende muito da alimentação e do estado de espírito. (A.João Soares)

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Cataplana de Congro

Como já aqui tem sido amplamente falado, os ácidos gordos da série ómega 3 são um conjunto de ácidos gordos polinsaturados. De um modo geral, associa-se o adequado consumo destes ácidos gordos, ao melhor funcionamento do sistema cardiovascular e à protecção do indivíduo em relação a doenças cardíacas e vasculares. Para além do importante papel na prevenção das doenças cardíacas, é de salientar a associação entre o adequado consumo deste tipo de ácidos e o normal desenvolvimento do córtex cerebral e das capacidades cognitivas da criança.

Planos alimentares pobres em ómega 3 aumentam o risco da ocorrência de tromboses, aterosclerose, doenças cardíacas, alterações neurológicas, dificuldades de aprendizagem, diminuição da acuidade visual, entre outros.

Se consumidos em excesso, os ácidos gordos ómega 3, têm efeitos indesejáveis como por exemplo dificultar a resposta à infecção e alterações da coagulação sanguínea com tendência para a hemorragia. O consumo excessivo destes ácidos é raro, mas pode acontecer, especialmente se o consumidor ingerir suplementos de óleos de peixe e adicionalmente consumir com regularidade alimentos enriquecidos em ómega 3 actualmente disponíveis no mercado. Conclusão, os exageros não são boas em caso algum e é sempre melhor buscá-los de fontes naturais.

São boas fontes alimentares de ómega 3 a gordura e o óleo de fígado de peixes (ex.: salmão, arenque, sável, chicharro, CONGRO, sardinha, enguia, óleo de fígado de bacalhau, etc.) e hortícolas de cor escura (ex.: brócolos, espinafres).

Ingredientes para duas pessoas:

2 Postas de Congro
6 gambas
1 cebola grande e dois dentes de alho
Polpa de tomate pelado ou tomate fresco muito madurinho
Um fio de azeite
Sal (pouco) e pimenta a gosto

Preparação

Na cataplana coloca-se a cebola em rodelas e os dentes de alhos lanidos
Por cima as postas do Congro
De seguida as gambas
Por cima coloque, umas pedrinhas de sal, o tomate, a pimenta e algumas rodelas de cebola que reservamos para tapar o peixe, desta forma o peixe não se cola às paredes da cataplana.
Pode adicionar umas gotinhas pouquinhas de vinho branco.
Feche a cataplana e vai a lume brando.
Está pronto findos 30 /45 minutos, de acordo do tamanho das postas do peixe.

Bom apetite!
O antes e o depois



Oferecido pela Amiga e colega Fernanda Ferreira a quem agradeço a atenção

Sem comentários: