Bem Vindos !

Quando era criança, na minha aldeia, ouvia com frequência a expressão dos mais simples objectivos das pessoas «haja pão e coza o forno». Realmente, havendo «saúde e alimentação», tudo acaba por ser resolvido. Decidi, por isso, guardar neste espaço, tudo o que estiver guardado nos blogs a que tenho acesso e o que venha a obter sobre este tema, com a convicção de que a saúde depende muito da alimentação e do estado de espírito. (A.João Soares)

segunda-feira, 11 de julho de 2016

COMO REDUZIR A DOR CIÁTICA




Em 11-07-2016. POR DANIELA COSTA TEIXEIRA

A dor ciática costuma desaparecer em algumas semanas. Veja o que deve fazer.

Comum entre as pessoas de meia idade, a dor ciática espelha-se na presença de mal-estar, fraqueza, adormecimento ou formigueiro numa perna. Segundo a informação dada pelo site da CUF, esta dor tem origem na região lombar, passando para o glúteo e chegando à perna, afectando todo o trajecto do nervo ciático, o mais longo do corpo.

Hérnias, apertos no canal que envolve a medula espinal, tumores ou quistos podem ser as causas mais comuns desta dor, sendo sempre importante uma avaliação médica, uma vez que o diagnóstico pode depender da realização de uma ressonância magnética.

Quanto ao tratamento, existem formas naturais que podem reduzir esta dor, como indica a Prevention. De acordo com o médico Andrew Weil, o descanso e a aplicação de calor ou frio (dependendo da recomendação do especialista que avaliou) é um dos primeiros aspectos a ter em conta.

Com a ajuda de um terapeuta físico, a pessoa pode ainda tentar reduzir esta dor com alguns alongamentos, que permitem reduzir a pressão no nervo ciático. Também a acupunctura pode ser eficaz neste sentido, lê-se na revista, que destaca ainda o recurso a um osteopata a um massagista.

Melhorar a postura provocada pelo uso das novas tecnologias não só pode reduzir a dor, como também prevenir o seu aparecimento.

1 comentário:

Unknown disse...

Terapeuta físico.... Em português, FISIOTERAPEUTA