Bem Vindos !

Quando era criança, na minha aldeia, ouvia com frequência a expressão dos mais simples objectivos das pessoas «haja pão e coza o forno». Realmente, havendo «saúde e alimentação», tudo acaba por ser resolvido. Decidi, por isso, guardar neste espaço, tudo o que estiver guardado nos blogs a que tenho acesso e o que venha a obter sobre este tema, com a convicção de que a saúde depende muito da alimentação e do estado de espírito. (A.João Soares)

terça-feira, 26 de abril de 2016

QUANDO NÃO BEBE ÁGUA O CORPO SOFRE



O que é que acontece ao corpo quando não bebe água?
160426. POR Vânia Marinho

Cerca de 60% do corpo humano é composto por água. O que acontece quando não a ingere?

Apesar de o corpo ter tanta água, parte desta vai sendo eliminada na urina, na transpiração e até quando respiramos e por isso deve ir sendo reposta ao longo do dia.
Beber água para compensar estas perdas é fundamental. Mas o que é que acontece quando não bebemos o suficiente?

"A água, sendo um solvente universal, fornece nutrientes ao corpo, regula a temperatura corporal e lubrifica os olhos e articulações", disseram Mitchell Moffit e Greggory Brown, do AsapScience, um canal no YouTube especializado em ciência.

Sem água perdemos energia, a pele fica seca e até o humor é afectado. Quando estamos desidratados o cérebro envia um sinal para conseguir reter a água no nosso corpo por mais tempo.

A professora Mia Nacamulli explica numa animação divulgada numa conferência TED-Ed que quando o corpo se desidrata as terminações nervosas do hipotálamo do cérebro – que estão no que os cientistas chamam de "centro da sede" (OCPTL) – enviam sinais para a libertação de uma hormona antidiurética.

Esta hormona chega até aos rins e estimula as aquaporinas, proteínas das membranas das células que podem transportar moléculas de água, permitindo que o sangue retenha mais água no corpo. Quando isto acontece, a urina fica mais escura e com um cheiro mais forte.

Durante este processo de desidratação também se sente menos vontade de urinar e se fica com menos saliva. Pode ainda sentir tonturas porque o cérebro está a tentar adaptar-se à falta de água. Um cérebro desidratado contrai-se devido à falta de água e precisa de trabalhar mais para conseguir o mesmo resultado que um cérebro bem hidratado.

A falta de água no organismo pode levar à diabetes, colesterol alto, problemas digestivos e fadiga entre outros.

Este processo pode continuar durante apenas alguns dias, mas se interromper totalmente a ingestão de água, o corpo começará a sofrer com os efeitos mais graves e, no final, vai parar de funcionar. O tempo de sobrevivência sem beber água varia entre três e cinco dias, de acordo com cada pessoa. Mas já foram registados casos de pessoas que conseguiram sobreviver mais tempo.

De acordo com Mia Nacamulli, o mais recomendável é que os homens bebam entre 2,5 e 3,7 litros de água por dia e as mulheres, de 2 a 2,7 litros, destaca a BBC.

Conheça ainda sete bons motivos para ter água sempre por perto e pronta a beber.

Sem comentários: