Bem Vindos !

Quando era criança, na minha aldeia, ouvia com frequência a expressão dos mais simples objectivos das pessoas «haja pão e coza o forno». Realmente, havendo «saúde e alimentação», tudo acaba por ser resolvido. Decidi, por isso, guardar neste espaço, tudo o que estiver guardado nos blogs a que tenho acesso e o que venha a obter sobre este tema, com a convicção de que a saúde depende muito da alimentação e do estado de espírito. (A.João Soares)

quinta-feira, 3 de março de 2016

GRIPE. DEZ REMÉDIOS NATURAIS



Gripe.10 ‘remédios’ naturais para a combater

Hoje em dia, a maioria das pessoas tem tendência a recorrer a medicamentos para combater os primeiros sintomas de gripes e constipações. Mas há muitos ‘remédios’ naturais que podem ajudar a acalmar esses sintomas e até mesmo reduzir a duração da gripe ou constipação.

O site WebMD fez uma selecção que pode ajudá-lo a sentir-se melhor:

1. Echinacea

Sim, é um nome estranho mas não desespere. Este suplemento de ervas estimula o seu metabolismo de modo a conseguir combater infecções. Alguns estudos mostram que não ajuda a prevenir uma gripe, mas melhora os sintomas ao fim de um ou dois dias. O ideal é começar a tomar este suplemento assim que tiver os primeiros sintomas e continuar a tomar até 7 ou 10 dias depois de já estar bem. Caso tenha alguma doença ou esteja a fazer alguma medicação, consulte o seu médico antes de tomar.

2. Vitamina C

A vitamina C poderá estar associada à cura das gripes e constipações, embora ainda não se tenha conseguido provar cientificamente. Alguns estudos demonstram que pode ajudar a reduzir a duração dos sintomas ao fim de um dia. Invista em alimentos com bastante vitamina C como, por exemplo, os citrinos.

3. Canja de galinha

É um clássico que resulta. A canja de galinha ajuda a curar gripes e constipações de várias maneiras: inalar o vapor da sopa alivia a congestão nasal, o liquido em si evita que fique desidratado e alguns investigadores afirmam que ajuda a acalmar a inflamação.

4. Chá quente

Tem benefícios semelhantes aos da canja, portanto não se esqueça de inalar o vapor e bebericar o chá. O chá preto e o chá verde são os melhores para quando está doente, uma vez que contém vários antioxidantes.

5. Alho

Pode não ser indicado para o seu hálito, mas é o ideal para combater germes. Um estudo refere mesmo que o consumo de alho numa base diária pode prevenir as constipações. Uma dica: ao colocar bastante alho pode dar algum sabor extra à sua refeição, até porque quando estamos doentes temos a sensação que a comida fica com pouco sabor.

6. Vapor

O vapor já foi referido com a canja e o chá, embora se tratem apenas de ‘pequenas doses’. Se tiver forças, tome um duche bem quente e de porta fechada. Depois de respirar (tanto) vapor, vai ver que vai sentir a diferença na congestão nasal.

7. Spray nasal

Quando os vapores não ajudarem, recorra aos sprays nasais. Ajudam a remover o excesso de muco e permitem-no respirar melhor. Se não quiser gastar dinheiro, o WebMD aconselha esta receita caseira: cerca de 220g de água quente com ¼ de uma colher de chá de sal e ¼ de colher de chá de bicarbonato de sódio. Use uma pompete – que normalmente é utilizado para limpar o nariz dos bebés – para bombar o spray e faça-o duas ou três vezes em cada narina, várias vezes ao dia.

8. Gargarejar com água salgada

Se estiver com dores de garganta – e antes de recorrer a medicamentos -, experimente gargarejar com água salgada. Faço-o cerca de quatro vezes por dia para ‘acalmar’ a sua garganta.

9. Não ‘combata’ a febre

Ao contrário do que se possa pensar, a febre é (mesmo) um remédio natural. O aumento da temperatura corporal combate as gripes e constipações, ‘espantando’ os germes. Claro que se a febre o estiver a deixar muito indisposto, pode recorrer aos medicamentos mas mantenha-se sempre hidratado.

10. Descanso

As gripes e constipações deixam as pessoas muito abatidas, portanto se estiver doente, esqueça a sua vida atarefada por uns dias. Descanse o seu corpo para que este possa combater as doenças de uma maneira mais eficaz. Fique o máximo de tempo possível deitado e mantenha-se quente.

Sem comentários: