Bem Vindos !

Quando era criança, na minha aldeia, ouvia com frequência a expressão dos mais simples objectivos das pessoas «haja pão e coza o forno». Realmente, havendo «saúde e alimentação», tudo acaba por ser resolvido. Decidi, por isso, guardar neste espaço, tudo o que estiver guardado nos blogs a que tenho acesso e o que venha a obter sobre este tema, com a convicção de que a saúde depende muito da alimentação e do estado de espírito. (A.João Soares)

quinta-feira, 16 de abril de 2015

ANSIEDADE. COMO A ENCARAR


5 maneiras para combater a ansiedade
Jornal SOL 14/04/2015

Estar numa situação de ansiedade é quase insuportável. O coração começa a bater muito depressa, as mãos começam a suar, deixamos de nos conseguir concentrar. E a única coisa em que pensamos é na melhor maneira de saírmos daquela situação. Melanie Greenberg, psicóloga com mais de 15 anos de experiência, deu várias técnicas aos seus pacientes para os ajudar a lidar com ataques de pânico e de ansiedade. Aqui ficam alguns conselhos:

1. Está mesmo “sob ameaça”?

Quando estamos num estado de ansiedade, temos a sensação que estamos sob perigo eminente. Porém, na maioria dos casos, o pior cenário que imaginámos na nossa cabeça nunca chega a acontecer. Comece a tomar nota dos seus receios e daqueles que efectivamente se concretizaram. Vai ver que a maioria nunca aconteceu.

2. Não, não é uma catástrofe

Mesmo que algo de mau aconteça, acredite em si e na sua capacidade para lidar com os problemas. E mesmo que se sinta totalmente perdido, peça ajuda a outras pessoas que estão à sua volta. Lembre-se que são poucas as coisas na vida que não têm solução.

3. Respire

Pode achar que não faz efeito, mas experimente respirar fundo e relaxar os músculos. Comece a praticar quando não se sente em pânico e vai ver que, em situações de crise, vai começar este exercício automaticamente.

4. Aceite os seus receios

Aceite os seus receios e pensamentos negativos como algo que faz parte da sua vida. Não procure reprimir esses pensamentos ou controlá-los. Opte antes por se concentrar naquilo que tem para fazer no dia-a-dia, para tentar viver uma vida sem medos.

5. Enfrente os seus medos

Se está numa situação em que se sente em pânico, faça os possíveis para enfrentar os seus medos. Claro que é mais fácil falar, ou pensar, do que efectivamente fazê-lo. O medo faz-nos evitar ou fugir de determinadas situações, portanto raramente nos apercebemos se aquilo que receamos é verdadeiro.<

Sem comentários: