Bem Vindos !

Quando era criança, na minha aldeia, ouvia com frequência a expressão dos mais simples objectivos das pessoas «haja pão e coza o forno». Realmente, havendo «saúde e alimentação», tudo acaba por ser resolvido. Decidi, por isso, guardar neste espaço, tudo o que estiver guardado nos blogs a que tenho acesso e o que venha a obter sobre este tema, com a convicção de que a saúde depende muito da alimentação e do estado de espírito. (A.João Soares)

segunda-feira, 13 de agosto de 2012

HIGIENE E VIDA SAUDÁVEL...

Pesquisas e reflexões adaptadas sobre “VIDA SAUDÁVEL”,  evidencia a necessidade de empregar  normas e atitudes de higiene para se ter boa saúde!
“A higiene compreende hábitos que visam preservar o estado original da pessoa, seu bem-estar e a saúde perfeita  porque o importante não é viver, mas viver com dignidade”...(Sócrates, o Ateniense  [Democracia])”
Portanto, a prática consiste no uso constante de elementos ou atos que causem benefícios para os SERES HUMANOS. 
No sentido mais comum e popular, significa: “ASSEIO”.
Pode ser desagradável tratar deste assunto neste espaço. Mas, a doença não escolhe lugar nem classe social...
Muitas doenças infectocontagiosas existentes e comumente encontradas decorrem  por vezes dos baixos padrões de higiene.  E são de certa forma contidas com a inclusão de padrões de higiene, através da conscientização da população e instrução das novas metodologias que ensinam como a sociedade deve comportar-se em relação à sua Higiene.
Portanto, o aumento destes padrões e estudos de higiene demonstram que as medidas de maior impacto na promoção da saúde de uma população estão relacionadas repito, à melhoria dos padrões de higiene e nutrição.
Os mais elementares hábitos de higiene são formados pelos pais, na mais tenra idade, para que se tornem “hábitos”, quase que parte intrínseca da pessoa e, executados  espontaneamente, sem pressão.
Como diz o ditado “é de pequenino que se torce o pepino.”
Mais tarde, outros hábitos devem ser  infundidos, levados em consideração sendo aperfeiçoados.
Dentre os vários tipos de cuidados destacam-se:
HIGIENE ALIMENTAR-  Cujo objetivo é garantir a segurança dos alimentos em todas as etapas da cadeia alimentar.
HIGIENE ORAL- Sua principal função é cuidar dos dentes. Uma higiene inadequada dos mesmos dá origem à cárie dentária, que pode ser causa de inúmeras doenças.
HIGIENE DAS CRIANÇAS - A higiene dos filhos é uma tarefa dos pais. Só aos 6 anos é que as crianças estão maduras para cuidarem da sua própria higiene pessoal.
HIGIENE PESSOAL – Trata-se do asseio, implica na aplicação de hábitos que viram normas de vida em carácter individual como:  Banho, Lavar as mãos - especialmente antes das refeições, antes do contato com os alimentos e depois de utilizar o banheiro -  manter as unhas bem cortadas e limpas. Beber água potável - mineral ou filtrada. Ter uma alimentação equilibrada, com alimentos mais naturais (se possível) e em boas condições de conservação, etc.
Outro dia recebí uma mensagem que dizia:
“Vejo com frequência crianças grandinhas, colocadas pelos pais dentro dos carrinhos de supermercado,  que pelo tamanho devem ter seus seis anos, e que já andam pelo seus pés, sujando-os tal e qual um adulto. Podem pisar óleo de carros, fezes de animais pisar em toda espécie de lixo contaminados com parasitas, escarros de pessoas com doenças infecciosas, etc. etc.Os adultos nem percebem que as criancinhas contaminam com seus calçados os carrinhos e assim levamos juntos,  para nossas casas, mercadorias, alimentos contaminados, infectados que infestarão de micróbios e bactérias nossas  dispensas, geladeiras, pias, mesas e fogões, expondo-nos a inúmeras doenças.
  Falta de asseio!
HIGIENE MENTAL - É a necessidade que temos de verbalizar. Ela evita conflitos sociais e doenças psicossomáticas.
HIGIENE AMBIENTAL - Consiste na limpeza dos ambientes naturais . Inclui a limpeza dos produtos que interferem ou vão interferir na natureza.
A HIGIENE DO TRABALHO ou HIGIENE OCUPACIONAL  São as medidas preventivas relacionadas ao ambiente do trabalho, visando a redução de acidentes de trabalho e doenças ocupacionais.
HIGIENE CORPORAL -A higiene do corpo é de fundamental importância para a saúde. Muitas doenças, principalmente as de pele, surgem pela falta de higiene.
A primeira coisa a ser ensinado às crianças e jovens é manter o corpo asseado e perfumado e as roupas limpas, isso deve partir de casa para a escola.
Ensinar  que o simples ato de higienizar as mãos, seja com água e sabonete ou o álcool liquido, gel, pode salvar muitas vidas!
A higiene das mãos, comprovadamente, evita a transmissão de microrganismos, protegendo visitantes e profissionais da saúde contra as infecções.
Ao tossir ou espirrar proteger a boca e o nariz com um lenço ou o braço e não disseminar a gripe e o resfriado.  Enxugar bem os dedos do pé para evitar as frieiras!
Lavar os cabelos evitando os piolhos etc , etc !
Beber água potável, mineral ou filtrada. 
Uma alimentação equilibrada, com alimentos mais naturais (se possível) e que encontrem-se em melhores condições de conservação.
Tudo isso sabemos e, as vezes,  negligenciamos...
 HIGIENE COLETIVA-  Evitam nossas doenças e de outras pessoas. Assim com estes conhecimentos e técnicas, os  hábitos de higiene acompanhados da desinfecção, da esterilização e outros métodos de limpeza evitaremos as doenças infecciosas objetivando CONSERVAR e FORTIFICAR  nossa  saúde.
Portanto, cada um não pode se preocupar só com a sua higiene pessoal. A higiene do meio, coletiva, deve nos interessar porque nos diz respeito também, por isso é muito importante!
CONCLUINDO: Este é um assunto amplo e inesgotável, mencionado aqui apenas superficialmente.
Um alertar sobre como devemos nos cuidar e resumidamente, relembrar a importância da Higiene,  algo que é, e será, importante para o resto das nossas vidas, uma vez que diz respeito à saúde de todos nós, e constitui também um dos principais objetivos do Blog “ Saúde e Alimentação”: colaborar para que o Homem viva com Melhor Qualidade de Vida!!!





Sem comentários: